Procure no JP

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Juve-nal histórico com quatro viradas empolgantes

Olá!

Na última quarta-feira fui acompanhar a rodada vespertina da Copa Paulista. Em campo Juventus x Nacional no grande clássico paulistano Juve-nal. O jogo foi disputa do Estádio Nicolau Alayon, casa do time ferroviário, mas quem marcou presença foi a torcida juventina que compareceu em maior número, mas os sempre fiéis representantes da torcida do Nacional também estavam lá. Do JP somente eu e o Seu Natal estávamos por lá, além dos amigos, JR (ex-Jandir), Vidro e o Paulo Gregori. Bem, e com a eficaz ajuda dos fiscais consegui fazer as fotos oficiais da partida.


Nacional A.C. - São Paulo / SP. Foto: Emerson Ortunho.


C.A. Juventus - São Paulo / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Quarteto de arbitragem formado pelo árbitro Luiz Flavio de Oliveira, pelos assistentes David Botelho Barbosa e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva e pelo quarto árbitro Thiago Luis Scarascati. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou com tudo e já dava para perceber nos primeiros minutos que as duas equipes jogariam no ataque. E quem se deu melhor nas primeiras investidas, foi o Juventus que saiu na frente logo aos 2 minutos com Dawide num chute cruzado de dentro da área. Por um pequeno período o Juventus ainda foi melhor, mas o Nacional começou a procurar o jogo e conseguiu empatar com Cezar Santos, aos 18 minutos. Não demorou muito e veio a virada com Levi, marcando contra o seu gol aos 24 minutos.


Ataque do Juventus no primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Nesse momento o jogo já dava mostras de que seria muito bom, prova disso que o Juventus empatou a partida, aos 37 minutos, novamente com Dawide, agora em cobrança de falta. O placar já pareceia bom para o primeiro tempo, mas a moçada inspirada pelo clima ameno queria mesmo jogar futebol e o Juventus estabeleceu a segunda virada da partida com Thiago Luiz aos 43 minutos.


Lance no ataque do Nacional. Foto: Emerson Ortunho.

Parecia o que primeiro tempo acabaria aí, mas aos 44 minutos Magno acertou um belo chute no ângulo e empatou novamente a partida. Foi um grande primeiro e os 3 a 3 demonstraram isso.


Magno acerta esse tirambaço para empatar a partida. Foto: Emerson Ortunho.

No segundo tempo fiquei com a impressão que a turma já teria gastado toda a bola na primeira etapa, mas logo a 1 minuto, após uma cobrança de escanteio Matheus, entrou com o pé e impôs a terceira virada do jogo: Nacional 4 x 3 Juventus.


Lance do segundo tempo com a torcida do Juventus ao fundo. Foto: Emerson Ortunho.

Depois desse gol, o jogo teve um período de ritmo bem mais lento, quase dando a impressão de que iria parar por ali. Mas o zagueiro juventino Daniel, resolveu dar um de artilheiro e numa bobeada do setor defensivo do Nacional ele entrou de cabeça, aos 27 minutos e empatou novamente a partida.


Disputa de bola próximo a linha de fundo. Foto: Emerson Ortunho.

Com os 4 a 4 no placar todo mundo queria ganhar, e o jogo ficou muito bom, com as duas equipes perdendo chances de marcar. Então foi a vez do herói do jogo, o zagueiro Daniel marcar o quinto gol grená, simplesmente aos 44 do segundo tempo. Na seqüência o Nacional tentou um novo empate nos acréscimos, mas a quarta virada da partida permaneceu, decretando a vitória juventina.


Tentativa de ataque do Juventus no final da partida. Foto: Emerson Ortunho.

Final de jogo: Nacional 4 x 5 Juventus. Foi uma grande partida sem dúvida, mas as duas equipes mostraram muita fragilidade no setor defensivo, daí a explicação para a chuva de gols. Porém, se as duas equipes mantiverem o ânimo apresentado nesta partida em todo o campeonato, poderão dar trabalho e chegar longe.

Depois do jogo foi duro encarar o trânsito da Marginal, mas até isso faz parte dos clássicos paulistanos.

Abraços!

Emerson

2 comentários: