Procure no JP

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Em plena terça Guarulhos e Primeira Camisa jogam pelo Sub 20 em Arujá

Olá!

Na última terça-feira, eu e o David fomos atrás de um jogo perdidaço. E o jogo tinha todos os quesitos que fizeram a história do JOGOS PERDIDOS. Guarulhos x Primeira Camisa se enfrentaram em jogo remarcado do Campeonato Paulista Sub 20 da 2ª Divisão. Ainda se não bastasse o jogo acontecer num meio de semana à tarde, ele foi disputado em Arujá, cidade próxima a Guarulhos.

O Guarulhos teve que mandar o jogo fora de sua cidade, pois o Estádio de Guarulhos está recebendo um número excessivo de jogos e o gramado está cada dia pior. Assim, a escolha de Arujá foi obviamente pela proximidade e pelo bom relacionamento da diretoria do Guarulhos com a prefeitura da cidade.

O JP só tem a agradecer a opção do Guarulhos, pois nos proporcionou uma partida fantástica, com direito a estádio novo na nossa Lista. Alíás, por falar nisso, O Estádio Municipal Armando Maiolino é muito bem arrumado, com capacidade de público para aproximadamente 1.500 pessoas. Apesar do estádio ser muito bom, não poderia abrigar jogos profissionais da FPF, pois não existe possibilidade para ampliá-lo para 5.000 pessoas, e não existe nem espaço para construção de arquibancadas tubulares, ou outro tipo de ampliação.


Fachada do Estádio Municipal Armando Maiolino, ou "Unicipal" como está atualmente e vista geral do único lance de arquibancada numa das laterias do campo. Fotos: Emerson Ortunho.

Chegando no estádio fomos muito bem recebidos pelos dirigentes e comissão técnica do Guarulhos, em especial o técnico Olavo. E com autorização da arbitragem fizemos as fotos oficiais da partida.


A.D. Guarulhos (Sub 20) - Guarulhos / SP (mandando os jogos em Arujá / SP). Foto: Emerson Ortunho.


F.C. Primeira Camisa L. (Sub 20) - São José dos Campos / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem, formado pelo árbitro Benjamin Schmal e pelos assistentes Paulo José Ferreira e Diogo Correia dos Santos, junto com os capitães das equipes. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou e logo de cara o Primeira Camisa foi dominando a partida. A equipe com um meio-de-campo muito forte, não deixava o Guarulhos sair do seu campo de defesa e com pouco tempo de jogo saiu o primeiro gol. Aos 8 minutos, Cecel acertou uma bomba de fora da área que entrou no ângulo, 1 a 0 para o Primeira Camisa. O jogo não mudou de panorama e só dava o time visitante.


Ataque do Primeira Camisa no primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Aos 19 minutos veio o segundo gol. Após rebote do goleiro, o avante Alex completou para o fundo das redes. Os jogadores do Guarulhos sentiram muito esse gol e se atrapalharam mais ainda na marcação, facilitando a vida do Primeira Camisa.


Primeira Camisa pressiona durante todo o primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Com o jogo nas mãos, aos 22 minutos, a equipe de São José dos Campos marcou novamente. Após cruzamento que passou por todo mundo, Alex, novamente, só teve o trabalho de empurrar para as redes.


Para desespero dos guarulhenses Alex empurra para o fundo das redes. Foto: Emerson Ortunho.

O Guarulhos depois do terceiro gol sofrido, conseguiu melhorar um pouco em campo e até arriscou sair para o ataque, mas a superioridade do adversário era patente e a equipe do Primeira Camisa chegava sempre com perigo. Assim, houve tempo para mais um gol. Aos 40 minutos em excelente cobrança de falta, Markson deixou o seu, 4 a 0. Na sequência, continuou dando só Primeira camisa.


Disputa de bola aérea no meio de campo. Foto: Emerson Ortunho.

Ainda no primeiro tempo tivemos um lance muito curioso: o árbitro deu uma bola ao chão após o atendimento médico de um dos jogadores. Assim, ele pediu que o jogador do Guarulhos, devolvesse a bola para o goleiro do Primeira Camisa que era a equipe que estava com a posse de bola. O jogador do Guarulhos chutou a bola na direção do goleiro adversário. Porém, o arqueiro Beto, estranhamente deixou a bola passar. Como a bola estava em jogo seria gol do Guarulhos.

Porém, o árbitro tentando usar o bom senso, não validou o gol e pediu que a jogada se repetisse. Dessa vez o jogador do Guarulhos chutou a bola para fora, para não dar mais problemas. O lance deixou todos no estádio confusos, mas o espírito do "Fair play" acabou prevalecendo e o jogo continuou normalmente, pelo menos dentro de campo.

No intervalo procuramos uma tubaína nos bares dos arredores do estádio, mas não encontramos nada diferente, e tivemos que matar a sede com refrigerantes convencionais mesmo. O segundo tempo começou com um ritmo totalmente diferente, o Primeira Camisa com a grande vantagem conquistada no primeiro tempo adotou uma postura mais defensiva e o Guarulhos, por sua vez, conseguiu se organizar um pouco em campo, chegando até a jogar com mais equilíbrio. Mas o jogo perdeu um pouco o brilho parando muito no meio-de-campo.


Tentativa de ataque do Guarulhos na segunda etapa. Foto: Emerson Ortunho.

O Guarulhos tentando diminuir a desvantagem arriscava de qualquer maneira ir para o ataque, coisa que praticamente não acontecera na primeira etapa. Mas a boa equipe do Primeira Camisa jogava muito seriamente e acabou ainda ampliando o marcador. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio, Alex entrou livre e marcou de cabeça o seu terceiro gol na partida.


Trombada no ataque da AD Guarulhos. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo novamente voltou a ficar lento, e as jogadas dificilmente chegavam às metas das equipes, embolando sempre no meio-de-campo. No finalzinho o Guarulhos conseguiu marcar o seu gol de honra. Aos 45 minutos, Bruno Nunes chutou quase sem ângulo e marcou para o time mandante. Depois do gol o árbitro deixou seguir poucos minutos de acréscimo e encerrou a partida.

Final de jogo: Guarulhos 1 x 5 Primeira Camisa. O Guarulhos até tem alguns bons jogadores, mas a equipe ainda precisa melhorar muito, inclusive no aspecto físico, pois no final da partida muitos jogadores estavam esgotados. O Primeira Camisa sobrou em campo, mostrou uma equipe bem entrosada que construiu com facilidade o resultado e quando resolveu recuar, também deu conta do recado. É forte candidato a classificação.

Depois do jogo, como era meu rodízio, tivemos que fazer uma horinha e uma boquinha na região, e passeamos pela própria Arujá, por Santa Izabel e Igaratá. Perto das 8 da noite regressamos para São Paulo com a certeza de termos acompanhados um dos jogos mais perdidos deste ano.

Abraços!

Emerson

Um comentário: