Procure no JP

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Red Bull empata sem gols com o Santo André e continua líder na A2

Fala, pessoal!

Quarta-feira de cinzas e nem assim o JP ficou fora dos gramados, já que tive a chance de fazer uma rodada dupla no ABC paulista em jogos válidos pelo Campeonato Paulista da Série A2. A primeira partida foi entre Santo André e Red Bull, no Estádio Anacleto Campanella em São Caetano do Sul, já que a casa andreense ainda está interditada. 

Mas a programação inicial era curtir Audax x Noroeste no Nacional, só que o medo de sofrer com um famoso temporal de verão no final da tarde me fez ficar no ABC mesmo, já que o jogo noturno era em São Bernardo do Campo. Saí de casa tarde e achando que não daria tempo de fazer as fotos oficiais. Dei sorte, pois tanto o trem, quanto o ônibus estavam no lugar e hora certas, e cheguei no estádio com tempo suficiente para as imagens, mais uma vez exclusivas do JP


EC Santo André - Santo André/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Red Bull Brasil - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez. 


O árbitro Raphael Claus, os assistentes Celso Barbosa de Oliveira e João Bourgalber Chaves e os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Essa foi a primeira vez que as duas equipes se enfrentaram em todos os tempos, e também a primeira vez que o time campineiro jogou na casa do São Caetano. Mas a diferença de tradição das duas agremiações não está surtindo efeito no desempenho dos dois até aqui. Enquanto o Santo André ocupa apenas uma posição intermediária e faz uma campanha errática, o Red Bull somava até então sete vitórias em oito jogos, ocupando a liderança isolada. 

E pela primeira vez no gramado do Anacleto num jogo profissional, vi um primeiro tempo aonde a equipe visitante foi bastante superior. O Red Bull enfrentou heroicamente o forte calor e impôs um bom futebol, encurralando o Santo André no campo defensivo. 


Cruzamento para dentro da área andreense. Foto: Fernando Martinez. 


Jogadores aguardando a pelota em cobrança de escanteio do Red Bull. Foto: Fernando Martinez. 

Os atacantes da equipe visitante criaram grandes chances de gol, a melhor delas num plástico voleio do camisa 9 Serginho que bateu na trave, mas no geral não conseguiram furar o bloqueio defensivo andreense. Durante os primeiros 45 minutos o que se viu foi o onze campineiro insistindo com bons ataques, e o Ramalhão se defendendo e conseguindo algumas raras escapadas em contra-golpes. 


A melhor chance do Red Bull no primeiro tempo, quando Serginho acertou em belíssimo voleio e colocou a bola na trave. Foto: Fernando Martinez. 


Voada com estilo do goleiro do Santo André. Foto: Fernando Martinez. 

No intervalo a partida mostrava um placar ainda em branco e eu desisti de ficar no gramado e fui, pela primeira vez, nas cabines de imprensa do estádio. Fiz uma boquinha por lá com a boa estrutura que o Santo André monta para a imprensa, algo raro de se ver. Me abasteci com muito refrigerante para matar a sede, que não era pouca. 


Lance do jogo entre Santo André x Red Bull. Foto: Fernando Martinez. 

Para o segundo tempo, o Santo André voltou a campo melhor e fez com que a peleja ficasse bastante equilibrada. Foram criadas oportunidades de gol para os dois lados. Mas para mostrar que minha escolha de jogo tinha sido afetada pela inapelável Lei de Murphy, não vimos nenhum gol no gramado do Anacleto Campanella, enquanto no Nacional a partida teve cinco gols. 


Zaga do Ramalhão interceptando ataque do Red Bull. Foto: Fernando Martinez. 


Início de investida ofensiva da equipe do ABC. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Santo André 0-0 Red Bull. Com esse murcho empate, o time andreense agora ocupa a 12ª colocação, com 12 pontos em 27 disputados. A equipe do ABC paulista precisa melhorar bastante em busca de uma vaga na A1 de 2013. Já o Red Bull nada com braçadas largas no certame e é líder isoladíssimo com 23 pontos ganhos, seis acima do segundo colocado, e o último invicto. Já podemos colocar a equipe como favorita a uma das vagas na elite ano que vem. 

Mas o dia de futebol ainda não tinha terminado, e era a vez de seguir para São Bernardo do Campo.

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário