Procure no JP

sexta-feira, 11 de março de 2005

Libertadores: Santo André 2-2 Cerro Porteño (Par)

Bom dia!

Fazia tempo que eu, The Watcher, aquele que tudo vê, não aparecia aqui no JOGOS PERDIDOS, mas ontem estive onipresente em mais uma rodada do Clube, mais precisamente em Santo André, no primeiro jogo internacional da equipe do ABC (em casa) de sua história.

Junto com o Mílton e o Emerson, fizemos uma caravana pelo fantástico trânsito paulistano e pelo trânsito de São Caetano também, chegando um pouco em cima da hora no estádio. Tudo para ver Santo André e Cerro Porteño, do Paraguai.


Lance de escanteio, ataque do Santo André no segundo tempo. Foto: The Watcher.

O jogo em si foi muito bom, pena que o Santo André atacou, atacou, atacou, e só fez dois gols, e o Cerro com dois ataques, fez dois gols, 100% de aproveitamento. O Santo André só desanimou quando o atacante Richarlyson foi expulso, numa jogada imbecil por parte dele. E a torcida ainda por cima aplaude um cara que prejudica a equipe. Não entendo isso.

Final de partida: 2 a 2. 1º ponto internacional do Santo André na sua história, mas dois perdidos em casa são difíceis de recuperar.


Lance de escanteio. Ataque do Cerro Porteño no 1º tempo. Foto: The Watcher.


Visão láááá do alto do primeiro jogo internacional do Santo André em casa. Foto: The Watcher.

O detalhe legal é que acompanhamos vários jogos do Santo André na Copa Estado de 2003 (inclusive a final), quase todos da Copa do Brasil (inclusive a final) até chegar no ponto culminante da campanha, a taça Libertadores da América! Muito legal isso, acompanhar todos os passos da equipe. Final de semana os membros do JP velhos de guerra (Jandir, Fernando e David) estarão de volta com suas maravilhosas aventuras, e eu ficarei em casa.

Salve!

The Watcher

Nenhum comentário:

Postar um comentário