Procure no JP

terça-feira, 11 de janeiro de 2005

JP a todo vapor na cobertura da Copinha

Fala povo,

Bom, esse post era para ter sido colocado aqui ontem, mas como o Emerson já disse, domingo estava MUITO calor, e depois de uma rodada quádrupla embaixo de sol, até soro tomei, e na noite de domingo e durante todo o dia de ontem fiquei de cama (!). É, por isso que 'adoro' calor. Mas hoje já estou (um pouco) recuperado, e vamos lá: Vamos postar o que rolou nesse fim-de-semana fantástico:

Sabadão a Jovem Guarda do Clube (Eu, o Emerson, David e o grande fênix Estevan) compareceu em Taubaté, para assistir ao glorioso Itabaiana de Sergipe. O Emerson e o David ainda mataram o Estrela do Norte. Foi uma rodada dupla dos extremos, primeiro jogo: Calor infernal. Segundo jogo: Uma chuva para cada um, poucas vezes me molhei tanto na vida. Mas como diz aquela propaganda, 'Tomar uma chuva torrencial e ver o São Paulo perder um jogo, não tem preço'. Fim de partida: São Paulo 1-2 Estrela do Norte.


Emerson, David e Estevan encharcados de emoção em Taubaté. Foto: Fernando Martinez. [150411]

Ah, e só por questão de curiosidade, a ala finlandesa da Torcida Independente estava no jogo do SP, cerca de 200 pessoas, entre elas diplomatas, desembargadores da República e embaixadores da paz. Acho que a torcida (organizada) do Taubaté se resumia a 15 gatos-pingados, e mais uns 10 do Estrela (isso mesmo, tinha torcida do Estrela). Foi só esse pessoal gritar o nome do Estrela, que os lordes da Independente avançaram em cima do povo, quebrando instrumentos, rasgando todas as faixas que estavam lá, e batendo em todo mundo. Aí você me pergunta: E a polícia? Bom, nem perto estavam, chegaram depois de uns 10 minutos. Resumindo: Não quer sofrer violência, fique em casa mesmo.

Segue abaixo uma foto de cada jogo:


Escanteio para o Itabaiana. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do Estrela do Norte corta mais um ataque são-paulino. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do Estrela mandando a laranja para a arquibancada. Foto: Fernando Martinez. [150411]

Domingo foi um show à parte: Calor do cão, rodada quádrupla, dois times novos incríveis, calor, calor e mais calor.

O dia começou no Parque Antártica, 9 da matina, tudo para assistirmos ao glorioso esquadrão do Ypiranga do Amapá jogando contra o Juventude de Caxias do Sul. Joguinho meia boca, mas valeu pela novidade. Depois só sobrou eu, o Emerson e o David, como penitentes para assistir o Palmeiras B e Friburguense. Nem vi o jogo direito, por causa de tanto calor. (Aí vai mais um xingamento à diretoria desse time: Como que eles podem deixar a torcida deles no sol escaldante de meio-dia? E a parte coberta? Cambada de incompetentes). Segue abaixo fotos dessas partidas:


Ataque do Juventude/RS, na partida contra o Ypiranga/AP. Foto: Fernando Martinez.


Lance do jogo entre Palmeiras B e Friburguense. Foto: Fernando Martinez.

De tarde, já vencido pelo cansaço, fomos ao Campo do Nacional prestigiar o grande Porto de Caruaru. Um dos sonhos do clube, pena que estava tão quente, mas mesmo assim tivemos dois ótimos jogos. Nacional 1-1 Portuguesa, grande partida, apesar do calor insuportável os dois times estão muito bem de preparo físico, aguentaram bem até o fim do jogo.

Depois vimos o clássico regional: Fortaleza-2-2 Porto. Belo jogo também, golaços, e ânimo zero, depois de 6 tempos não dá para esperar muito ânimo não, segue mais fotos para vocês:


Zaga do Nacional afasta a bola, num ataque da Portuguesa. Foto: Fernando Martinez.


Ataque do Porto de Caruaru, na partida contra o Fortaleza. Foto: Fernando Martinez.

E, mais de pertinho, um detalhe de tão gloriosa equipe:


Detalhe do uniforme do Porto de Caruaru. Foto: Fernando Martinez.

Bom, é isso. Logo mais tem mais novamente.

1 abraço a todos

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário