Procure no JP

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Santo André perde para o Goiás no ABC paulista

Fala, pessoal!

Na quarta-feira passada, feriado de 1º de maio, estivemos mais uma vez perambulando pelos campos da Grande São Paulo, dessa vez em outra cobertura do JP na Copa do Brasil. No Estádio Bruno José Daniel, o Santo André recebeu o Goiás pelo primeiro jogo válido pela segunda fase do certame.

Na fase inicial da Copa você viu aqui no blog que o Ramalhão despachou o Veranópolis/RS, enquanto o time esmeraldino eliminou o Oratório já na primeira peleja no Amapá. E o plantão histórico do JP informa que esse foi o primeiro encontro dos dois na casa andreense e o terceiro em todos os tempos. Nos outros dois, ambos pelo Brasileiro 2009, o Goiás saiu-se vitorioso: 2x1 em São Caetano do Sul e 3x1 no Serra Dourada.


EC Santo André - Santo André/SP. Foto: Fernando Martinez.


Goiás EC - Goiânia/GO. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Líder disparado na primeira fase do Campeonato Goiano, o Goiás tem pretensões altas nessa temporada. Além de correr atrás do 24º título estadual na sua história, a equipe voltou à primeira divisão nacional e também quer ir longe na Copa do Brasil. O Ramalhão ficou pelo caminho ainda na fase inicial da Série A2 Paulista e quer fazer uma campanha ao menos razoável na Série D nacional. Com esses fatos, dá para perceber que atualmente existe um enorme abismo entre os dois times.


Início de ataque andreense pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Só que esse abismo todo não entrou em campo durante o primeiro tempo da peleja no ABC paulista. O Ramalhão mostrou um futebol muito melhor do que o apresentado na A2 e não deu chances ao Goiás.


Dividida pelo alto. Foto: Fernando Martinez.


O Santo André apresentou um bom futebol por todo o primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

As oportunidades de gol foram aparecendo aos poucos e aos 33 minutos a zaga goiana falhou e perdeu a bola pro camisa 9 Fábio Santos. Ele avançou e foi derrubado dentro da área. Pênalti... A cobrança ficou por conta do camisa 10 Élvis. Ele bateu com estilo e deixou o onze local com vantagem.


Élvis abrindo o marcador para o Santo André. Foto: Fernando Martinez.

Mas o artilheiro Wálter, autor de 11 gols em 11 jogos disputados no ano, estragou a festa andreense quatro minutos depois. Ele bateu falta de longe e contou com uma ajudinha coletiva do setor defensivo local para empatar a peleja. O primeiro tempo acabou com o 1x1 no marcador.


Jogador esmeraldino subindo no terceiro andar para cabecear a pelota. Foto: Fernando Martinez.

O Goiás se acertou nos vesiários e voltou melhor para o tempo final. E para o desespero da torcida andreense, o que parecia altamente improvável na primeira etapa aconteceu num intervalo de apenas cinco minutos. Com a zaga local batendo cabeça, os goianos viraram o placar aos 24 minutos e ampliaram a contagem aos 29, ambos os tentos marcados por Eduardo Sasha.


Ataque visitante no tempo final. Foto: Fernando Martinez.

A derrota parcial eliminava o Santo André já no jogo de ida da Copa do Brasil, situação que obviamente não estava nos planos. Nada do que acontecia em campo fazia crer que o time paulista viajaria ao Serra Dourada para o jogo de volta...


Furada monstro de atacante goiano no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Conforme o jogo foi seguindo para seu final, muitos dos 1990 torcedores que pagaram ingresso foram deixando as dependências do Bruno José Daniel. Para azar deles, ficaram sem ver o heroico gol de Gustavinho aos 46 minutos. Ele se aproveitou de rebote de dividida entre um atacante local com o goleiro Harlei e tocou para dar uma sobrevida ao Ramalhão na competição.


Desarme preciso da zaga do Goiás no fim do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Santo André 2-3 Goiás. Mesmo decepcionado por não eliminar o jogo de volta, o onze esmeraldino tem ótima vantagem para a peleja do próximo dia 15. A equipe pode perder por um gol de diferença até o 2x1 que ainda assim se classifica para jogar contra Sport ou ABC.

Deixei o estádio junto com os amigos Mílton, Sérgio e o juventino Ricardo Pucci e voltamos para a capital com o belo entardecer do feriado. O JP voltou aos campos no sábado, com uma rodada dupla válida pela segundona paulista.

Até lá!

Fernando

Um comentário:

  1. sr. fernando quais foram os jogos rodada dupla 2 divisao 2013 que voces fizeram 4 de maio e 5 de maio qua ate agora voces nao publicaram. aguardo os jogos e as fotos. nota cem pela 2 divisao 2013 e esua equipe.me responda urgente. dia 09 de maio de 2013.

    ResponderExcluir