Procure no JP

terça-feira, 8 de novembro de 2005

Brasileiro Série A: São Caetano 1-2 Vasco

Fala povo!

Seguindo com os (poucos) jogos desse fim-de-semana, no último domingo fomos acompanhar o jogão entre São Caetano e Vasco da Gama no Anacleto Campanella. Jogo interessante por se tratar de duas equipes perto da zona do rebaixamento e para acompanhar o declínio do Azulão. Comigo, mais uma vez, o Mílton e o quase falido Jurandyr.

Jogo em São Caetano é sempre aquela tranqüilidade: sem torcida, facilidade para comprar ingresso, oficiais bonitas e muito espaço vazio. Dessa vez, por falta de opção, acabamos acompanhando o ataque do Vasco. Depois fomos perceberer que isso não seria tão ruim assim. Mesmo sem o Romário e o Alex Dias, a equipe cruz-maltina foi bastante superior em todo o jogo.


Falta perigosa para o Vasco na primeira etapa da partida. Foto: Fernando Martinez.

O time carioca começou muito melhor do que o time da casa e mesmo com o amplo domínio da posse de bola, perdeu boas chances de abrir o placar. Mas depois de tanta insistência, marcou o seu gol aproveitando o grande espaço livre que tinha pela esquerda, Vasco 1 a 0. O São Caetano continuava atordoado na partida e não fazia nada, mas mesmo assim acabou achando o seu gol de empate numa bela jogada do ataque azulino. O Vasco sentiu o gol e esse foi o único momento de alguma lucidez do São Caetano na partida. Nessa hora, eles até poderiam ter virado o jogo, coisa que não aconteceu. Assim, o jogo foi para o intervalo em 1 a 1.

A segunda etapa foi totalmente do Vasco, que se fosse um pouco melhor e mais preciso nas finalizações, poderia ter saído do ABC com a vitória por goleada. Porém, acabou só marcando um gol, numa bela jogada do ataque do time do Rio. Ao São Caetano restou a lamentação pelo jogo ruim e pelo grande perigo que corre ao estar pertinho da zona de rebaixamento.


Mais um ataque do Vasco na segunda etapa. Nesse a bola não entrou. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: São Caetano 1-2 Vasco da Gama. Mais uma derrota do Azulão no pior time que já vi do São Caetano. Eles estão doidinhos para voltarem à Serie B em 2006. Nesse meio tempo, a emoção verdadeira no Anacleto foi o sistema de som anunciando a goleada (histórica) do Corinthians no Pacaembu. Fantástico!


Figuras no Anacleto: Um clone do Valdyr Espinosa dando instruções para um jogador imaginário da arquibancada. Ao lado, a alegria e entusiasmo do Jurandyr e do Mílton no exato momento em que o sistema de som em SCS anunciava o sexto gol corintiano no Pacaembu. Fotos: Fernando Martinez.

Por hora é só, depois vem o post da nossa grande festa no São Cristóvão Bar no último sábado.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário