Procure no JP

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Portuguesa vence o Atlético/GO e vira a vice-líder da Série B

Opa,

Nessa terça-feira tivemos uma rodada noturna aqui para o JP. Quase desisti, poir sair de casa com frio e garoa para ver um jogo longe às dez da noite é coisa para gente que não é normal. Mas como a normalidade passa longe por aqui, fui até o longínquo Estádio do Canindé para um jogo genial do Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite fria de São Paulo, Portuguesa e Atlético/GO duelaram pela 11ªrodada do campeonato.

Duelo imperdível, já que os dois times só jogaram oficialmente uma vez, e faz tempo. O jogo aconteceu em 01 de novembro de 1987 também no Canindé, com vitória lusitana por 1x0. Isso ainda nos tempos do Módulo Amarelo da Copa União daquele ano. Quase 22 anos depois, minha presença se fazia necessária para ver essa partida.

E sair de casa com o tempo que fazia em São Paulo foi dureza. Ainda mais porque só foi colocar os pés pra fora que começou a garoar. Quando cheguei no Canindé já tinha virado chuva. E amo o frio, mas frio e chuva é algo que atrapalha um pouco. Mas cheguei tranqüilo, sem apertos e percebi um bom público mesmo com as condições meteorológicas adversas.




Mesmo com frio e garoa, as 'cheerleaders' da Lusa mostraram sua beleza e charme atrás do gol de entrada do Canindé. Mas bem que elas podiam ficar o jogo ali, ou não? Foto: Fernando Martinez.


A partida prometia bastante, pois o Atlético/GO era o vice-líder da Série B, e a Portuguesa estava em quinto lugar. Num campeonato tão equilibrado como estamos tendo em 2009, perder pontos em casa pode ser fatal no final das 38 rodadas. Então o rubro-verde partiu com tudo para cima do time goiano desde o início.


Escanteio para o time goiano no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

A equipe jogava bem melhor do que o último jogo em que estive lá, contra o Brasiliense. O time quase chegou a abrir o placar em boa chance de Fellype Gabriel, mas o goleiro Márcio foi bem. Mas aos 23 minutos não teve como e a torcida lusitana fez a festa nas arquibancadas. O jogador Heverton fez um golaço ao bater sem deixar a bola cair no chão, e ela acabou entrando no canto direito do arqueiro goiano.


Goleiro da Lusa tentando evitar o escanteio. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo com a vantagem no marcador, a Lusa continuava em cima do bom time visitante. Mas no final da primeira etapa o Atlético quase empatou em grande chance do jogador Chiquinho. Mas a partida foi para o intervalo com o 1x0 para a Lusa. No intervalo a chuva apertou e já comecei a receber ligações me cumprimentando pelo 33º Fernando's International Day, que é comemorado sempre no dia 15 de julho. Sempre é bom ser lembrado por pessoas queridas e que se importam conosco de verdade.

E ainda estava no telefone quando o segundo tempo começou. E a Portuguesa voltou vacilando bastante e dando muito espaço para o Atlético. O time goiano chegou ao seu gol aos 6 minutos, mas o auxiliar número 2 anulou alegando impedimento. E quando o Atlético/GO era melhor em campo, a Portuguesa respirou aliviada e ampliou o placar. E de novo com gol do jogador Heverton, completando preciso cruzamento da direita do ataque.


Zaga do Atlético/GO tirando a bola de dentro da área. Foto: Fernando Martinez.

Mas a Portuguesa consegue complicar jogos em que tudo poderia ficar sob controle. Ainda com 2x0 o time teve duas chances de fazer o terceiro e liquidar a fatura, mas perdeu ambas as chances, deixando sua torcida doida. E o sofrimento veio de vez aos 37 minutos, quando o Atlético/GO diminuiu com o gol de Marcão, aproveitando falha da defesa.


Visão geral do Canindé na fria noite paulistana. Foto: Fernando Martinez.

Daí para frente foram 10 minutos de desespero para toda a torcida presente, com o Atlético/GO se lançando ao ataque buscando o empate. Mas o gol não vinha, e quando o jogo estava para acabar quase que tudo deu errado para os paulistas. Numa falta perto da área, o goleiro Marcão bateu, a bola resvalou na barreira e sobrou para o mesmo Marcão do primeiro gol, que chutou na trave. Ufa!

No final deu tudo certo para a Lusa: Portuguesa 2-1 Atlético/GO. Com a combinação dos placares finais, o time rubro-verde chegou à segunda colocação na competição, seis pontos atrás do líder Guarani. O time do Canindé está no caminho certo, e tem a minha torcida.

E o jogo acabou tarde, e já saí correndo para o metrô contar os segundos para chegar a meia-noite. Ganhei ainda uma providencial carona da família, que estava nas redondezas, e ali mesmo começou as festividades de mais um aniversário... 33 anos muito bem vividos, mas muito mais vem pela frente!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário