Procure no JP

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Ramalhão vence o ABC em jogo fraquíssimo no Alayon

Texto e fotos: Fernando Martinez


Fechando a rodada inicial do Grupo 31 da Copa São Paulo de Futebol Júnior entraram em campo os virtuais favoritos às duas vagas da chave na segunda fase: ABC e Santo André, campeão da edição 2003 do certame. Depois do histórico (e fraquíssimo) duelo da preliminar entre Nacional e São Paulo do Amapá, imaginava que tinha chegado a hora de ver um bom jogo.

Pena que a ideia de 90 minutos de um futebol ao menos razoável tenha ficado apenas na imaginação. A partida foi terrivelmente ruim, embora tenha sido prejudicada pela forte chuva e pelo péssimo estádio do gramado do Estádio Nicolau Alayon. Foi um sofrimento acompanhar o que os times (não) fizeram em campo.


ABC Futebol Clube (sub-20) - Natal/RN


Esporte Clube Santo André (sub-20) - Santo André/SP


Capitães e quarteto de arbitragem

De bom mesmo só os três primeiros minutos. Neles, os dois times criaram três chances de abrirem o marcador, duas do Ramalhão e uma do Elefante da Frasqueira. Depois disso o que se viu foi um festival de jogadas insípidas e sem inspiração. Jogando a sua 12ª Copinha em todos os tempos, o ABC se preocupou apenas em se defender e as chegadas no campo ofensivo foram raríssimas.

Já o Ramalhão, que disputa o certame pela 28ª vez, até ficou mais tempo com a bola nos pés. Não que isso tenha significado algo de bom, muito pelo contrário, já que seus atletas estavam sofrendo de apatia crônica. Simplesmente nada aconteceu em 97% do tempo e o que salvou, pra variar, foi o papo com os vários amigos presentes.

O 0x0 parecia certo e já me conformava com a ideia de ver meu primeiro placar em branco em 2018 quando o goleiro do ABC resolveu dar uma forcinha. Decorridos 36 minutos do segundo tempo, Léo, camisa 8 do Ramalhão, cobrou falta da intermediária na direção do gol. Gomes, arqueiro potiguar, foi encaixar a pelota, porém ela espirrou dos seus braços e foi morrer no fundo da meta. Uma falha clamorosa que definiu o resultado final.

O placar de ABC 0-1 Santo André foi injusto, já que os dois mereciam perder. De qualquer forma, o Grupo 31 teve sua primeira rodada encerrada com paulistas e amapaenses como líderes. Na jornada seguinte, o onze do ABC pega o Nacional e os nordestinos enfrentam o tricolor.


O ABC numa das suas raras chegadas no campo de ataque


Bola levantada na área do Ramalhão


Atletas dos dois times dentro da área potiguar no tempo final



Exato momento em que Gomes, goleiro do ABC, tenta encaixar a bola na cobrança de falta de Léo no gol do Ramalhão. Depois, o próprio Léo comemorando seu tento

Mais complicado do que o fraco futebol da rodada dupla foi o temporal que desabou nos minutos finais e que me deixou ensopado antes mesmo de chegar no estacionamento do Alayon. Copinha sem situações assim não é Copinha, não é mesmo? Voltei à ativa no dia seguinte, agora pela GENIAL Copa Rubro-Verde no Canindé, sem sombra de dúvida um dos torneios mais legais do ano.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário