Procure no JP

domingo, 3 de junho de 2018

Em duelo de líderes, Corinthians derrota o Iranduba no Pacaembu

Texto: Fernando Martinez; Fotos: Fernando Martinez (jogo) e Roberto Avelar (times posados)


Não iria ver nada na sexta-feira, mas me livrei dos compromissos profissionais a tempo de acompanhar outro jogo da sexta rodada da fase inicial do Campeonato Brasileiro Feminino. O Estádio Paulo Machado de Carvalho viu o duelo entre Corinthians e Iranduba do Amazonas, ambos líderes do Grupo 1 do certame. Tudo bem que cheguei no momento em que a árbitra apitava pela primeira vez e nessa as fotos posadas foram pro saco, mas vale mesmo assim. (Em tempo, o amigo Roberto Avelar fez as imagens e autorizou de forma simpática a publicarmos. É dele o posto de "JP por uma dia" dessa semana).

Os dois times somavam 13 pontos nas cinco rodadas iniciais, porém as mosqueteiras estavam em primeiro por conta do saldo maior de gols. Essa foi a terceira apresentação do Corinthians no nacional feminino como mandante, a primeira (e provavelmente única) no Pacaembu. A estreia foi na Arena Corinthians e depois atuaram em São José dos Campos. A partir de agora o clube mandará as pelejas no genial Alfredo Schurig, a Fazendinha.


Sport Club Corinthians Paulista (feminino) - São Paulo/SP


Esporte Clube Iranduba da Amazônia (feminino) - Manaus/AM

Apesar de ser um dia útil, um ótimo público de 1.742 pagantes bateu o cartão nas velhas arquibancadas do antigo Pacaembu. Todos viram uma apresentação de alto nível, refletindo as ótimas campanhas de ambas as equipes na competição. Por jogar em casa, o Corinthians foi melhor e mais presente no campo de defesa adversário. O Iranduba se defendeu bem e teve como destaque a camisa 10 Mayara. Embora isolada no ataque, ela deu trabalho para a zaga local.

O bom futebol corintiano foi premiado aos 37 minutos com o primeiro gol. Grazi roubou a bola de uma das zagueiras e tocou para Cacau na direita. De primeira, ela devolveu para Milene, que só teve o trabalho de relar na pelota e abrir o marcador. Foi com a vantagem parcial mínima que o intervalo chegou. Nele, pude identificar a rapaziada amiga que estava vibrando com o Timão nas arquibancadas, entre eles a dupla alvinegra de coração Renato e Mílton. O amigo Bruno também estava lá.


Bola zanzando dentro da área amazonense


Defensora do Iranduba se protegendo da investida corintiana


Mosqueteiras comemorando a abertura do marcador no Pacaembu

No tempo final a partida melhorou e vimos bons momentos dos dois lados. Mesmo com as amazonenses mais animadas, foram as comandadas de Arthur Elias quem criaram o maior número de oportunidades. Aos 23 minutos vimos uma verdadeira pintura saída dos pés da atacante Grazi. Ela recebeu lançamento na intermediária, driblou a zagueira Renata Costa e chutou de forma primorosa por cobertura, encobrindo a goleira Mike. Um golaço que ampliou a vantagem alvinegra.


Corintianas atacando pela direita e o corte da zaga visitante



Grazi fazendo o corte antes da pintura que foi o segundo gol e a comemoração das jogadoras locais


Belíssimo chute no ataque local que obrigou a goleira do Iranduba a fazer ótima defesa

As locais continuaram atacando mais e Mike evitou o terceiro tento paulistano por mais de uma vez. Quando a partida já estava no fim, a zagueira Katiuscia, que tinha acabado de entrar, marcou contra o gol de honra do onze visitante. No fim, o placar do Pacaembu mostrava Corinthians 2-1 Iranduba. Grande vitória mosqueteira e a certeza que ambas as agremiações estarão nas fases decisivas da competição, já que estão bem acima das demais integrantes da chave.

Foi isso. No domingo a pauta livre do Jogos Perdidos reservava mais uma peleja do futebol feminino, agora do Paulista. Um repeteco do jogo que assisti no feriado de 31 de maio, mas com um desfecho muito mais impressionante.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário