Procure no JP

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Paulista entréia com vitória na Série D do Brasileiro

Opa,

Vamos finalmente fechar os posts do final de semana passado somente agora, já que máquinas digitais podem ser temperamentais e não funcionarem quando queremos. Depois de jogos na sexta e sábado, fechei a semana com um jogo de um campeonato recém-criado pela CBF, o Campeonato Brasileiro da Série D. E na hora da primeira rodada da história de uma quarta divisão eu tinha que estar presente.

Corri então até a cidade de Jundiaí, e fui para o Estádio Jaime Cintra para ver a estréia de Paulista e Friburguense na última divisão nacional. Cheguei cedo e logo fui para dentro do gramado para as fotos oficiais. Aproveito e agradeço aqui a ótima recepção que tive por parte da assessoria de imprensa do centenário Paulista FC. Torcemos bastante pelo sucesso da equipe nessa Série D.

E o tempo foi passando e conversa vai, conversa vem, logo chegou a hora do jogo. E seguem agora as fotos oficiais das equipes e do quarteto de arbitragem:


Paulista FC - Jundiaí/SP. Foto: Fernando Martinez.


Friburguense AC - Nova Friburgo/RJ. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem da partida. Foto: Fernando Martinez.

E autorizado para as fotos do jogo de dentro do gramado, lá fui eu acompanhar o ataque do time de Jundiaí no primeiro tempo. E durante os 45 minutos iniciais, o jogo não foi dos melhores. O Paulista até teve mais tempo de posse de bola e criou boas chances, mas a falta de entrosamento era evidente entre os jogadores. Fato totalmente natural, já que o time é novo e essa foi apenas a primeira partida oficial do time.


Zaga do Friburguense neutralizando ataque do Galo. Foto: Fernando Martinez.

O Friburguense, mesmo com 70% da base que jogou o Carioca 2009, não conseguiu criar jogadas precisas no seu ataque durante boa parte da primeira etapa. Mas aos poucos foi tentando equilibrar o jogo sem sucesso. mesmo com todo entrosamento da equipe, o time não foi muito bem no tempo inicial.


Cruzamento do Paulista dentro da área dos visitantes. Foto: Fernando Martinez.

O jogo seguiu para o intervalo sem a abertura do marcador. E nesses 15 minutos de descanso, o amigo repórter da Rádio Difusora de Jundiaí Caio me levou para a salinha de reservada para a imprensa, aonde consegui matar a sede que já vinha incomodando desde as primeiras horas do dia. Conversei bastante com o pessoal da imprensa local e do clube, e a esperança é de uma boa campanha da equipe no ano do seu centenário.


Chute de longe dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

Todos são unânimes em apontar o "turning point" (o ponto da virada) do Paulista que levou o time à condição de estar na Série D nesse ano. Foi o jogo que o time perdeu do América de Natal em Jundiaí na Série B 2006. O time perdeu em casa, e caso tivesse empatado aquela partida teria garantido o acesso à elite nacional em 2007. Mas o time não subiu para a Série A por ter menos vitórias do que o América potiguar. Depois disso todos sabem a história: rebaixamento em 2007, e em 2008 nem passou da primeira fase da Série C.


Goleiro do time visitante saindo para evitar gol dos mandantes. Foto: Fernando Martinez.

Mas como disse antes, todos tem uma esperança enorme na Série D desse ano, e esperavam que a sorte virasse já na segunda etapa contra o Friburguense. E de volta para o gramado, vi o Paulista criando três ótimas chances de abrir o marcador em sequência, mas nenhuma foi aproveitada pelos seus atacantes.


O camisa 7 do Friburguense sai rasgando a tira a bola de dentro da sua área. Foto: Fernando Martinez.

E o time do Friburguense foi se acertando em campo e passou a incomodar bastante em contra-ataques bastante perigosos. E o time do Rio acabou marcando o seu gol, através do jogador Cidão, aos 30 minutos. Mas a arbitragem anulou o tento, para grande reclamação dos atletas do Frisão. Estava do outro lado do campo, mas me pareceu que o lance foi normal. Mas a quase 100 metros de distância fica complicado afirmar algo.


Ataque do Paulista pela direita. Foto: Fernando Martinez.

Se recuperando do susto, o Paulista foi pra cima e conseguiu seu sofrido gol aos 36 minutos. Depois de bola lançada pela direita, Tales Magalhães recebeu e chutou meio sem querer de perna esquerda, colocando a bola no canto direito do goleiro do time do Rio de Janeiro. Festa dos quase 1300 torcedores presentes no Jaime Cintra.


Lance do gol do Paulista, o único do jogo. Foto: Fernando Martinez.

O Paulista ainda sofreu uma pressão até o fim do jogo com um abafa do time visitante, mas no final deu tudo certo para o Galo. Final de jogo: Paulista 1-0 Friburguense. Com o empate entre Madureira e Tupi, o Paulista larga na Série D na liderança do seu difícil grupo. Porém com cinco rodadas ainda nada está decidido.

Após o apito final ainda me despedi dos amigos de Jundiaí e fui de táxi até a rodoviária nova da cidade, construída num lugar que deixa bastante a desejar. E voltei rapidinho para São Paulo para descansar bastante.

E logo mais tem mais...

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário