Procure no JP

terça-feira, 5 de julho de 2011

Juventus e Santos ficam no empate em jogaço pelo Paulista Feminino

Opa,

Levantei cedo no sábado para uma rodada dupla que se tornou tripla durante o dia, e os dois primeiros jogos da minha jornada foram com as meninas futebolistas em campo. Pela 14ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista Feminino, Juventus e Santos entraram em campo em mais um jogo válido pelo Grupo 2 do certame. O palco foi o Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari.

Dando uma olhada rápida nos meus compêndios na noite de sexta, pude conferir que essa partida das moças foi simplesmente meu milésimo jogo visto in loco na cidade de São Paulo. Depois de 28 anos vendo partidas ao vivo na capital paulista, cheguei no jogo 1000. Um longo caminho, bastante cansativo, mas muito gratificante. Não sei quando verei meu jogo de numero 2000 na capital, mas já estou correndo atrás...

E como fui dormir tarde na madrugada de sexta pra sábado, acordar cedo na fria manhã foi complicado. Passei um pouco da hora de levantar, mas como moro relativamente perto da Javari, cheguei lá a tempo das fotos oficiais e exclusivas da peleja:


CA Juventus (feminino) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Santos FC (feminino) - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez.


Alex Lopes Loula, Alberto Poletto Masseira e Flávio Alexandre Silveira como o trio de arbitragem do jogo junto com as capitãs das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Vale registrar a presença do pessoal da Rede Vida para a transmissão ao vivo da partida. Os amigos Paulo Júnior e Antônio Carlos Ventura estavam lá, e conversamos bastante sobre as transmissões da emissora. Já com o repórter Thiago Fagnani a conversa girou em torno da sua recente viagem à terra da rainha. Deixo um abraço aqui ao pessoal, inclusive para o cinegrafista Chico, gente finíssima.

Bom, falando do jogo, o Juventus buscava se aproveitar do fato das Sereias da Vila estarem desfalcadas de seis atletas em virtude da Copa do Mundo que está sendo realizada na Alemanha. As grenás lutam ainda por uma vaga na fase seguinte enquanto as alvinegras já estão praticamente garantidas. E mesmo sem suas "principais" jogadoras, as santistas contam com um elenco fantástico e a partida certamente seria complicada para as locais.


Disputa e bola entre atletas do Santos e do Juventus no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

E quem começou tomando conta do jogo foi o time grená. E aos 7 minutos a pressão deu resultado, e num chutaço de fora da área a jogadora Ceará abriu o marcador para as donas da casa. Após o gol, a partida ficou um pouco mais equilibrada, e as santistas passaram a assustar em boas investidas pela direita.


Oportunidade santista em escanteio vindo da direita do ataque praiano. Foto: Fernando Martinez.

Na melhor delas, a zaga local salvou uma bola em cima da linha aos 16 minutos. Aos 21, Raquel acertou um belíssimo chute de fora da área, mas não conseguiu empatar. O Santos incomodava mais, só que deixava o contra-ataque aberto para o rápido ataque do time paulistano.


Atleta alvinegra se esticando toca em lance do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Com isso quem acabou se destacando e se tornando a personagem da primeira etapa foi a camisa 11 local, Pepê. Com apenas 16 anos, ela infernizou a zaga alvinegra com ótimas investidas pela direita. A bela atuação foi premiada aos 39 minutos, com uma rápida chegada pela lateral que terminou com um belíssimo toque por cobertura. Era o segundo do Moleque Travesso.


O repórter Thiago Fagnani entrevistando o destaque juventino do primeiro tempo, Pepê. Ao lado, a bela técnica grená Emily Lima dando instruções às suas jogadoras. Fotos: Fernando Martinez.

O jogo chegou no intervalo com a vantagem juventina por 2x0. Nos 15 minutos de descanso o papo continuou à mil na lateral do gramado grená. O pessoal estava afiado em plena manhã de sábado e muito do que foi dito ali não seria publicado de forma alguma em compêndios sacros, tenho certeza absoluta.

Esse intervalo correu rápido, e logo as atletas já estavam de volta ao gramado para a segunda etapa. O tempo final nos fez imaginar que estávamos em alguma final de campeonato, tamanha a dedicação e vontade das jogadoras dentro de campo. Aos 5 minutos o Santos conseguiu diminuir através de uma cobrança de pênalti convertida pela jogadora Karen.


Primeiro gol do Santos, marcado por Karen em cobrança de pênalti. Foto: Fernando Martinez.

Nos minutos seguintes o Santos tentou o empate em investidas por todos os lados do campo, e por algumas vezes chegou mesmo perto de deixar tudo igual. Só que a jogadora Pepê continuava amedrontando a zaga das Sereias com seus piques de 30, 40 metros. As defensoras santistas não conseguiam acompanhar a correria da juventina.


Mais uma disputa de bola no jogo entre Juventus x Santos. Foto: Fernando Martinez.

O terceiro gol das grenás acabou acontecendo em mais um lance que envolveu a camisa 11. Após cruzamento da esquerda, a goleira santista falhou e soltou a bola nos pés de Pepê. Sem trabalho algum, ela tocou pro fundo das redes. Isso aconteceu aos 29 minutos, e parecia que a peleja estava mais do que definida.


Boa cobrança de falta para as Sereias da Vila no tempo final. Foto: Fernando Martinez.

Mas imaginar que um time do cacife do Santos, a maior potência do futebol feminino nacional, poderia entregar os pontos se mostrou algo completamente equivocado. A equipe visitante passou a tentar diminuir o marcador usando todas as jogadoras, encurralando as donas da casa no campo defensivo. De tanto insistir, o segundo gol aconteceu aos 36 minutos, com a jogadora Giovana completando cruzamento da direita.


Início de jogada do Santos com passe da belíssima camisa 37 Isabela, uma das destaques da equipe. Foto: Fernando Martinez.

No minuto seguinte o que parecia improvável aconteceu. Raquel surgiu rápida pela direita e acertou um tirambaço no ângulo da arqueira juventina e deixando tudo igual no marcador. Mas quem disse que as santistas sossegaram com o empate? Elas queriam a virada, e chegaram bem perto disso por duas vezes nos minutos finais, mas o Juventus soube segurar bem a pressão das Sereias da Vila.

Final de jogo: Juventus 3-3 Santos. Após esse belíssimo jogo de futebol na Javari, o Juventus agora soma 24 pontos, e continua na quinta colocação do Grupo 2 da competição. O quarto lugar está com a Portuguesa, com um ponto a mais e um jogo a menos. Faltando quatro jogos para as grenás, a torcida é toda contra a Lusa. Já o Santos soma 34 pontos e continua na segunda posição do grupo, atrás do São José, que tem 37.

Na saída do campo de jogo fui falar agora com todos os amigos da Rede Vida antes da jornada da tarde. Mais um jogo do Paulista Feminino me aguardava, agora com chance de poder presenciar uma goleada. E ela aconteceu mesmo...

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário