Procure no JP

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Bragantino vence o Salgueiro/PE com goleada

Olá pessoal,

No último sábado estive no Estádio Nabi Abi Chedid, na cidade de Bragança Paulista/SP para acompanhar o embate entre Bragantino e Salgueiro, válido pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar de não ser um jogo propriamente perdido, eu estava muito interessado pois colocaria o Salgueiro na minha lista.


Início da partida. Foto: Victor Minhoto.

Como era de se esperar, os locais começaram partindo para cima dos visitantes logo no começo do jogo. Tanto que aos 5 minutos, na cobrança de um escanteio, Octacílio Neto abriu o placar. Neste cruzamento o bola passou por cima do arqueiro pernambucano e o camisa 10 do quadro mandante apenas teve o trabalho de tocar a bola para o fundo do gol. Esse gol animou a torcida que já previa uma grande goleada. Mas apenas dez minutos depois, após um confusão na área, a bola tocou na trave e Elvis mergulhou de cabeça para empatar o jogo.


Bola indo em direção as redes após ser tocada pelo camisa 10 Octacílio Neto, no primeiro gol do Braga. Foto: Victor Minhoto.

O Bragantino não desanimou e seguiu com força total no ataque. Aos 29 minutos, após cobrança de falta, a bola foi alçada na área e o camisa 9 Lincoln cabeçeou com força. A pelota bateu no travessão e em seguida no chão já dentro da meta adversária. Novamente o Leão estava na frente no marcador. Porém,aos 35 minutos, Piauí, o camisa 6 do quadro visitante, cobrou de forma magistral uma falta na entrada da área colocando a bola no ângulo esquerdo do goleiro Gilvan, decretando, assim, mais um empate no placar.


Após cabeçada de Lincoln, a bola se choca no travessão e bate no chão já dentro da meta, no segundo gol do Braga. Foto: Victor Minhoto.

O Braga não desanimou e aos 40 minutos, após bela jogada pela direita, a bola foi alçada na área e novamente o camisa 9 Lincoln acertou um belo chute sem deixar a bola cair no chão, deixando sem ação o arqueiro visitante. Mais uma vez o lado paulista buscava a vantagem no marcador. Mas, ainda não haviam acabado as emoções e, aos 44 minutos, após um escanteio, a bola passou por cima do goleiro Gilvan e Fabrício Ceará, entrou livre para cabeçear a bola para o fundo das redes e decretar mais uma vez o empate na partida. Desta vez não havia tempo para mais nada e a primeira etapa termino empatada com três gols para cada lado.


Após cabeçada perigosa, bola passa por cima da meta visitante. Foto: Victor Minhoto.

Em razão do primeiro tempo, imaginava que a segunda tapa também começaria todo vapor, mas não foi isso que se viu. O Salgueiro arrumou seu sistema defensivo e o Bragantino não tinha forças para alterar o marcador. Essa situação foi deixando a torcida irritada e algumas vaias começaram a surgir, obrigando o treinador Marcelo Veiga a mexer no time.

A principal alteração foi a entrada do camisa 17 Romarinho, que mudou o destino do jogo com jogadas de velocidade e muita agressividade. Aos 32 minutos, o próprio Romarinho acertou uma cabeçada decorrente de um escanteio para marcar o quarto gol dos locais, aliviando a torcida que já estava ficando apreensiva.


Arqueiro pernambucano afasta o perigo em mais um ataque dos locais. Foto: Victor Minhoto.

Com isso o quadro visitante foi obrigado a sair da defesa e tentar chegar pela quarta vez ao empate, o que deu mais espaços para o Bragantino jogar nos contra-ataques, sendo que em um deles, aos 44 minutos, a zaga pernambucana foi obrigada a cometer penalti. A cobrança foi feita por Marcinho, que fechou a goleada. Resultado final Bragantino 5x3 Salgueiro. Esse resultado tirou o Bragantino da zona de rebaixamento e complicou a situação do adversário, que já estava no Z-4.

Até a próxima,

Victor

Um comentário:

  1. Um dos melhores jogos do ano pela Série B. Espero que o Bragantino saia dessa situação e, em breve, volte à Série A, local de onde um vice-campeão nacional nunca deveria ter saído!

    ResponderExcluir