Procure no JP

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Carnaval futebolístico no JP (parte 1 de 2): Itapirense vence o Novorizontino num jogaço pela A3

Fala, pessoal! 

Aqui pelos lados do JP, o carnaval 2013 não teve nada de avenida, folia ou escola de samba. O que rolou de verdade foi uma rodada dupla futebolística no interior do estado como há algum tempo eu não fazia. A primeira parte da viagem teve como pano de fundo o primeiro confronto de Itapirense e Novorizontino em todos os tempos, válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A3

Depois de termos organizado os amistosos comemorativos de entrega do "troféu retorno" 2006 para a Sociedade Esportiva Itapirense, havia voltado ao Estádio Coronel Francisco Vieira apenas uma vez (uma derrota da SEI para o Campinas em abril de 2007). Graças a uma logística amarrada de forma precisa nos dias anteriores, voltei ao local tão cheio de memórias boas para o JP

E nada melhor do que voltar lá para ver um jogo do time local contra o Grêmio Novorizontino, equipe recém-promovida da segundona paulista. Junto comigo para essa peleja os amigos Paulo "Shrek" e os figuraças Rodrigo Colucci e Matheus Trunk... Todos eles fazendo a estreia na tradicional casa do futebol itapirense. 


SE Itapirense - Itapira/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Grêmio Novorizontino - Novo Horizonte/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Quarteto de arbitragem com o árbitro Alexandre Luis Gonçalves, os assistentes José Mario Furini e Rodrigo Crosara e o quarto árbitro Adílson Flávio de Oliveira ao lado dos dois capitães. Foto: Fernando Martinez. 

Com três jogos disputados até então, ambas as equipes ainda não haviam engrenado no certame. Após boa vitória na estreia contra o Palmeiras B, a Esportiva perdeu para o Marília e empatou em casa com o Independente. O Tigre também estreou com vitória (2x0 no União São João), mas depois disso foram duas derrotas para Rio Preto e São Bento. Na pegada do Rei Momo, os dois não pensavam em nada além da reabilitação. 


Tentativa de passe pelo alto no ataque itapirense. Foto: Fernando Martinez. 


Ataque local pela esquerda. Foto: Fernando Martinez. 

E debaixo de uma chuva interminável, o primeiro tempo foi abaixo da média. As equipes se preocuparam apenas em se defender e se esqueceram de atacar. Os 45 minutos foram de muita concentração no meio-campo e sem chances claras de gol. No intervalo, o placar sem gols retratou o que foi o jogo. 


Jogadores da SEI e do Tigre apostando corrida no gramado do Chico Vieira. Foto: Fernando Martinez. 

Saí um pouco do gramado e fui para a parte coberta do estádio durante o intervalo. Intervalo aliás que contou com uma trilha sonora absolutamente sensacional e que em nada nos fez lembrar que estávamos no carnaval. Saindo de America (com a ótima "You Can Do Magic"), passando por Men at Work e chegando em Crosby, Stills & Nash (!), posso colocar a seleção musical entre as 10 mais legais que já vi num campo de futebol. 


Outro ataque da Vermelhinha pelo setor esquerdo. Foto: Fernando Martinez. 

Ainda estava junto aos torcedores quando as agremiações voltaram ao campo de jogo. Além da mudança de camisa da SEI (saiu a branca e entrou a vermelha), a peleja mudou da água pro vinho e pudemos acompanhar um segundo tempo absolutamente sensacional. Vimos quatro gols antes mesmo do décimo minuto. 


Disputa de bola pelo alto no segundo tempo, já com a Itapirense vestindo vermelho. Foto: Fernando Martinez. 

Logo aos 3, Guilherme se aproveitou de rebote do goleiro Matheus e colocou o Novorizontino na frente do marcador. Tanto os atletas, quanto a torcida local pediram a marcação de impedimento, mas foram ignorados pelo assistente número 2. Só que os torcedores do Grêmio não conseguiram nem comemorar direito, pois nos cinco minutos seguintes, a Vermelhinha virou a partida como poucas vezes vi ao vivo em tantos anos de futebol. 


Chegada forte do time local dentro da área do Novorizontino. Foto: Fernando Martinez. 

Para o completo delírio do pessoal que estava no Chico Vieira, o time passou à frente do marcador com gols aos 4, 6 e 8 minutos. O empate ficou por conta de Guilherme após ele escorar de cabeça bola vinda de escanteio pela esquerda. Saulo fez o segundo num raro e belíssimo gol olímpico e Rai marcou o seu num sensacional chute no ângulo esquerdo de João Vítor. 


Zagueiro do Gremio subindo no terceiro andar para tentar interceptar o cruzamento na área. Foto: Fernando Martinez. 

O Novorizontino foi à lona e demorou para que se levantasse. O golpe sofrido pela virada tão instantânea foi forte demais, e somente depois dos 20 minutos o time voltou a buscar uma melhor sorte. Aos 23, David entrou na área, deslocou o goleiro e tocou calmamente no canto direito. A partir daí, o jogo voltou a ter enorme equilíbrio. 


Marcação forte da zaga do Tigre. Foto: Fernando Martinez. 

Os dois times criaram várias chances de gol e não seria nenhum exagero imaginar um placar final de 5x4, 4x3 ou até mesmo um 4x4. O Grêmio chegou muito perto de deixar tudo igual nos minutos finais em lances que o goleiro local Matheus fez milagres. Quando o árbitro apitou o final da peleja, alívio para os locais e tristeza para o pessoal visitante. 


A última boa chance de gol para o onze visitante em grande defesa do goleiro Matheus. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Itapirense 3-2 Novorizontino. A heroica vitória deixou a SEI na sexta posição da Série A3 após quatro rodadas realizadas. O time de Novo Horizonte caiu para a 15ª colocação, agora somando três derrotas seguidas. Mas em 15 jogos que restam, muita coisa pode mudar. 

Após o apito final ainda ficamos um bom tempo pelas redondezas do estádio antes de pegarmos a estrada para voltar à São Paulo. No caminho, resolvemos fazer uma boquinha numa sensacional lanchonete "natural" em Campinas. Foi um bom motivo para compartilharmos histórias surreais e causos bizarros... Como dizia a profeta, isso sempre é bom para o moral. 

Chegamos na capital bandeirante já de madrugada para uma boa noite de sono. Mas no domingo colocamos o pé na estrada novamente para um joguinho na Série A2. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário