Procure no JP

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Pão de Açúcar começa bem a A3 2009 num vazio Pacaembu

Opa,

Vamos agora aqui no JOGOS PERDIDOS com um jogo fantástico, completamente fantasma e que teve um recorde histórico. Falo de um jogo isolado pelo Campeonato Paulista da Série A3 na última segunda-feira à tarde. E não era feriado nem dia de descanso, e sim um dia normal de trabalho com jogo no fantástico Estádio Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido como Pacaembu. O jogo reuniu os times do Pão de Açúcar EC e o Oeste Paulista.

Por ser um jogo desses, nem passou pela minha cabeça perder o evento, então cheguei cedo por lá e logo fui autorizado a fazer as fotos dos times. Quando entrei no gramado vi que seria um dia histórico, pois quase ninguém tinha chegado para ver a partida de estréia das duas equipes na competição. E também de forma histórica, agora seguem as fotos oficiais e EXCLUSIVAS das equipes.


Pão de Açúcar EC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Oeste Paulista EC - Presidente Prudente/SP. Foto: Fernando Martinez.

Vale registrar que foi o primeiro jogo oficial que o PAEC mandou em São Paulo, sua verdadeira sede. Enquanto o Ibirapuera não fica pronto para jogos de futebol, as partidas serão ali mesmo. Desde que o Barcelona mandou os jogos no Capelão em 2004, nenhum time paulista "novo" mandava suas partidas na capital. Fora que provavelmente foi o primeiro jogo no Pacaembu em campeonatos de terceira divisão sem que estivéssemos em fases finais ou partidas desempate. (Caso esteja falando alguma bobagem, ficamos abertos para eventuais correções.)

Dentro do campo de jogo vi o David nas arquibancadas, também marcando presença nesse jogo histórico. Dali acompanhei um bom jogo de futebol na primeira etapa, com os dois times criando boas chances de gol.


Ataque do Oeste Paulista no começo de partida. Ao fundo, o vazio Pacaembu. Foto: Fernando Martinez.


O meia Adriano tentando armar um bom ataque do time laranja. Foto: Fernando Martinez.

O Pão de Açúcar fez valer o fator "casa" e marcou seu primeiro gol logo aos 12 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, o atacante Sérgio Lobo só escorou e deixou o time amarelo na frente do placar. Com o gol, o Oeste se assustou um pouco e o PAEC criou algumas chances para ampliar que foram desperdiçadas. Mas com o tempo, o time laranja colocou a cabeça no lugar e também passou a assustar.


Atacante do Peste Paulista protegendo a bola de marcador do PAEC. Foto: Fernando Martinez.

Após criar duas boas chances, veio o empate. Em escanteio cobrado de forma brilhante pelo meia Adriano, presidente, capitão e camisa 10 do time, o zagueiro Thales subiu mais alto que todos e colocou a bola no canto direito do goleiro. Daí para frente, o Pão de Açúcar criou uma chance de gol e foi só. Intervalo, e 1 a 1 no placar.


Zaga do time do interior afastando perigo de dentro da área. Foto: Fernando Martinez.

Com a chuva ameaçando chegar, desisti de ficar dentro do gramado e fui para as numeradas do estádio, afinal de contas, não é todo dia que podemos ficar lá baratinho, baratinho. Ali então encontrei meu colega dos tempos da faculdade Ricardo Espina, ex-Trivela, e o pessoal do Futebol Alternativo Sérgio, Inácio e o amigo do meu irmão "Urso". Junto com o David, ficamos todos colocando as notícias em dia.


Zaga do Pão de Açúcar chutando longe e evitando ataque dos visitantes. Foto: Fernando Martinez.

O que valeu do restante da peleja foi esse papo, pois o segundo tempo foi beeeem inferior ao primeiro. Os times voltaram mais fora do ar e não criaram tanto. Mas o time do interior voltou melhor e buscando o segundo gol. Mas o time pecava na falta de objetividade e os gols não vieram. Aos poucos os donos da casa foram melhorando, e os atacantes amarelos também perderam algumas oportunidades. Enquanto isso, muito futebol alternativo nos nossos papos nas arquibancadas do Pacaembu.


Falta para o Pão de Açúcar durante o segundo tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Quando as luzes pareciam que iriam se apagar sem mais gols na partida, o PAEC encontrou forças para marcar sua primeira vitória na competição. Aos 45 minutos, o jogador Dhener recenu bola na entrada da área e chutou. O goleiro do Oeste Paulista então viu a bola passar perto dele, e mesmo tocando na bola, ela foi parar no fundo das suas redes. Era o gol salvador do time da casa.

No final o placar ficou em Pão de Açúcar 2-1 Oeste Paulista. O time do super-mercado começa a A3 com o pé direito, enquanto o Oeste Paulista começa perdendo. Mas ainda faltam 18 rodadas e muita coisa pode acontecer. Depois do final do jogo o público pagante foi anunciado no Pacaembu: 54 pagantes com R$ 420,00 de renda. Escutei depois que esse foi o menor público pagante da história do estádio. Olha, não sei se isso procede, mas se foi mesmo, fico feliz de ter participado desse momento único da história dos 69 anos do estádio mais charmoso da capital paulista. E com certeza estaremos nas outras partidas do time amarelo por lá. Quem sabe mais um recorde não aparece?

Então pude voltar para continuar a desmontar coisas no meu antigo QG do bairro do Pari. está chegando a hora de deixar de vez o lugar aonde estive pelos últimos 24 anos...

Até a próxima

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário