Procure no JP

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Bernô goleia o Mauaense e marca os primeiros pontos na Segundona

Fala, pessoal! 

Nesse final de semana acompanhei uma trinca de jogos em três dias seguidos para o JP. O primeiro foi numa agradável sessão noturna de futebol na sexta-feira. EC São Bernardo e Grêmio Mauaense desfilaram pelo gramado sintético do Baetão buscando reabilitação no Grupo 8 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão

Nas duas rodadas iniciais da chave as equipes em questão foram derrotadas. Mais do que nunca, os três pontos eram essenciais para que o vencedor não desgarrasse demais dos líderes. E o jogo tinha um gostinho especial, já que podemos considerar esse um "novo clássico" do ABC. Foi a 23ª vez em que ambos se encontraram em pelejas válidas pelo paulistão. 

É fato que a Locomotiva se tornou uma grande pedra no sapato do Bernô desde o primeiro confronto em 1986. Nos 22 jogos realizados na história tivemos oito vitórias do Grêmio, nove empates e apenas cinco vitórias da equipe alvinegra. Desses cinco triunfos, só um deles (!), realizado no longínquo 15 de agosto de 1990, teve vitória do São Bernardo jogando em casa. 

Como se não bastasse, a equipe de Mauá foi derrotada pela última vez nesse confronto em 13 de abril de 1996, quando perdeu pela contagem mínima jogando no Pedro Benedetti. Depois disso, 17 anos sem nenhum revés e nove jogos (seis vitórias e três empates) de invencibilidade. Para a torcida do Bernô, já estava na hora de quebrar a escrita favorável ao Grêmio. 

E apesar de ser sempre legal ver jogo de sexta à noite no Baetão, chegar lá é sempre uma tarefa complicada, pois coincide exatamente com a ida de muitos trabalhadores para casa. E o panorama dessa sexta foi ainda mais complicado pois o sistema de trólebus apresentou com problemas e o Terminal Jabaquara estava apinhado de gente. Se não fosse a presença abençoada do Mílton, com certeza não teria chegado a tempo das fotos oficiais. Ele, num golpe de mestre, reduziu nosso tempo de espera em mais de meia hora e foi o responsável direto por não termos nos atrasado. 


EC São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


GE Mauaense - Mauá/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Árbitro Douglas Perrone Katayama, assistentes Paulo de Souza Amaral e Vitor Carmona Metestaine e os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Para desespero do amigo Luiz Fôlego, torcedor do Mauaense, quando a peleja começou logo ficou evidente a diferança técnica entre as equipes. O Bernô dominou por completo o primeiro tempo e não deu a menor chance para a Locomotiva. 


Primeira chance clara de gol para o Bernô no jogo contra o Mauaense. Foto: Fernando Martinez. 

Sem forçar muito, a equipe marcou inapeláveis 3x0 ainda no tempo inicial e ainda perdeu outras chances, deixando a peleja definida na saída para o intervalo. O primeiro gol foi marcado pelo camisa 9 Washington (que até o ano passado defendeu o próprio Mauaense) logo aos 12 minutos. Aos 23, o zagueiro Ranses ampliou. 


Falta para o time local no meio de campo. Foto: Fernando Martinez. 


Detalhe do primeiro gol do Bernô, marcado pelo camisa 9 Washington (à direita na imagem). Foto: Fernando Martinez. 

Antes do apito final da primeira etapa, Washington fez mais um, deixando a heroica torcida da Locomotiva com muita saudade do artilheiro. Para o tempo final, como de costume, saí do gramado sintético e fui para as arquibancadas tortas do estádio. Ali vi o tempo final rodeado de amigos, naquela resenha sempre sensacional. 


O arqueiro do Mauaense pulou, mas não teve como defender a ótima cobrança de falta de Ranses. Era o segundo do São Bernardo. Foto: Fernando Martinez. 

No segundo tempo o Bernô puxou o freio de mão, diminuiu o ímpeto ofensivo e ainda assim marcou mais duas vezes. O quarto gol saiu com o bom camisa 11 Daniel aos 4 minutos e a goleada foi completada nos acréscimos com o tento do camisa 14 Luizinho, tocando com classe na saída do arqueiro. O Grêmio ainda marcou um gol de honra aos 17 com Anderson. 


Chegada tímida da Locomotiva no tempo final. Foto: Fernando Martinez. 


Placar eletrônico do Baetão com o placar parcial da peleja. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: EC São Bernardo 5-1 Mauaense. Além desse placar ter sido a maior vitória do Bernô contra a Locomotiva em todos os tempos (e ter servido para quebrar todos aqueles tabus que citei no começo da matéria), o resultado fez com que o time de São Bernardo do Campo marcasse seus primeiros pontos no certame. No embolado Grupo 8, Diadema, Portuguesa, Jabaquara e Água Santa estão com seis pontos. Já o time de Mauá afunda na lanterna da chave. 

Saímos do estádio sem pressa e após um belo pit-stop ao lado do Terminal de São Bernardo do Campo voltamos para casa. A noite ainda teve NBA pela TV e no sábado estive mais uma vez num joguinho da segundona paulista. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário