Procure no JP

terça-feira, 19 de julho de 2005

Depois do cinema, Jabuca perde em casa do Tigre do ABC

Buenas!

Fim-de-semana agitadíssimo, mas com pouco futebol, só um joguinho. A alta rotatividade de festas, acabou suspendendo algumas partidas. Mas, valeu a pena e as festas foram as já citadas pelo Fernando: de sexta para sábado fomos comemorar o aniversário do próprio, na Avenida Paulista (ou o que sobrou dela, depois do vandalismo da torcida são-paulina, porém fomos lá mesmo num ato de desagravo).

De sábado para domingo o encontro foi na minha casa e como o Fernando já destacou, só ele e o agora sempre ponta-firme Estevan compareceram, junto com as digníssimas. Foi uma noite muito agradável e lamentamos a ausência do restante do clube (Mílton e Jurandyr com desculpas que irão para uma CPI; o Orlando sempre viajando pelo interior; o Victor em Minas Gerais e o David, homenageado da noite, que não pôde comparecer por estar acometido de uma forte gripe. Entretando, a homenagem foi feita assim mesmo e assistimos toda a The Complete David Libeskind Sessions (aguardem para essa semana um "post" especial sobre o assunto).

Vamos ao futebol: mesmo indo dormir às 7:00 horas da manhã, heroicamente acordei às 09:00 e fui até Santos assistir a peleja entre Jabaquara e São Bernardo FC. Como o Jabaquara entrou em campo já classificado, sinto a isenção necessária para falar sobre a arbitragem: vi o senhor Marcos Furlan Ferreira, considerado por mim um dos melhores árbitros que atuam no quadro da FPF, ter uma atuação lamentável.

Pude constatar que ele gosta muito da equipe do São Bernardo FC, pois a presenteou com duas penalidades bastante duvidosas e a gente só presenteia quem a gente gosta, não é verdade?

Quanto ao jogo em si, o Jabuca fez uma partida tranqüila, já que não dependia do resultado e o São Bernardo tentava o tradicional abafa, já que dependia da vitória. Mesmo com a arbitragem invertendo muitas faltas e deixando os truculentos zagueiros do São Bernardo FC baterem a vontade, o Jabaquara saiu na frente com o artilheiro André (está dando gosto ver esse garoto jogar).


Ataque do Jabaquara no primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.


Diputa de bola na intermediária. Foto: Emerson Ortunho.

Depois, o São Bernardo virou para 3 a 1, com a forcinha de uma das penalidades máximas questionadas acima. Já no final da partida o árbitro deu um pênalti para o Jabaquara, que diminuiu para 3 a 2. Na saída de bola o jogo foi finalizado garantindo o placar: Jabaquara 2 x 3 São Bernardo FC. Com o resultado o São Bernardo também assegurou vaga na próxima fase.

Ainda falando de arbitragem, olhem que pitoresco o acontecido em Guarujá, na partida Guarujá 1 x 0 Osasco FC. Leiam na íntegra o relatório da arbitragem:



Súmula oficial da partida. Fonte: Sítio da Federação Paulista de Futebol.

É gente, o negócio foi feio, cabe uma punição exemplar. Abraços a todos e vamos com tudo para a segunda fase do Paulista da Segunda Divisão.

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário