Procure no JP

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Jogão de bola entre Campinas e Lemense pela Segundona

Olá,

Seguindo com a cobertura de jogos do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no domingo pela manhã, debaixo de um chuvinha chata, embora necessária, retornei à grandiosa cidade de Campinas para acompanhar no Estádio Horácio Antônio da Costa, mais conhecido como Cerecamp, a partida válida pela segunda rodada da segunda fase do Grupo 8, reunindo as equipes do Campinas F.C. e do C.A. Lemense, num duelo envolvendo duas equipes que vinham de vitórias conseguidas na primeira rodada.

Apesar da importância da partida e também por colocar frente à frente duas equipes que vêm se destacando na competição, o público não prestigiou o espetáculo, talvez por conta das condições climáticas que sugeriam a permanência na cama por mais tempo. Foi uma pena, pois quem compareceu ao estádio foi brindado com uma partida de bom nível, que há tempos eu não via na Segundona.

Bem, antes de começar a contar um pouco do que rolou no gramado, vamos com as fotos oficiais da partida que dessa vez são exclusivas e estão abaixo:


Campinas F.C. - Campinas/SP. Foto: Orlando Lacanna.


C.A. Lemense - Leme/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem formado por Paulo Roberto de Souza Jr. e seus assistentes João Paulo Spim Redondo e Marco Antônio de Andrade Motta Jr. ao lado dos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo foi iniciado e de cara foi possível perceber que no gramado estavam duas equipes parelhas e que a luta pela busca dos três pontos seria árdua, sendo que o time da casa deu o primeiro susto no goleiro Ivan do Lemense, logo aos 5 minutos, numa ótima jogada do ala Tiago que se infiltrou pelo meio e bateu firme, só que a bola saiu pela linha de fundo, levando perigo à meta dos visitantes.


Início de ação ofensiva do Campinas no começo da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Após o primeiro lance de maior perigo, a partida assumiu um ritmo de equilíbrio, com os times se alternando em alguns períodos de ligeiro domínio de uma sobre a outra. Essa panorâmica foi mantida até por volta dos 30 minutos, quando o time campineiro começou a forçar mais as jogadas de ataque, criando pelo menos duas boas chances de gol, sendo a primeira delas aos 33 minutos nos pés de Samuel, que concluiu por cima e a outra logo em seguida aos 34 minutos, através de Caihame que obrigou o goleiro dos visitantes a praticar difícil defesa.


Defesa do goleiro Ivan do Lemense parando o ataque campineiro. Foto: Orlando Lacanna.

O Lemense não se assustou com os lances de perigo e foi dando suas respostas no campo de ataque, tanto que no finalzinho da primeira etapa, aos 43 minutos, chegou ao seu gol anotado por Borges, aproveitando uma sobra de bola depois da cobrança de escanteio pela direita, levando para o intervalo a vantagem de 1 a 0 para a sua equipe.


Lance que originou o gol do Lemense. Foto: Orlando Lacanna.

Quando chegou o intervalo, fui direto até a barraquinha de pastel que fica no interior do estádio, para fazer uma boquinha porque a fome não estava fácil. Infelizmente, dessa vez o pastel não ganha o selo de qualidade do JP, pois não estava lá essas coisas, mas como a fome era grande, não teve jeito e foi sem selo mesmo.

As equipes retornaram para o gramado e tão logo o árbitro autorizou o reinício da partida, o time campineiro saiu com tudo para o ataque e foi empurrando o Lemense para o seu campo de defesa, tanto que aos 8 minutos, o Campinas teve a chance do empate como avante Serginho que acabou concluindo por cima do travessão, jogando fora uma oportunidade incrível. Depois do susto, o time visitante tentou sair do seu campo de defesa, porém não conseguia se safar da blitz imposta pela "Águia" de Campinas, até que aos 10 minutos não teve jeito e os anfitriões chegaram merecidamente ao gol de empate, marcado por Fernando Generozo, concluindo com categoria uma jogada que teve início pelo lado direito do ataque.


Um dos vários ataques do Campinas antes do empate. Foto: Orlando Lacanna.

Com a igualdade no marcador, o Campinas diminuiu um pouco o forte ritmo imposto no começo da etapa complementar, mas mesmo assim continuou exercendo um maior domínio territorial, porém com poucas jogadas de ataque que pudessem levar perigo à meta defendida por Ivan.

Mesmo com o maior domínio do Campinas, o Lemense não deixou de mostrar que era uma equipe perigosa nos contra-ataques em alta velocidade, como aconteceu numa jogada pela direita aos 31 minutos que parou numa ótima defesa do goleiro campineiro Fagner.


Defesa do goleiro Fagner do Campinas neutralizando cruzamento do Lemense. Foto: Orlando Lacanna.


Armação de arremate do atacante do Campinas no fim da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos minutos o ritmo empregado teve uma caída, o que foi normal, por conta do esforço dispendido pelas equipes durante quase o jogo todo e, dessa maneira, a partida foi encerrada com o placar mostrando Campinas 1 - 1 Lemense que deixou os times nas duas primeiras colocações do grupo e, pelo futebol apresentado nessa partida, as duas equipes são seríssimas candidatas a obterem as duas vagas à próxima fase que será decisiva para o acesso.

Fim de jogo e imediato retorno a São Paulo para aproveitar o resto do domingão frio e chuvoso no aconchego do lar. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário