Procure no JP

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Em jogo fraquíssimo, São Paulo vence mais uma no sub-20

Texto e fotos: Fernando Martinez


O que mais tinha na tarde de quarta-feira era opção de jogo do Campeonato Paulista sub-20 da Primeira Divisão. Por conta do trabalho fui obrigado a abrir mão da primeira e segunda opções e sobrou a terceira, mais próxima de onde estava. Direto do Estádio Conde Rodolfo Crespi, o Juventus recebeu o líder São Paulo pela nona rodada, a segunda do returno, da fase inicial da competição.

Enquanto o Moleque Travesso faz uma campanha irregular - três vitórias, dois empates e três derrotas - o São Paulo vinha com um retrospecto monstro de sete triunfos e apenas um empate. Claro que o onze visitante era super favorito, porém dentro de campo a peleja chegou a dar sono. O razoável público que esperava uma atuação maiúscula do tricolor se decepcionou bastante.


Clube Atlético Juventus (sub-20) - São Paulo/SP


São Paulo Futebol Clube (sub-20) - São Paulo/SP


Capitães dos times e quarteto de arbitragem da peleja

Fica até difícil falar de um jogo tão ruim. Mais uma vez o que salvou foi o papo com os amigos presentes, a dupla alvinegra Renato e Milton e o homem da lei Victor Minhoto. Se não fossem eles, teria dormido durante a maior parte do tempo. Os grenás até que equilibraram as ações e surpreenderam. Tiveram uma ótima chance aos 23 minutos num chute forte que foi salvo em cima da linha.

No segundo tempo eu resolvi ficar na parte coberta da Javari e o que vimos foi falta de inspiração crônica, muita preguiça e 45 minutos que duraram cerca de cinco horas. Nada era capaz que animar os jovens atletas dentro das quatro linhas. Já estávamos torcendo por um gol de qualquer lado para salvar a jornada. Quando vi o placar parcial das duas primeiras opções da tarde, desânimo. Em ambas as partidas - realizadas no Canindé e no Parque São Jorge - gols em profusão.


Goleiro juventino se esticando para cortar cruzamento


O camisa 2 grená Nicholas encarando a marcação tricolor


Outra investida aérea do São Paulo


Aqui, um ataque pela direita do onze visitante


Chegada do Moleque Travesso no começo do segundo tempo


Chute de longe a favor dos locais que passou perto do gol defendido por Thiago


Mais uma tentativa de gol do Juventus... sem sucesso

Para não deixar a coisa tão feia, Victor Ramon, camisa 13 do tricolor, salvou a tarde com um gol aos 46 minutos. Tudo bem que estava torcendo por uma vitória local, mas não tinha como reclamar do moço, já que ele salvou um 0x0 que parecia certo. O placar final de Juventus 0-1 São Paulo, se não foi nenhuma Brastemp, ajudou a manter a invencibilidade são-paulina e a liderança do Grupo 4. Os grenás estão no bololô que vai lutar pela possível quinta vaga na chave.

Voltaremos à programação normal no domingo, possivelmente com uma rodadinha dupla marota de futebol masculino e feminino. É o que temos faltando uma semana para a Copa do Mundo, já que durante o Mundial vai ser difícil sair de casa.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário