Procure no JP

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Taboão goleia na estréia da Segunda Fase da Segundona

Fala pessoal!

Mesmo numa semana triste com a perda do nosso amigo Luiz Fernando Bindi, o JOGOS PERDIDOS continuou sua saga em busca de jogos por aí. Como não poderia deixar de ser, estivemos presentes na primeira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Junto com o seu Natal, seguimos para Taboão da Serra, aonde vimos a partida entre o CA Taboão da Serra contra o Batatais FC, no Estádio Vereador José Ferez.

Já fazia tempo que não via o Fantasma fora de casa aqui na Grande São Paulo. A última vez que vi o time por perto foi no longínquo 2002, num jogo contra o saudoso Guapira do Jaçanã. E chegamos em tempo de conversar com o pessoal dos dois clubes e para as fotos posadas, ponto alto aqui no JP:


CA Taboão da Serra - Taboão da Serra/SP. Foto: Fernando Martinez.


Batatais FC - Batatais/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Flávio Rodrigues Souza, os auxiliares Edvânio Ferreira Diarte e Osny Antônio Silveira e os capitães dos times posam de forma exclusiva para o JP. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi entre dois times que também estiveram na segunda fase da Segundona em 2007. O Taboão acabou parando nessa fase no ano passado, e o Batatais ainda foi à Terceira Fase, mas não subiu por detalhes. E em busca dessa vaga para a fase seguinte, a partida prometia bastante. E o CATS mostrou seu cartão de visita antes do primeiro minuto de partida. O jogador Nando msotrou a que veio e abriu o placar para os donos da casa em bobeada da zaga do Batatais. O Fantasma sentiu o gol e tomou o segundo aos 10 minutos, também com o jogador Fernando agora em chute de longe que o goleiro dos visitantes falhou.


Chute que originou o segundo gol do Taboão, logo aos 10 minutos de jogo. Foto: Fernando Martinez.


Goleiro do Batatais desolado logo após a bola passar entre ele e a trave no segundo gol do CATS. Foto: Fernando Martinez.

Com a vantagem de 2 a 0 no placar, o time da casa passou a jogar sem preocupações e encurralou o Batatais na sua defesa. A equipe da casa ainde teve um gol anulado aos 22 minutos e uma cobrança de falta incrível que bateu na trave. O Batatais só passou a levar relativo perigo depois dos 30 minutos, em algumas poucas chances de gol.


Lance que seria do terceiro gol do Taboão, mas que foi anulado pela arbitragem. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi para o intervalo com o 2 a 0 para os donos da casa. E saiu barato para o Batatais esse resultado. O Taboão perdeu a chance de aplicar uma goleada magnífica já no primeiro tempo. No intervalo fomos conversar com o pessoal do CATS, sempre simpático com as equipes do JP que vão até a cidade. O pessoal está super confiante com a campanha do time.

Bom, na volta do segundo tempo, o Batatais mostrou que o que aconteceu no primeiro tempo não era comum para a equipe e o time foi com tudo pra cima do Taboão. Aos 3 minutos então, o camisa 10 Alex marcou o primeiro para os visitantes e deixou a partida novamente em aberto.


Jogada que levou bastante perigo ao gol do Batatais no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


O jogador Kanu levitando em virtude da boa marcação da zaga do Batatais. Foto: Fernando Martinez.

Aí então pudemos acompanhar um jogaço de futebol. Os dois times criaram chances reais de perigo, e tanto o terceiro gol do CATS quanto o empate do Batatais eram totalmente possíveis. A partida foi justamente para quem acha que um jogo do 4º nível de um estadual não pode ser melhor do que muitos do Brasileiro. Um jogaço mesmo.

O Taboão da Serra conseguiu uma importante chance para marcar o terceiro gol aos 17 minutos dessa segunda etapa, quando o jogador Kanu foi atingido dentro da área sofrendo pênalti. Mas na cobrança o camisa 10 Lucas bateu no estilo goleiro de um lado, bola de outro. Mas a bola correu demais e foi para fora. Dada a saída, o Batatais perdeu uma chance de ouro para empatar, se aproveitando do penal perdido pelo CATS.


O pênalti perdido pelo jogador Lucas. Goleiro de um lado, bola de outro, mas fora do gol. Foto: Fernando Martinez.

Mas o dia era mesmo do Taboão, e aos 27 minutos aconteceu um lance incrível. A bola foi lançada em profundidade para Kanu. O goleiro do Batatais saiuda área para dar aquele famoso chutão, se livrando do perigo. Mas esse chutão foi parar nos pés do jogador Lucas, que mesmo quase no meio-de-campo teve a chance de chutar por cobertura e ampliar o placar para o CATS.

O Batatais sentiu o gol, mesmo assim o time ainda criou chances de diminuir. Mas a partida estava nas mãos do Taboão da Serra, que tem um time realmente que é um dos bons times que vimos jogar nessa Segundona. E na base do contra-ataque, o camisa 18 dos anfitriões , Maurício, ainda teve a classe e sangue-frio para tocar na saída do goleiro e fechar o placar.


Ataque rápido pela direita, com o Taboão dominando os minutos finais. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Taboão da Serra 4-1 Batatais. Um grande resultado do time do CATS, que mostra sua força em busca da volta à Série A3 em 2009. Para o Batatais fica a certeza de que o time é bom, mas não pode vacilar em busca dessa difícil vaga.

Bom, e depois do jogo ainda conversamos com o técnico do Taboão, amigo nosso de longa data e voltamos para São Paulo felizes por termos acompanhado um jogo tão fantástico. E já se preparando para a partida matutina do domingo, algo histórico que será contato logo mais.

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário