Procure no JP

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Nacional e Assisense ficam no empate na ida das quartas do Paulista sub-20

Opa,

No último final de semana do mês de setembro estive presente em três pelejas. Já avistando no horizonte o final de várias competições, agora tenho que caçar na base do laço jogos nessa reta final de 2012. A agenda de sábado marcou o confronto inédito entre Nacional e Assisense pela ida das quartas-de-final do Campeonato Paulista sub-20 da 2ª divisão no Estádio Nicolau Alayon


Nacional AC (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


CA Assisense (sub-20) - Assis/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Capitães e trio de arbitragem. Foto: Fernando Martinez. 

Na fase anterior do certame os dois adversários do sábado eliminaram seus oponentes com duas vitórias avassaladoras. Enquanto o time ferroviário eliminou o Itapevi com um o placar agregado de 6x0 (4x0 fora de casa e um 2x0 dentro do Nicolau Alayon), a equipe de Assis fez um sensacional agregado de 10x2 (3x2 fora e incríveis 7x2 em casa) no Olímpia. Graças a isso, era esperado muito equilíbrio dentro de campo. 


Nacional atacando pelo alto no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez. 

Durante grande parte da etapa inicial foi mesmo isso que se viu. Times concentrando jogo no meio de campo e criando poucas chances de gol. De verdade mesmo, uma para cada lado. Aos 38 minutos porém, e para a alegria da grande massa que torcida para a equipe interiorana, Cássio abriu o marcador para o Assisense. 


Marcação firme da zaga do Assisense. Foto: Fernando Martinez. 


Zagueiro do time visitante dando uma furada espetacular em ataque local. Foto: Fernando Martinez. 

Só que o Nacional não deixou por menos e três minutos depois empatou novamente o jogo com o gol de Leonardo chutando forte em ataque local pela esquerda. No apito do árbitro, as duas equipes foram aos vestiários e o placar apontava a igualdade em 1x1. 


Disputa de bola pelos atletas do Nacional e do Assisense. Foto: Fernando Martinez. 

Nesse intervalo fui para a parte coberta da Comendador Souza a notei a presença do bom e velho Jurandyr Júnior, a única pessoa do Brasil que ainda assiste ao vivo a TV Tupi no seu Telefunken valvulado, e do seu "comparsa" Alfredo. Agora sócio-torcedor do Novorizontino, o moçoilo visitou a capital paulista e aproveitou para matar a saudade do estádio ferroviário. 


Atletas ocupando a área defendida pelo time de Assis no tempo final. Foto: Fernando Martinez. 


Jogadores observando atentamente a pelota. Foto: Fernando Martinez. 

Já instalados nas cabines de imprensa, conversamos bastante sobre filosofia e psicologia, assuntos sempre fundamentais. Dali vimos um segundo tempo bastante movimentado. O Nacional voltou melhor e aos 12 minutos a bola foi alçada na área pela direita do ataque e João Paulo acertou uma bela cabeçada no canto esquerdo do arqueiro do Assisense. Vira-vira nacionalino. 


Exato momento da cabeçada de João Paulo, que originou o segundo gol do Nacional. Foto: Fernando Martinez. 

Ainda melhor e se aproveitando da apresentação ruim do oponente, o Naça perdeu a chance de definir a classificação para a semi-final já no jogo de ida, pois perdeu chances absurdas. A maior delas aconteceu num lance inacreditável. O camisa 9 Pedro recebeu ótimo passe na linha da pequena área, mas mesmo sem goleiro ele chutou na trave. Ele mesmo pegou o rebote, e novamente chutou no poste. 


O Nacional sofreu um castigo no final, quando Daniel empatou o jogo de pênalti. Foto: Fernando Martinez. 

Na hora desse lance já prevemos que esse lance poderia fazer falta demais aos donos da casa. Dito e feito, pois já nos acréscimos da peleja o Assisense teve um pênalti marcado a seu favor. A cobrança de Daniel foi precisa, fechando o placar. Final de jogo: Nacional 2-2 Assisense. O time de Assis precisa agora de apenas um empate jogando em casa para conquistar seu lugar na próxima fase. Para o onze paulistano só resta vencer ou vencer. 

Saindo do estádio ainda tinha a chance de acompanhar um segundo jogo, mas no fim das contas resolvi seguir até o centro de São Paulo jogar conversa fora com os amigos da Galeria do Rock... Afinal, não vivo só de futebol. Mas no domingo a agenda estava cheia de novo. 

Até lá! 

Fernando

Um comentário:

  1. Olá, Fernando, tudo bem? Te vi lá no Nicolau Alayon, mas não sabia que você era do Jogos Perdidos. Parabéns pela matéria, pelas fotos e pelo site. Foi um bom jogo, né? Você vem acompanhar a partida de volta aqui em Assis? Abraço, bom trabalho. Nestário

    ResponderExcluir