Procure no JP

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Grande jogo e vitória juventina contra o Castelense pela Copa São Roque

Opa, 

Ano passado não deu, mas em 2012 consegui acompanhar a rodada dupla semi-final da Copa São Roque disputada no simpático Estádio Quintino de Lima. A primeira peleja foi entre o primeiro colocado do Grupo B, o Juventus, contra o segundo do Grupo A, o surpreendente Castelense do Espírito Santo. 

Graças ao inestimável "serviço" dos trens da CPTM, que resolveram fazer a ótima operação-tartaruga, foi uma verdadeira loucura chegar a tempo de captar as imagens oficiais do confronto no principal estádio da cidade. Confesso que dei sorte, pois depois de uma viagem corrida demais consegui entrar em campo junto com as equipes e fazer as fotos oficiais. 


CA Juventus (sub-19) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


SER Castelense (sub-19) - Castelo/ES. Foto: Fernando Martinez. 


Capitães dos times e trio de arbitragem. Foto: Fernando Martinez. 

E diferente do que aconteceu na primeira rodada do certame, que teve cobertura praticamente exclusiva do JP, os dois jogos das semi foram simplesmente fantásticos. O Juventus jogou com um time misto (já que disputa simultaneamente a Copa Ouro da APF e tinha jogado no dia anterior) e mesmo assim mostrou grande futebol contra o aplicado e muito bem montado time capixaba. 


Ataque perigoso do Castelense pela esquerda. Foto: Fernando Martinez. 

Apesar do fortíssimo calor, as duas equipes jogaram bem e criaram ótimas oportunidades de gol. O time paulistano tinha um leve domínio, mas quem abriu o marcador foi a equipe azul e vermelha do Espírito Santo. O arqueiro Rafael não cortou um escanteio vindo da esquerda e Ricardo Silva viu a bola bater na sua cabeça e entrar no gol. Decorridos 37 minutos, o Castelense fazia 1x0. 


Retrato do primeiro gol do time capixaba no jogo. O goleiro Rafael saiu mal do gol e Ricardo Silva marcou para o Castelense. Foto: Fernando Martinez. 

As equipes foram ao vestiário com a vantagem mínima para o onze visitante. Na volta paulistas e capixabas fizeram seis minutos simplesmente alucinantes. Nas duas primeiras investidas ofensivas o Juventus conseguiu a virada com gols de Romarinho e Gabriel, respectivamente aos 6 e aos 10 minutos. Só que o time da cidade de Castelo parece nem ter sentido o golpe, já que no minuto seguinte Ezequiel fez um golaço de fora da área, colocando a pelota milimetricamente no ângulo esquerdo de Rafael. 


Chute juventino da entrada da área. Foto: Fernando Martinez. 

O jogo seguiu com o 2x2 e com o Castelense levando vantagem do evidente cansaço grená após seguidos compromissos. Vimos muitas oportunidades para o marcador ser alterado e não seria nenhum exagero se a peleja tivesse ficado num 4x4 por exemplo. Conforme o relógio avançava, o cheirinho de empate ficava mais forte e isso levaria o jogo à decisão por pênaltis. 


O segundo tempo foi de grandes chances, como essa do time do Espírito Santo. Foto: Fernando Martinez. 

Faltando quatro minutos para o final do tempo regulamentar então aconteceu o lance mais polêmico da partida. Após grande ataque juventino pela direita, a bola foi alçada na área. Um dos atacantes grenás cabeceou na trave, mas no rebote o camisa 16 Paulo Vítor apareceu livre para tocar e fazer o terceiro dos paulistas. 


Boa cobrança de falta para os paulistas. Foto: Fernando Martinez. 

O pessoal do Castelense ficou indignado e reclamou bastante com a arbitragem alegando que a bola havia saído pela linha de fundo antes do cruzamento. Confesso que não tenho como opinar, pois o ângulo no qual me encontrava não era bom. De qualquer forma, o árbitro validou o terceiro gol do Juventus mesmo com muita reclamação. 


Ataque capixaba na busca de mais uma igualdade no placar do Quintino de Lima. Foto: Fernando Martinez. 

Os capixabas ficaram sem forças para correr atrás de um novo empate nos minutos que restavam, e a peleja terminou com o placar de Juventus 3-2 Castelense. Foi uma classificação com todos os méritos para o time da Mooca, que agora busca mais uma taça na categoria. Embora eliminados, o pessoal do Espírito Santo merece todos os parabéns pela bela campanha realizada em São Roque. 

Faltava agora a definição do adversário grená na grande final desse sábado... 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário