Procure no JP

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Portuguesa derrota o Peixe e vira líder do Grupo 3

Texto e fotos: Fernando Martinez


Teve um tempo em que Portuguesa e Santos disputavam clássicos pelos campeonatos mais importantes do país. Hoje em dia, com o ocaso lusitano, isso ficou restrito para as categorias de base e também para a atual edição da Copa Paulista. Tudo bem que o Peixe não usa seu elenco principal, porém vamos encarar isso com uma bela licença poética e lembrar de tempos felizes de outrora. O duelo foi realizado no Estádio Oswaldo Teixeira Duarte, válido pela quarta rodada do segundo turno do Grupo 3.

Vou confessar que foi estranho estar nesse jogo, lembrando que ele poderia ter sido pela Série A por exemplo. Eu vi vários Lusa x Peixe ali no Canindé e é bem triste saber que não temos a menor ideia de quando ele voltará a ser disputado com os elencos principais, assim como aconteceu no Brasileirão de 2013. Na noite de 6 de outubro daquele ano, vi uma espetacular e inesquecível vitória rubro-verde por 3x0, talvez o último suspiro de alegria lusitano na primeira divisão nacional.


Associação Portuguesa de Desportos - São Paulo/SP


Santos Futebol Clube - Santos/SP


Capitães dos times junto com o árbitro Willer Fulgêncio Santos, os assistentes Osvaldo Apipe Filho e Ítalo Magno Andrade e o quarto árbitro Luiz Carlos Júnior

O público de 942 pessoas nem foi tão ruim, só que também ficou longe, bem longe, de ser algo marcante. Dentro de campo, vimos uma Portuguesa atuar sem sustos e com bastante disposição. No primeiro tempo, Guilherme Queiroz, sempre ele, foi o principal nome rubro-verde com suas rápidas investidas pelo meio, obrigando o goleiro Preto a fazer duas boas defesas.

Apesar da ótima atuação do camisa 9, quem abriu o marcador foi Franklin. Numa bola que foi recuada ao arqueiro, o guarda-metas praiano falhou de forma bisonha e a pelota sobrou livre para o atleta local inaugurar o placar. Foi com a vantagem mínima paulistana que o intervalo chegou.

No tempo final os meninos do Peixe voltaram mais ligados, sem conseguir porém assustar tanto o sistema defensivo do escrete da capital. O ataque local não foi o mesmo e a peleja caiu bastante de nível. A torcida ficou apreensiva com o que viu no gramado, mas no fim das contas pôde comemorar mais uma vitória.


Marcelinho Paraíba se mandando pra cima do defensor santista


Camisa 2 do Peixe mandando a bola pro campo de ataque


Ataque rubro-verde pela esquerda


Disputa de bola dentro da área visitante 


No tempo final, o Santos melhorou e passou a atacar mais


Marcelinho Paraíba isolando a pelota depois de chegada alvinegra

O resultado final de Portuguesa 1-0 Santos transformou os paulistanos em novos líderes do Grupo 3 da Copa Paulista com 23 pontos ganhos, ultrapassando o São Caetano, que apenas empatou com o Água Santa em Diadema. Faltando três compromissos para o encerramento da primeira fase, a equipe do Canindé já está virtualmente classificada. O Santos está na terceira posição com os mesmos 17 pontos.

A ideia da minha vinda até a capital foi de pegar algumas partidas de quarta até domingo. Na quinta dei uma descansada, e na sexta-feira pintou a chance de ver mais uma rodada dupla, começando pelo Paulista sub-20.

Até lá!

© 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário