Procure no JP

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Juventus vence o Taubaté e é vice-líder do Grupo 4 da Copa

Fala, pessoal!

Depois de muito tempo acompanhei um jogo de futebol perdido numa agradável tarde de quarta-feira. Após quase três meses sem ver o time profissional do Juventus, estive no Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, para o terceiro jogo do time da Móoca na Copa Paulista de Futebol, agora contra o Taubaté.

Levei apenas meia hora da minha casa até as dependências do templo grená. Logo ao entrar já encontrei alguns dos figuraças que sempre pintam ali, como o Sergio Manjuillo e o Jurandyr. Do JP, o Victor se fez presente, assim como o seu Natal, depois de vários carnavais fora das páginas virtuais do blog. Minutos depois fui autorizado para fazer as imagens das equipes, exclusividade do blog:


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


EC Taubaté - Taubaté/SP. Foto: Fernando Martinez.

O campeonato ainda está começando, e as equipes tinham feito apenas duas partidas até então. O Juventus somava uma vitória e uma derrota, enquanto o Burro da Central empatou uma vez e perdeu outra. Para esse jogo, o Moleque Travesso queria fazer valer o fator casa e conquistar os três pontos.


Camisa 4 do Juventus pedindo falta pela direita do ataque. Foto: Fernando Martinez.

A equipe local começou com tudo, encurralando o Taubaté no seu campo de defesa e não dando maiores chances ao time visitante. O Juventus mostrou boa qualidade na troca de passes entre seus atacantes e criou boas oportunidades de gol. Essa superioridade foi premiada aos 8 minutos, com um belo gol de Luizinho. Ele cobrou falta pela lateral esquerda, muito longe do gol. Mas a pelota pegou um efeito fantástico e, sem que o goleiro Wágner chegasse a tempo, entrou no canto direito.


Zagueiro do Taubaté e atacante juventino apostando corrida. Foto: Fernando Martinez.


Saída firme do goleiro Wágner no tempo inicial. Foto: Fernando Martinez.

Diferente do que estamos acostumados a ver, os grenás não se acomodaram mesmo na frente do placar. Mas o time não conseguiu ampliar a vantagem nos minutos seguintes. O Taubaté aos poucos foi se equilibrando na cancha e levou relativo perigo à meta local. Mas ao final da primeira etapa o Moleque Travesso chegou ao segundo gol. Ele veio aos 42 minutos, com um belo chute de Pablo. No intervalo, a vantagem do onze paulistano era de 2x0.


Bom ataque grená pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Para o segundo tempo, fomos acompanhar novamente o ataque do Juventus com o sol na cara, atrás do "gol das goiabeiras" (só quem é das antigas se lembra disso). Mas nos minutos iniciais do tempo final, o jogo foi todo do Taubaté. A equipe azul se lançou ao ataque, e conseguiu diminuir o marcador aos 10 minutos. Após cruzamento pela direita, o eterno Gilsinho resvalou de cabeça e marcou o seu.


Boa cobrança de falta para o Burro da Central, que obrigou o goleiro juventino a fazer grande defesa. Foto: Fernando Martinez.

O Taubaté chegou perto da igualdade, mas aos poucos o Juventus voltou a colocar a cabeça (e os pés) no lugar e voltou a incomodar bastante o arqueiro Wágner. E numa escapada rápida pela direita aos 30 minutos, Nem avançou e, mesmo com marcação firme da zaga do Taubaté, chutou cruzado para fazer o terceiro.


Lance do terceiro gol juventino na partida. Foto: Fernando Martinez.

A peleja estava quase definida, e enquanto os minutos finais rolavam, conversávamos com o amigo Fernando Galuppo e também descobrimos que o pessoal da Revista Placar estava por lá fazendo algumas imagens para uma futura matéria falando dos estádios "menores" da Grande São Paulo. Será que podemos esperar algo realmente interessante?


Num belo final de tarde, lance do jogo Juventus x Taubaté. Foto: Fernando Martinez.

O jogo seguiu sem mais alterações no marcador e terminou com o placar de Juventus 3-1 Taubaté. A vitória deixou o time paulistano na segunda posição do Grupo 4 com seis pontos, atrás do surpreendente Taboão da Serra. Já o Taubaté, ainda com um ponto, fica no 9º e último lugar da chave.

Após o jogo ainda consegui uma carona com o seu Natal até o meu lar, doce lar. O amigo taxista ainda deu uma "carona solidária" ao nosso amigo Juraci Nascimento, deixando o mesmo mais longe do que estava do seu destino final. Faz parte!

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário