Procure no JP

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

América sofre virada do Palmeiras B e vai para a zona de rebaixamento na A2

Opa,

Logo após fazer a sessão matutina de futebol para o JP no último sábado, decidi ir para casa em virtude do forte calor. Mas quando já estava a caminho de casa, me lembrei do cronograma que montei para acompanhar o maior número de equipes diferentes nas divisões de acesso do estado em 2012. E para que os amigos do blog tenham a chance de ver todos os times do Campeonato Paulista da Série A2, eu teria que acompanhar a peleja entre Palmeiras B e América no Estádio Conde Rodolfo Crespi, pois essa era a última chance de ver o Diabo por essas bandas no primeiro semestre. 

Como a Rua Javari fica no caminho da minha casa, resolvi então ficar pela região do estádio juventino e aguardar o horário do jogo chegar. Com fome, fui almoçar num restaurante por quilo que fica na Rua da Moóca. Só não esperava que ali iria encontrar comida ruim, um ambiente feio e um tiozinho podrão que tentava fazer um som ambiente tocando um violão e cantando todas as músicas como se estivesse matando alguém. Uma roubada pura! Tive que sair dali e ir direto para a farmácia mais próxima tomar um sal de fruta para poder segurar melhor a bronca. 

Ainda meio zonzo pelo clima estranho, cheguei na Javari com bastante antecedência. Fiz as conversas de praxe com o pessoal da FPF, que me autorizou para captar as imagens exclusivas das equipes: 


SE Palmeiras B - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


América FC - São José do Rio Preto/SP. Foto: Fernando Martinez. 

Esse foi o meu jogo de número 1957, e a equipe do interior paulista tem uma participação muito importante na minha lista de partidas vistas, já que o meu jogo número 1 - visto em julho de 1983 - foi entre Corinthians e a equipe de São José do Rio Preto. Prestes a completar meu jogo 2000, vale o registro. 

Mas a situação americana na A2 desse ano não é motivo de comemoração, já que sua torcida anda cabreira com o futebol fraco apresentado pela equipe. Desde os primeiros jogos, o time alvirrubro anda perambulando nas posições próximas ao rebaixamento, flertando perigosamente com a A3 em 2013. Do outro lado, o Palmeiras B tinha vencido todos seus jogos em casa até então e, mesmo sem apresentar o mesmo bom futebol fora de casa, com certeza seria uma parada complicada. 


Jogador do América fazendo o drible em cima de marcador do Palmeiras B. Foto: Fernando Martinez. 

Junto com o sumido David, fui então para a parte coberta da Javari acompanhar o jogo. Logo aos 2 minutos a equipe americana abriu o marcador, para a festa da sua grande torcida presente na capital paulista. A bola sobrou livre para Rodrigo Paulista dentro da área. Sem marcação, ele pensou, pensou, pensou e chutou a pelota em cima do arqueiro Pegorari. Mas no rebote, a bola bateu na trave e sobrou livre para Osny subir e fazer de cabeça o gol que deu a vantagem parcial para o onze visitante. 


Ataque americano no primeiro tempo da partida. Foto: Fernando Martinez. 

O Palmeiras B não se intimidou e passou a incomodar bastante a zaga americana em busca do empate. O time visitante se segurou bem e mesmo debaixo de uma chuva tremenda a zaga trabalhou direitinho. Só que aos 28 não teve jeito, e o time local empatou a contenda. O camisa 11 palmeirense Wellington entrou na área e chutou cruzado. O goleiro Fernando deu rebote, e Caio apareceu sozinho para encher o pé e fazer o seu oitavo gol no certame. O camisa 9 é o atual artilheiro da A2 junto com Rafael Martins, do Audax. 


Saída de bola da zaga alvirrubra no jogo contra o Palmeiras B. Foto: Fernando Martinez. 

Não tivemos mais nenhuma alteração no marcador no primeiro tempo, e a peleja chegou ao intervalo com o 1x1 no marcador. A chuva então parou e a etapa final começou com um clima muito mais agradável na Rua Javari. A partida ficou mais animada, pois as duas equipes foram em busca de mais gols. 


Boa cobrança de falta para o onze paulistano que tirou tinta da trave. Foto: Fernando Martinez. 

O América chegou perto de fazer o segundo numa cabeçada à queima-roupa de Rafael Gomes, que obrigou Pegorari a fazer milagre. O time alviverde também criou boas chances, a melhor delas aos 18 minutos e que terminou com o gol de Peterson. Em outro chute cruzado dentro da área americana, Fernando não conseguiu fazer a defesa e a pelota sobrou livre para o camisa 8 escorar de cabeça no segundo pau e virar o placar. 


Ótima chance de gol à queima-roupa desperdiçada pelo Palmeiras B. Foto: Fernando Martinez. 

O desânimo ficou estampado na cara dos jogadores do América, e a equipe não conseguiu mais colocar a cabeça no lugar durante o restante da peleja. Até fez algumas boas jogadas ofensivas, mas não chegou perto do novo empate. Pior, o Palmeiras B quase ampliou sua vantagem, e só não o fez pois seus atacantes tiveram certo preciosismo no toque final. 


Ataque americano pelo alto. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Palmeiras B 2-1 América. A equipe de São Paulo agora ocupa a 9ª posição na tábua de classificação com 14 pontos ganhos em 10 jogos disputados. Incrível é ver que o time venceu seus quatro jogos em casa, e junto com o União Barbarense, tem 100% de aproveitamento dentro dos seus domínios. Agora o pessoal precisa acertar o pé fora de casa caso queira uma vaga na segunda fase. 

Já o time americano foi parar na zona de rebaixamento após essa rodada, com apenas 9 pontos ganhos nos mesmos 10 jogos. O time precisa melhorar o futebol o quanto antes, caso não queira disputar a terceira divisão estadual pela primeira vez na sua história no ano que vem. 

Bom, num estado deplorável depois da rodada dupla de futebol, voltei pra casa para um belo banho e fazer uma boquinha de verdade, pois a noite reservava várias atrações do final de semana das estrelas da NBA. No domingo cedo voltei à ativa com outro jogo da Série A2. 

Até lá! 

Fernando

Um comentário: