Procure no JP

terça-feira, 15 de novembro de 2005

Paulista sub-20 2ªdivisão: Força 1-1 Votoraty

Fala povo!

Devido ao feriado e um compromisso social na última segunda-feira, posto aqui mais uma história do JOGOS PERDIDOS. Dessa vez, cinco membros oficiais do Clube, junto com um grande amigo, foram até a cidade de Caieiras, no último sábado, para matar mais um time. Isso mesmo, a pedida da vez foi o jogo entre o Força e o Votoraty FC, da cidade de Votorantim.

Já estávamos atrás de um jogo do Votoraty desde o começo do Campeonato Paulista Sub-20 da 2ª Divisão, mas graças a agenda apertada, ainda não tínhamos conseguido vê-lo. Então, eu, juntamente com o Emerson, Mílton, David, Jurandyr e o Seu Natal, fomos até lá em caravana oficial. Mais uma vez conseguimos as fotos dos times posados:


Força EC (sub-20) - São Paulo/SP (mas mandando em Caieiras/SP). Foto: Fernando Martinez.


Votoraty FC (sub-20) - Votoratim/SP. Essa provavelmente é a primeira foto do time que é veiculada na internet. Bem vindos! Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem juntamente com os capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Para quem não sabe, o Votoraty foi fundado nesse ano, e esse campeonato sub-20 é seu primeiro torneio oficial. Coversamos com o pessoal de lá, e eles garantiram que o time joga a Segunda Divisão de 2006. Com certeza já estamos na torcida!

Bom, no primeiro jogo, disputado no interior, o Votoraty ganhou de 1 a 0, então jogava pelo empate para chegar às semifinais. Do outro lado, o Força estava disposto a se classificar de qualquer jeito, já que estava jogando em casa. O retrospecto dos dois times era assustador: 10 vitórias e uma derrota para cada um. Um belo jogo estava por vir...


O Votoraty manda uma bola na trave, depois de belíssima cobrança de falta. Foto: Fernando Martinez.

O jogo começou com o Força sendo dominado levemente pelo time de Votorantim e para quem precisava ganhar, o time da casa não era muito efetivo. O Votoraty foi quem teve a primeira bela chance, numa cobrança de falta e ainda teve também alguns contragolpes certeiros, mas que foram desperdiçados nas conclusões. Aos poucos o Força foi se soltando e quando estava com ligeira vantagem, o time do Votoraty abriu o placar. Depois de uma cobrança de falta da esquerda, a bola foi escorada e o atacante marcou um belo gol de voleio. Votoraty 1 a 0, e a vantagem grande no placar geral.


Escanteio para o Votoraty sem muito perigo ao gol do Força. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi para o intervalo mesmo em 1 a 0 para o VFC. Agora o Força precisava fazer dois gols para poder se classificar, tarefa difícil, mas não impossível. Aproveitamos o intervalo para colocar o papo em dia, falar sobre Lista e ouvir alguns grupos... humm, não, algumas histórias do Jurandyr.


Escanteio para o Votoraty na primeira etapa. No destaque, os cinco amigos do JOGOS PERDIDOS trocando idéias na arquibancada. Foto: Fernando Martinez.

A segunda etapa foi mais branda do que a primeira, o Votoraty limitou-se a se defender, garantindo e segurando a vantagem obtida. O Força dominou territorialmente o jogo, mas não chegou ao gol logo. Esse gol só foi acontecer por volta dos 35 minutos, e mesmo tendo perdido algumas chances até o fim da partida, o resultado final foi mesmo Força 1-1 Votoraty. E o time de Votoratim garantido nas semifinais.

Pena que os jogadores tenham se exaltado demais na comemoração, chegando a ofender alguns membros da comissão técnica e jogadores do Força. O tempo esquentou com a distribuição de alguns tapas, mas que depois de alguns minutos não teve mais nenhuma grave consequência.


Com foto baseada na contra-capa do LP 'Nuthin' Fancy' do Lynyrd Skynyrd, Milton, David, Jurandyr, Seu Natal e Emerson se dirigem aos seus respectivos possantes. Foto: Fernando Martinez.


Aqui a contra-capa do LP 'Nuthin' Fancy' do Lynyrd. Sem querer acabei tirando uma foto-irmã dessa. Ponto positivo para o JP. Reprodução: Fernando Martinez.


Detalhe da briga entre os times do Força e Votoraty no final da partida. Ao lado, podemos ver o Jurandyr degustando uma bela cachaça antes de voltar para a casa. Tudo em nome do vício. Fotos: Fernando Martinez.

Mas valeu bastante. Mais um time na Lista... pelo menos pra mim foi uma marca histórica, já que foi o 350º time que eu vi na vida, e tem muito mais por aí. Depois foi só voltar pra casa para o outro lado do show-business, como baterista do Jenniffers. Mas foi difícil o show (leia no blog do Jenniffers o que rolou).

Por hora é só. Terça tem mais.

Até

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário