Procure no JP

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Mesmo no sufoco, Nacional garante vaga na terceira fase da Segundona!

Olá, pessoal!

No último domingo tivemos decisão no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Com muitos jogos espalhados pelo estado para a definição das últimas vagas na terceira fase do torneio, fui acompanhar um jogão no Estádio Nicolau Alayon. Nacional e o genial time do José Bonifácio EC jogaram com chances de classificação.

Já tinha visto a equipe da longínqua cidade da região de São José do Rio Preto numa viagem que fiz até Guariba em 2007, mas não dava para perder a chance de conferir um jogo deles tão perto, já que o JBEC não jogava na capital desde o longínquo 29 de maio de 1996, quando perdeu seu jogo para o saudoso Guapira por 1x0.

Caí da cama cedinho, e segui pelos trilhos do Metropolitano paulistano até o bairro da Barra Funda. Cheguei na Comendador Souza e encontrei os amigos de sempre, além do Emerson e do Mílton, que esperavam ansiosamente a peleja. E segundo a tradição, seguem agora as fotos oficiais da partida:


Nacional AC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


José Bonifácio EC - José Bonifácio/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Cléber Wellington Abade e os assistentes Luís Alexandre Nilsen e Giulliano Neri Colisse prontos para a partida, na foto junto com os capitães de Nacional e José Bonifácio. Foto: Fernando Martinez.

A tarefa das equipes para a derradeira rodada da segunda fase já estava definida desde a rodada anterior: O Nacional se classificaria com uma simples vitória, e o empate poderia levar o onze ferroviário para a próxima fase caso o ECUS não vencesse a Inter de Bebedouro na cidade de Suzano. Ao José Bonifácio restava vencer e também torcer para uma vitória do Lobo.


Cruzamento para a área do José Bonifácio no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.


Foi falta! Atleta do time visitante atropela atacante do Nacional. Foto: Fernando Martinez.

Fomos então acompanhar o ataque nacionalino, e desde os primeiros movimentos a equipe foi superior ao adversário. Mas talvez graças ao insuportável clima que paira por São Paulo há dias, o ritmo do jogo não foi dos mais alucinantes... muito pelo contrário. Por ser uma partida decisiva esperava mais, principalmente por parte do José Bonifácio.


Boa defesa do goleiro do JBEC em chute de longe. Foto: Fernando Martinez.

O time local era melhor, e o jogador Betinho colocou o Naça na frente do marcador com um lindo gol aos 30 minutos. Ele recebeu bom passe e, entrando pela direita, tocou com classe por cima do goleiro. Com as notícias da vitória parcial da Inter em Suzano, a tarefa nacionalina ficava menos difícil.


Detalhe do gol do Nacional, em chute cheio de estilo e classe do jogador Betinho. Foto: Fernando Martinez.

Durante o restante do tempo a equipe perdeu chances para garantir a vaga já nos primeiros 45 minutos. Vimos algum preciosismo em campo, ao invés de uma eficiência ofensiva. No intervalo, que chegou com a vitória parcial do Nacional, saímos do campo e fomos curtir o jogo da parte coberta do estádio.


Falta para o onze visitante. Foto: Fernando Martinez.

E no tempo final, o time da casa irritou a torcida presente com um sem-número de chances perdidas. Olha, falando por baixo, o Nacional perdeu pelo menos três chances de gol cara-a-cara com o goleiro do José Bonifácio. E como nós conhecemos um pouquinho de como funciona o esquema no Nicolau Alayon, isso poderia ser perigoso demais.


Jogador do José Bonifácio derrubando jogador do Nacional quase dentro da área... mas a falta não foi marcada. Foto: Fernando Martinez.

Aos poucos o time do interior foi pra cima dos mandantes e passou também a assustar. Sentia que um gol da equipe poderia complicar a vida da equipe paulistana. E não deu outra, pois o golaço do jogador Daniel aos 46 minutos levou três minutos de desespero para os torcedores da casa. Uma virada do José Bonifácio eliminaria o Nacional, e somente o apito final deixou todo mundo sossegado.


Boa saída do arqueiro ferroviário no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Nacional 1-1 José Bonifácio. Ufa! Foi no sufoco e com a pior campanha entre os 12 times que garantiram vaga na terceira fase da Segundona, mas o que importa é que o Nacional conseguiu sua classificação. Ao José Bonifácio os parabéns pela bela campanha, e a certeza que o trabalho foi bem feito.

Falando agora da próxima fase, o time caiu num grupo que ainda tem Taboão da Serra, Olé Brasil e Elosport. Acho que o Naça teve relativa "sorte", pois vai jogar em lugares que não são "caldeirões", como por exemplo Limeira, Rio Claro e Bebedouro. Mas o pessoal precisa colocar na cabeça que preciosismo nessa hora não adianta... o que vale mesmo é chutar de bico e fazer gol feio, pois vale igual. Tenho certeza que com dedicação e vontade esses atletas podem levar o time da Rua Comendador Souza ao lugar que é seu historicamente. Continuamos na torcida...

E no sábado a terceira fase já começa com o duelo entre o time ferroviário e o Elosport... estaremos lá!

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário