Procure no JP

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Juventus derrota o USAC na estreia de ambos na Copa São Roque

Fala, pessoal! 

Chegou o mês de dezembro e com ele entramos na época de vacas magras para os amantes de futebol. É o tempo em que os jogos oficiais desaparecem, nos obrigando a assistir o que tiver pela frente. Para nossa sorte, nos últimos anos conseguimos saciar nossa vontade com uma série de certames criados apenas para manter as agremiações em atividade ou preparar times para a disputa da Copa São Paulo em janeiro. 

No sábado passado fui então conferir a primeira rodada de um desses campeonatos "perdidos", a genial Copa São Roque. Perdemos o jogo de abertura do campeonato entre Paulistano e Taboão da Serra, mas na segunda partida, um insólito confronto entre Juventus e União Suzano, já estávamos devidamente instalados nas dependências do Estádio Quintino de Lima

A edição 2012 da Copa conta com oito equipes divididas em duas chaves. O Grupo A, além do Moleque Travesso e do USAC, também tem a participação do Betim/MG e do Sorocaba. Já Paulistano, Taboão da Serra, Lençoense e o genial Castelense/ES fazem parte do Grupo B. O sábado prometia muito, pois a sessão de futebol só terminaria às 19 horas. 

No caminho até a aprazível cidade enfrentamos o tradicional trânsito insuportável da capital bandeirante, mas ainda cheganmos no estádio a tempo de acompanhar os 15 minutos finais do encontro entre o Paulistano local e o atual campeão Taboão da Serra. Ao final do cotejo, o onze são-roquense sagrou-se vencedor pelo placar de 2x1. 


Lance do jogo de abertura da Copa São Roque 2012 entre Paulistano e Taboão da Serra. Foto: Fernando Martinez. 

Tão logo as equipes da primeira partida deixaram o gramado, Juventus e União Suzano terminaram o aquecimento e foram para o jogo. Antes, posaram para as fotos abaixo: 


CA Juventus (sub-19) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


União Suzano AC (sub-19) - Suzano/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Capitães e trio de arbitragem. Foto: Fernando Martinez. 

A equipe da Mooca levou para esse jogo o time titular que vem disputando, e jogando muito bem, a Copa Ouro da APF. Com isso, imaginávamos que os grenás eram favoritos contra o USAC, uma incógnita. Os primeiros 30 minutos comprovaram nossas expectativas, e vimos o time paulistano dominando as ações no gramado do Quintino de Lima. 


Zagueiro do USAC sofrendo marcação forte de atleta grená. Foto: Fernando Martinez. 

Nesse período o time marcou duas vezes, o primeiro com um golaço de falta de Romarinho aos 18 minutos. O segundo veio dois minutos depois, com uma bela jogada pela esquerda de Pedro Rocha e que terminou com o chute cruzado no canto esquerdo do arqueiro suzanense. 


O goleiro do União Suzano tentou, mas não teve como defender a brilhante cobrança de falta de Romarinho. Foto: Fernando Martinez. 


Pedro Rocha, ótimo jogador grená, invadindo a área e chutando forte para ampliar o marcador. Foto: Fernando Martinez. 

Mas após o trigésimo minuto a peleja caiu de produção, talvez em virtude do forte calor. Até o término da etapa inicial, nenhum dos times passou do meio de campo. Confesso que imaginei que a segunda etapa seria um pouco mais animada, mas me enganei redondamente. Os times não mostraram nada de muito relevante durante os 45 minutos finais. 


Boa troca de passes no ataque juventino. Foto: Fernando Martinez. 


Mais uma vez o Moleque Travesso chegando com perigo perto da área do USAC. Foto: Fernando Martinez. 

No final, o marcador ficou com o resultado da etapa inicial: Juventus 2-0 União Suzano. Boa e tranquila vitória da equipe paulistana na sua estreia da Copa São Roque e com certeza o time vai em busca do título. Para o USAC, fica a esperança que o time possa melhorar a performance nas duas próximas partidas. 


O USAC tentou, mas não conseguiu êxito nas invenstidas ofensivas. Foto: Fernando Martinez. 


Firme marcação grená. Foto: Fernando Martinez. 

Falando em USAC, o time terminou de forma espetacular sua primeira excursão ao exterior. A equipe fez sete amistosos na Bolívia, com seis vitórias, um empate e nenhuma derrota. Um feito absolutamente notável, ainda mais levando em conta que o time da Grande São Paulo enfrentou times do calibre de Blooming e Oriente Petrolero, equipes que são figurinhas carimbadas em Libertadores. Deixamos os parabéns a todos os envolvidos nesse trabalho e quem sabe esse não seja o primeiro passo rumo a uma ótima segundona em 2013. 

Mas o dia estava longe de terminar em São Roque, já que outros dois jogos nos aguardavam na parte da tarde. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário