Procure no JP

sexta-feira, 13 de maio de 2005

Especial Libertadores no JP (parte 1 de 3)

Aê...

FINALMENTE! Hoje eu consegui um tempinho para postar aqui a primeira parte do ESPECIAL LIBERTADORES. É, não consegui vir antes aqui justamente por causa da correria, mas antes tarde do que nunca.

Na última terça-feira, fiz SOZINHO um dos ESPECIAIS DO ANO. Isso mesmo, eu tinha uma passagem de grátis para a cidade de Curitiba. Então, nada mais justo que, para não perder a mesma, eu resolvesse fazer alguma doideira. Principalmente, sem lugar para ficar. Mas fiz, fui lá SÓ para assistir o jogo entre Atlético/PR e Independiente Medellín. Isso mesmo, sozinho, sem grana, sem lugar para ficar, mas tudo para ver um time novo, e matar a minha grande vontade de assistir um jogo na Arena da Baixada.


Passagens e ingresso do jogo, caso alguém duvide da minha total insanidade.

Em tempo, tudo o que falam mesmo da Arena é verdade: O Estádio é simplesmente e disparado o melhor que já fui (e já fui em mais de 70). Ótimos lugares, guichês para ingressos funcionando perfeitamente e sem fila, Visão 100%, educação do pessoal do Atlético perfeita... eu poderia ficar enumerando itens e mais itens sobre isso, mas já deu para ter uma idéia que me senti, pela primeira vez, no Primeiro Mundo numa partida de futebol. Os times daqui poderiam visitar a baixada para aprender coisas básicas... aqui é tudo ridículo. TODOS, sem exceção.


Maravilhosa fachada da maravilhosa Arena da Baixada. Foto: Fernando Martinez.


Detalhes da parte "social" da Arena da Baixada. Fotos: Fernando Martinez. [180411]

Cheguei em Curitiba no meio da tarde, e depois de comprar o ingresso, fui passear por lá e exorcizar alguns demônios. Por sinal, bela cidade e belas pessoas, sem os famosos belgas e ucranianos que tomam conta de SP também. Por erro de cálculo, comprei ingresso no setor destinado à torcida colombiana. Sem problema, não queria ficar lá, mas foi divertido assim mesmo. Detalhe para os inúmeros torcedores com a camisa do Coritiba por lá, atitude 100%.


Times perfilados na execução do Hino Nacional Brasileiro. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi bem xoxo no primeiro tempo, com o Atlético perdendo algumas chances preciosas, que fizeram falta depois. No segundo tempo, após mais duas ou três chances perdidas, o Independiente Medellín acordou, e fez, fácil, fácil, 4 a 0. Sem muito esforço, ganhou a classificação e o primeiro lugar do grupo.


Escanteio para o Atlético/PR ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.


Vista geral da Arena. Primeiro Mundo é pouco. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para o Furacão. Foto: Fernando Martinez. [180411]

Vale registro também para os apetrechos colombianos no jogo. Antes do time entrar em campo, eles distribuíram tiras de papel, de um lado azul e do outro vermelho com escudinhos do Independiente para jogar em campo quando o time entrasse. Munido de vários desses apetrechos aguardei o time entrar para guardar tudo, afinal um souvenir desse não se consegue em qualquer lugar.


Detalhe da tirinha com escudinhos do Independiente, interessantíssimo.

Depois ainda consegui uma razoável noite de sono, e voltei para SP no final da manhã, para continuar a saga do ESPECIAL LIBERTADORES e dos ESPECIAIS DO ANO. Mas aí já fica tudo para a Parte 2.

Até depois...

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário