Procure no JP

terça-feira, 17 de julho de 2012

Empate entre Osasco FC x Grêmio Novorizontino pelo Grupo 10 da Segundona

Fala, povo! 

O segundo jogo do último sábado foi outro daqueles confrontos insólitos e inéditos que só as fases mais avançadas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão podem proporcionar. No gramado do Estádio José Liberatti, Osasco FC e Grêmio Novorizontino se enfrentaram pela primeira rodada do Grupo 10 do certame. 

Apesar de algumas outras opções para a tarde, não dava pra deixar de acompanhar in loco a primeira visita do novo Tigre de Novo Horizonte na Grande São Paulo. Nem o fato de eu ter incluído a equipe na Lista no final de junho me fez mudar de ideia. Para a peleja, novamente tive a companhia do amigo taxista seu Natal, o terror das madrugadas paulistanas. 

Dessa vez não teve correria e chegamos em Osasco faltando mais de uma hora para o apito inicial. Decidimos ficar perto do estádio para almoçar sem correr nenhum risco de nos atrasarmos. Mas encontrar um restaurante bom ali pelas redondezas é complicado, e acabamos parando num estabelecimento que definitivamente não era dos mais asseados. Escuro, com as paredes sujas e uma falta de limpeza bizarra. 

Na base da coragem o seu Natal, que almoça sem frescuras em qualquer bocada, fez seu prato e mandou brasa na comida local. Me rendi à fome e comi um sanduba no melhor esquema "o que não mata engorda". Como não passei mal do estômago até hoje, acho que deu tudo certo. Após essa hora de horror, fomos para a principal casa do futebol osasquense, e já dentro de campo encontrei o amigo Rodrigo Colucci. Como sempre, agora seguem as fotos oficiais: 


Osasco FC - Osasco/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Grêmio Novorizontino - Novo Horizonte/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem composto por Fábio de Jesus Volpato Mendes e os assistentes Jumar Nunes Santos e Maria Núbia Leite junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Na primeira fase da Segundona assisti in loco 23 equipes das 41 que iniciaram o certame. De todas, e contando que não vi nem o Votuporanguense na sua avassaladora campanha e nem o Olímpia, tive a melhor impressão justamente da equipe de Novo Horizonte. Nesse novo grupo, que também conta com Américo e Atlético Mogi, aposto na vaga do Tigre. 

Também acompanhei apenas um jogo do Osasco FC, e a impressão que tive não foi das melhores. Alguns amigos viram outros jogos da equipe recém transformada em alvinegra e nenhum considerou o onze osasquense uma das forças do torneio. Tanto que a classificação veio apenas na última rodada e na base do sufoco. Com essas cartas na mesa, todos jogavam suas fichas num bom resultado do Novorizontino na estreia dessa fase. 


Jogador do Grêmio Novorizontino desfilando no gramado do José Liberatti com o belíssimo uniforme do clube. Foto: Fernando Martinez. 

Mas algo que merece ser registrado em relação a tudo que envolve a volta do futebol profissional a Novo Horizonte é a fantástica presença da sua torcida em todas as partidas. Um time que tem uma média que supera os 2.500 torcedores numa quarta divisão estadual é algo simplesmente sensacional. Fora do seu campo, o pessoal também marca presença, e cerca de 50 torcedores se fizeram presentes em Osasco para esse jogo. Também, depois de tantos anos sem futebol, o povo está mais do que animado com a bela campanha. 


O time visitante começou o jogo contra o Osasco dominando as ações ofensivas e atacando sem parar. Foto: Fernando Martinez. 


Escanteio para o Tigre pela direita do ataque. Foto: Fernando Martinez. 

O jogo então começou e depois de dois minutos de uma leve pressão do Osasco FC, o Grêmio tomou conta das ações e foi muito superior. Coma uma equipe muito bem formada, a equipe dominou as ações ofensivas e levou bastante perigo para a zaga local. Depois de algumas oportunidades, o primeiro gol saiu aos 15 minutos, numa cabeçada de Conrado após cruzamento da direita. 


Detalhe do gol do Grêmio Novorizontino contra a equipe osasquense. Foto: Fernando Martinez. 

A peleja continuou com o time visitante melhor, e com o Osasco não conseguindo fazer uma boa apresentação. Somente após o trigésimo minuto os locais passaram a se aventurar mais no campo ofensivo, mas ainda sem conseguir criar oportunidades claras de gol. Mandando bem também na defesa, o Tigre viu o intervalo chegar com a vitória parcial. 


Outra chefada perigosa do Tigre com a marcação forte da zaga do Osasco. Foto: Fernando Martinez. 

Subi até as tribunas do José Liberatti para dali acompanhar o início do tempo final. E de forma surpreendente para muitos, o Osasco FC voltou com uma postura completamente diferente, jogando bem e encurralando o Novorizontino no campo defensivo. Nem parecia que estávamos vendo a mesma partida de antes. Só que para desespero da torcida local, o gol teimava em não sair. 


Outro jogo no segundo tempo com o Osasco FC criando várias chances de gol. Foto: Fernando Martinez. 

Aos 10 minutos, o camisa 16 entrou em campo e aos 22 ele foi responsável pelo aguardado gol de empate do Osasco FC. Sofrido e depois de muita confusão dentro da área do Grêmio, ele apareceu com muito oportunismo e encheu o pé aproveitando um rebote de bola na trave para colocar a pelota no fundo das redes do goleiro Neto. O Tigre não mostrava suas garras e nos 45 minutos finais chegou somente uma vez dentro da área local. 


Troca de passes no meio-campo. Foto: Fernando Martinez. 


Uma das raras chegadas do Novorizontino dentro da área local no tempo final. Foto: Fernando Martinez. 

O alvinegro continuava buscando o gol com mais vontade, mas ao final do tempo regulamentar não conseguiu transformar todo esse domínio na virada do marcador. Final de jogo: Osasco FC 1-1 Grêmio Novorizontino. Após a rodada inicial dessa chave, o Américo, que venceu o Atlético Mogi fora de casa por 3x0 é o líder. Ainda continuo apostando na vaga do Tigre, mas a Águia pode surpreender. 

Na volta para São Paulo ainda fomos visitar o amigo Colucci e conferir sua bela coleção de camisas. Tem muita coisa boa ali com vários sonhos de consumo. Após essa parada, voltei para casa cansado e com frio, mas já pensando na rodada de domingo, com um jogo no dia do meu aniversário. 

Até lá! 

Fernando

2 comentários:

  1. Parabéms e Obrigado por ter se lembrado do Novorizontino, em seu retorno à SP. Comecei a entender o futebol em 1990 quando o Tigre era uma grande Zebra, rs, e até hoje o admiro e comemoro esse retorno.

    ResponderExcluir
  2. no proximo domingo 22 de julho de 2012 novo horizonte vai parar diante da partida contra o americo brasiliense, pela importancia da partida para o tigre a expectativa é de um novo recorde de publico, pois a cada jogo a cidade vai se contagiando com a volta do futebol profissional. Fiquem de olho pq Logo o tigre do vale estará no cenário estadual novamente. Esperamos cerca de 7 mil torcedores, obvio esse o total somando os não pagantes.

    ResponderExcluir