Procure no JP

sábado, 28 de maio de 2005

Paulista Série A3: Palmeiras B 2-2 XV Piracicaba

Fala povo!

A semana seria totalmente sem graça, mas na noite da quarta-feira, graças a perspicácia do David, fiquei sabendo que o jogo entre Palmeiras B e XV de Piracicaba tinha sido antecipado para quinta-feira às 10 da matina. Genial, tivemos que ir.

Foi um dos maiores quóruns do Clube dos Doentes: 6 dos 8 membros oficiais estiveram lá. A saber: Eu, Mílton, Jurandyr, Orlando, David e Emerson. Só o Victor e o Estevan ficaram de fora. Afinal, cair da cama num feriado, num belo frio não é para qualquer um. Chegando lá já vimos um absurdo de ter esgotado (!!!) as arquibancadas do Parque Antárctica. Péssimo, e uma coisa que achei que nunca iria acontecer. Por isso, nós 6 ficamos nas numeradas (péssimas por sinal) mesmo.

Antes de falar do jogo, uma nota triste para alguns covardes no Estádio do Palmeiras: No meio do primeiro tempo, um senhor com seu filho fez a besteira de gritar "Força Quinze!" nas numeradas do local. A partir daí, numa mostra de completa insanidade e cretinice, alguns conselheiros palmeirenses na tribuna começaram a ofender esse senhor, com inúmeros palavrões e palavras sem nexo. Até aí tudo bem, o problema mesmo aconteceu quando esses imbecis que fazem parte dos conselheiros verdes, do nada, jogaram uma cadeira no meio da numerada.

De tão mentecapto, a cadeira ainda quase acertou um rapaz e seu filho. Detalhe: Eles eram palmeirenses (!). Ou seja, por causa de um qualquer, alguma criança inocente poderia ter se machucado demais, em virtude de ter sido uma daquelas cadeiras antigas e com pés de ferro.

Aí fica registrado nossa revolta com os seguranças do Palmeiras, que nada fizeram a respeito; Com a polícia, que deixou o animal ainda na tribuna, ao invés de levá-lo preso; e aos grandes e educadíssimos conselheiros do Palmeiras, todos covardes o suficiente para não mostrarem seus rostos após o incidente. Queria ver se tivesse acertado a criança o que teria acontecido.

Bom, agora falando sobre a bela partida, valeu muito a pena ter caído da cama para curtir o jogo. Primeiro porque assistir a uma partida do gloriosíssimo XV é sempre um prazer com certeza é um dos times mais queridos pelo Clube dos Doentes. O jogo começou equilibrado, e logo o Palmeiras B fez 1 a 0, num gol de pênalti cobrado pelo ex-Portuguesa Alex Afonso. Mas não demorou muito para o XV empatar, num belo chute numa jogada pela direita do ataque piracicabano.


O Palmeiras B faz 1 a 0, gol de Alex Afonso. Foto: Orlando Lacanna.


A bola no fundo das redes: O XV empata o jogo em 1 a 1. Foto: Orlando Lacanna.

No segundo tempo o jogo ficou mais truncado, sem grandes emoções. A primeira emoção real já virou gol do Palmeiras B, que marcou aos 34'. Quando o jogo parecia que ia ficar naquilo mesmo, o XP empatou aos 44' numa belíssima cobrança de falta. Vale registrar que cantei a bola no lance, já sabia que seria gol no momento da cobrança, algo que o Jandir nunca fez antes!!


A bola no ar antes do XV empatar o jogo, bem no finalzinho. Detalhe para a belíssima presença da torcida piracicabana. Nota 10 para eles. Foto: Fernando Martinez.


Visão geral do Palestra Itália no jogo Palmeiras B x XV Piracicaba. Foto: Fernando Martinez. [180411]

Final de partida, 2 a 2, e o Palmeiras B ainda líder do seu grupo no quadrangular final da Série A3 de 2005. Amanhã teremos mais joguinhos pela Segunda Divisão, e mais uma epopéia na Javari! Stay tune!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário