Procure no JP

quinta-feira, 1 de março de 2012

Empate decepcionante do Juventus com a Inter de Limeira na A3

Opa, 

Nessa quarta-feira 29 de fevereiro, mais uma vez saí de casa enfrentando as altíssimas temperaturas que não dão uma trégua e fui assistir mais um jogo do Campeonato Paulista da Série A3. Pela 9ª rodada do certame, Juventus e Internacional de Limeira jogaram (e posaram para as fotos de forma exclusiva para o JP) no Estádio Conde Rodolfo Crespi


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


AA Internacional - Limeira/SP. Foto: Fernando Martinez. 

Vindo de um empate com gosto de derrota contra o Flamengo, quando ganhava por 2x0 e depois de perder gols feitos tomou o empate nos acréscimos, o Juventus buscava os três pontos em casa contra uma Internacional que vem fazendo uma campanha apenas mediana nessa A3. Saudade dos tempos em que esse era um jogo pela divisão principal nos anos 80/90. 


Lucas, camisa 6 do Juventus, perseguindo Lucas, camisa 7 a Inter, em lance do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez. 

O primeiro tempo da peleja foi bem frio, contrastando com o bafo quente que pairava no ar. Bastante equilibrado no meio-campo e sem claras chances de gol para nenhuma das equipes, os 45 minutos valeram mesmo para aquela famosa resenha com o seu Natal e com o Paolo Gregori, que encontrei pela primeira vez em 2012. Inspiradíssimo, ele soltou pérolas a esmo e também mostrou suas qualidades de kicker quando um dos atletas juventinos mandou a bola para as arquibancadas. 


Ataque grená pela direita. Foto: Fernando Martinez. 


Falta para o Juventus que passou longe do gol na fria etapa inicial. Foto: Fernando Martinez. 

O intervalo chegou sem a abertura do placar, e nós fomos fazer aquele pit-stop monstro com muita água, e nem vários copinhos puderam fazer com que o calor diminuísse. Para a segunda etapa, obviamente não fomos atrás do gol "das goiabas" acompanhar o ataque grená, e sim fomos para a parte coberta do estádio. 


Romerito, que estreou no Juventus nesse jogo, matando a bola no meio-campo. Foto: Fernando Martinez. 

Os grenás se lançaram ao ataque logo no primeiro lance, mas na primeira investida ofensiva da Inter, o gol visitante saiu. Diego Carioca recebeu a bola na direita e cruzou todo o campo defensivo do Juventus. Ele entrou na área pela esquerda e chutou fraco no canto do goleiro Túlio, fazendo a festa para a pequena torcida do Leão que estava na Javari. 


Hora do "brunch" na obra ao lado da Javari, com os operários vendo a peleja de uma visão privilegiada. Foto: Fernando Martinez. 

Quatro minutos depois foi a vez da torcida local comemorar bastante, pois Romerito sofreu pênalti de Serginho, que acabou recebendo cartão vermelho no lance. A cobrança foi feita por Thiaguinho, que bateu com classe para deixar tudo igual na Javari. Com um a mais, o Moleque Travesso tomou conta das ações ofensivas por completo. 


Exato momento em que Romerito era derrubado por Serginho aos 10 do segundo tempo. Pênalti para o Juventus. Foto: Fernando Martinez. 


Thiaguinho bateu forte para deixar tudo igual contra a Inter de Limeira. Foto: Fernando Martinez. 

Mas mesmo com inúmeras chances criadas, o antigo problema das conclusões erradas voltou a aparecer. Os atacantes grenás não conseguiram transformar o enorme domínio no segundo gol. E quando eles conseguiam acertar o alvo, o arqueiro Fagner fazia defesas magistrais. Ele salvou pelo menos três gols certos. 


Boa chance de gol dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez. 

A peleja foi seguindo nessa toada, para desespero e irritação do público. Diferente do que vi em alguns sites, não achei que o Juventus jogou mal, mas confesso que é irritante ver a quantidade de gols perdidos após os 90 minutos. A Inter foi se segurando como podia e conseguiu levar um precioso ponto para casa. 


Mais uma investida grená pela direita. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Juventus 1-1 Inter de Limeira. Esses dois pontos perdidos na circunstância que foi esse jogo valeu como uma derrota para a equipe paulistana, que agora ocupa a 11ª posição com 13 pontos ganhos, um atrás do G8. Já o Leão está um lugar atrás do Moleque Travesso, dois pontos a menos. Ah, essa foi a minha 1959ª partida, e agora só faltam 41 para o jogo 2000, que deve rolar em maio. 

Até a próxima! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário