Procure no JP

segunda-feira, 25 de abril de 2005

Palestra vence o Jabaquara em SBC

Buenas!

Fim-de-semana bem tranqüilo, só um joguinho e do Jabuca, pra variar. No sábado, eu e o Mílton estivemos em São Bernardo do Campo, no histórico estádio da Vila Euclides, mais conhecido como Primeiro de Maio, para acompanhar a partida entre Palestra e Jabaquara. O Jabaquara começou massacrando e com quinze minutos já estava 2 a 0 para a equipe santista. Porém, numa falha da zaga, o Jabuca sofreu o primeiro gol. Com isso, o Palestra se animou e o Jabaquara se abateu. Conclusão: o Palestra fez mais dois gols e virou o jogo ainda no primeiro tempo.


Ataque do Jabaquara na primeira etapa. Foto: Emerson Ortunho.

No segundo tempo, o Palestra se retraiu e tratou de esfriar a partida para segurar o resultado. O Jabaquara bem que tentou chegar ao gol de empate, mas não foi feliz nas conclusões. Inclusive desperdiçando uma penalidade:


Goleiro do Palestra defende pênalti no segundo tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Apesar da derrota do Leão, o jogo foi muito bom de se assistir, o time do Palestra não é uma máquina, mas é sério candidato a uma das vagas para próxima fase.

Antes do final da partida, o Milton e dois dirigentes do Jabaquara que assistiam a partida conosco, puderam acompanhar uma das maiores cornetadas da história do futebol, eu simplismente cheguei na orelha do simpático Coutinho, e pedi para ele fazer uma substituição, ainda escolhendo o jogador que ia entrar. Para surpresa hilariante de todos ele me atendeu prontamente. Pena, que faltavam só cinco minutos, porque se o jogador que eu "mandei" entrar empatasse a partida, ninguém ia me aguentar de tanta marra (he he!).

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário