Procure no JP

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Nacional arranca empate nos acréscimos contra o Guarulhos pela Segundona

Fala, pessoal! 

No sábado passado fiz uma sessão isolada de futebol com outro joguinho do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Fui sozinho ver o quinto confronto entre Guarulhos e Nacional em todos os tempos, esse válido pela terceira rodada do Grupo 6 da edição 2013 do certame. O palco, claro, foi o Estádio Antônio Soares de Oliveira

Vindo de duas derrotas em dois jogos (0x2 para o SEV e um avassalador 7x2 para o Atibaia), o Guarulhos apostava na estreia de alguns atletas para conquistar seus primeiros pontos na segundona. Para o Nacional, a ideia era fazer uma apresentação melhor do que a da peleja anterior (o modorrento empate sem gols contra o Primavera) e tentar chegar à liderança. 


AD Guarulhos - Guarulhos/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Nacional AC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Posando de forma exclusiva para as lentes do JP o árbitro Daniel Destro do Carmo, os assistentes Herman Brumel Vani e Osny e os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Só que mais uma vez o time ferroviário fez uma partida bem abaixo do esperado. O Guarulhos finalmente estrou "de verdade" na competição e deu muito trabalho para a zaga visitante no tempo inicial. Durante os primeiros 45 minutos a equipe local teve pelo menos três oportunidades claríssimas de abrir o marcador. 


Jogadores do Guarulhos e do Nacional perseguindo a pelota no gramado do Antônio Soares de Oliveira. Foto: Fernando Martinez. 


Bola levantada na área local. Foto: Fernando Martinez. 

O Naça se limitou a atacar de forma desordenada e afobada, não dando maiores sustos na torcida da casa. Para complicar ainda mais a situação do onze paulistano, o Guarulhos fez seu gol aos 41 minutos através de Bruno Alves. O camisa 10 entrou na área tranquilamente entre os defensores e tocou com estilo na saída do bom goleiro Carlão. 


Ataque nacionalino pela esquerda. Foto: Fernando Martinez. 


Detalhe do gol guarulhense. Foto: Fernando Martinez. 

Na etapa final o gás guarulhense acabou, o time recuou demais e então vimos praticamente um treino "ataque contra defesa". Pena para a torcida nacionalina que a pressão era etérea e imprecisa. O tempo passava rápido e a cada volta do relógio a primeira vitória do Guarulhos parecia que finalmente iria acontecer. 


Victor Sapo tentando passar pela marcação da zaga local. Foto: Fernando Martinez. 

Mas um pequenino "problema" comum de 10 entre 10 times que estão vencendo um jogo aconteceu no gramado do Antônio Soares de Oliveira: a cera. Os atletas locais caíram demais, parando o jogo por muitos minutos. Quando o árbitro indicou quatro minutos de acréscimo, a certeza para mim era que o ideal teria sido pelo menos uns seis ou sete. 


O Naça jogou o tempo final todo dentro do setor defensivo do Guarulhos. Foto: Fernando Martinez. 

Mesmo jogando mal e sem inspiração o Nacional não deixou de acreditar, e no último lance da peleja conseguiu chegar ao (pelo menos pra mim) inesperado empate. Após escanteio da esquerda, Jean apareceu antes do arqueiro local e tocou de leve para cabecear a pelota pro fundo das redes. 


Exato momento em que o camisa 18 Jean tocou na bola para empatar a peleja. Foto: Fernando Martinez. 

A reclamação do pessoal local foi enorme, pois o gol saiu e o árbitro encerrou a partida. O placar de Guarulhos 1-1 Nacional deixou os paulistanos na terceira colocação da chave com cinco pontos ganhos, mas ainda invicto. E apesar de ter somado seu primeiro ponto, o time da Grande São Paulo ainda é lanterna do Grupo 6. 

Logo depois do apito final atletas das duas equipes passaram a quebrar o pau dentro de campo. Foram alguns minutos de pancadaria, tudo com a vista grossa do policiamento, antes da famosa turma do "deixa disso" aparecer e acalmar os ânimos. A torcida guarulhense também não estava nada calma, já que acusavam o árbitro de ter "feito o jogo do time da FPF". Assim como eu não vi o árbitro prejudicar o Naça no jogo contra o Primavera, também achei que a atuação do árbitro dessa peleja do sábado não influiu no resultado final. Coisas do futebol... 

Voltei para casa a tempo de assistir o fantástico jogo que levou o São Bento de Sorocaba para a Série A2 e também mais um jogo dos play-offs na NBA antes de ter uma boa noite de sono já pensando na rodada matutina do domingo. Mais uma vez o JP se fez presente numa decisão de divisão de acesso. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário