Procure no JP

quinta-feira, 8 de março de 2012

Empate entre Juventus e Japão sub-18 em amistoso internacional feminino

Opa,

No domingo passado, após acompanhar a vitória do GEO pela A3 Paulista, o lance foi voltar logo para a capital paulista para um fantástico e imperdível amistoso internacional. No Estádio Conde Rodolfo Crespi, a equipe feminina do Juventus fazia sua estreia em 2012 contra uma Seleção do Japão composta por atletas sub-18 do nordeste do país, região muito afetada pelo tsunami em março do ano passado. 

Saí de Osasco junto com o Renato, que também resolveu fazer a rodada dupla. Chegando na Moóca encontrei o Mílton, que havia acompanhado o jogo Palmeiras B x Audax na parte da manhã. E diferente do que todos possam pensar, muita gente marcou presença no gramado histórico da Rua Javari para conferir essa peleja histórica. Entre eles, o cônsul e a consulesa do Japão em São Paulo, Rodolfo Certertik, presidente grená, e um garoto japonês de 16 anos, sobrevivente da tragédia. 


Moleque Travesso cozinhando no calor, mas mostrando gentilmente a bandeira do Japão. Bandeira que também apareceu na parte coberta da Javari, levada por muitos torcedores. Fotos: Fernando Martinez. 

A tarde também teve um caráter social, já que a organização japonesa Ashinaga Ikueikai foi uma das responsáveis pelo agendamento da partida. Um dos objetivos da entidade é levantar fundos para a construção de um abrigo para crianças da região de Tohoku. Esse evento esportivo foi agendado para marcar a grandiosidade do projeto. 

Bom, depois de vários discursos, fotos e muita animação por parte dos envolvidos, finalmente o jogo pode começar. Seguem abaixo as fotos das equipes e do trio de arbitragem: 


CA Juventus (feminino) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Seleção sub-18 do Japão (feminino) - Tóquio/JAP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem composto pelo árbitro Valter Luis dos Santos Correa e os assistentes Renata Ruel e Marcos Monteiro junto às capitãs das equipes. Foto: Fernando Martinez. 

Em paralelo com essa festa, a peleja serviu como preparação das meninas juventinas para o campeonato paulista da categoria. Só que a maior contratação do ano não esteve presente, já que a goleira Andréia Suntaque, ex-Santos, foi convocada para a Seleção Brasileira e não pode fazer sua estreia com o manto grená. Ah, vale registrar que o time começa 2012 com apoio da prefeitura de São Caetano do Sul e da Faculdade Drummond. 


Jogadoras correndo atrás da pelota no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez. 

O jogo começou com muitos dos presentes se perguntando de quanto seria a vitória grená. Mas nem demorou muito para vermos que a esperada goleada seria bastante difícil de ser alcançada. O time japonês se mostrou bastante aplicado na marcação e anulou todas as investidas do time local. 


Zagueira do Japão tentando neutralizar ataque juventino. Foto: Fernando Martinez. 


Mais uma vez a zaga japonesa afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez. 

As atacantes grenás chegaram a criar algumas chances de gol com chutes perfeitos... para fora. Se tivessem colocado aquela trave de futebol americano, aí sim as jogadoras teriam acertado o alvo. O primeiro tempo terminou como começou, sem emoções e sem um futebol de qualidade, valendo mesmo pela resenha obrigatória acompanhando o ataque paulistano. 


Cruzamento dentro da área do time asiático. Foto: Fernando Martinez. 


Disputa de bola no meio de campo. Foto: Fernando Martinez. 

No segundo tempo saímos de campo e o jogo melhorou um pouquinho. Logo nos primeiros minutos o Juventus conseguiu fazer o seu gol com Fatinha, e chegou bem perto de marcar o segundo em dois chutes de longe, que tiraram tinta da trave da goleira Hayashizaki. Porém aos poucos a seleção japonesa colocou a cabeça no lugar e foi levando perigo para a zaga brasileira. 


Saída do Juventus do seu campo de defesa. Foto: Fernando Martinez. 


O Japão mostrou muita vontade durante o segundo tempo da partida, sempre marcando firme os ataques grenás. Foto: Fernando Martinez. 

Conforme o tempo foi passando, as atletas asiáticas passaram a acreditar na possibilidade de deixar tudo igual no marcador. Pouco depois dos 30 minutos, para a festa da grande comunidade japonesa presente na Javari, a jogadora Hikaru Kojima completou bem um cruzamento da esquerda e empatou a peleja. 


Jogada ofensiva do Juventus pela direita. Foto: Fernando Martinez. 

Os minutos seguintes foram de pressão do Japão em cima da zaga local, mas o placar não foi mais alterado. Final de jogo: Juventus 1-1 Seleção do Japão. Independente do placar, o que valeu mesmo foi poder ter acompanhado esse evento genial. Faltam momentos assim por essas bandas. 


Times posando juntos no final do evento. Apesar do empate, os dois times saíram ganhando. Foto: Fernando Martinez. 

Até a próxima! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário