Procure no JP

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Depois de 11 anos, Juventus volta à semi-final da Copinha

Texto e fotos: Fernando Martinez


Depois de ficar de fora das oitavas da Copa São Paulo de Futebol Júnior, voltei a cobrir o torneio na sua etapa de quartas-de-final. O apinhado Estádio Conde Rodolfo Crespi viu o encontro entre duas gratas surpresas da competição até aqui: Juventus e Bragantino. O Moleque Travesso fazendo sua melhor campanha desde 2006 e o Massa Bruta na melhor performance desde 2001.

O onze paulistano terminou no segundo lugar do Grupo 28 com dois triunfos e uma derrota (0x2 contra o Figueirense). Nos mata-matas, três vitórias consecutivas contra Grêmio Osasco, Fluminense e Avaí e a chegada entre os oito melhores. Já o Braga foi o primeiro do Grupo 22, que também contava com o Cruzeiro, venceram o Trindade/GO na segunda fase e foi derrotado pelo onze estrelado de Minas Gerais na terceira. A vaga para as oitavas saiu por ter sido o time com melhor campanha a ser derrotado. Depois, eliminaram o Juventude, também se garantindo nas quartas.


Clube Atlético Juventus (sub-20) - São Paulo/SP


Clube Atlético Bragantino (sub-20) - Bragança Paulista/SP


Capitães dos times e trio de arbitragem

Fazia tempo que não tomava tanta chuva numa peleja. Mesmo com o dilúvio, a Rua Javari mais uma vez recebeu um enorme público e apesar de terem molhado a alma certamente não se arrependeram. Vimos um grande jogo de futebol com boas chances dos dois lados e muita emoção. No tempo inicial o Juventus foi melhor. A equipe teve mais posse de bola e mais iniciativa ofensiva. Só que o arqueiro Alyson trabalhou bem e impediu que os locais saíssem na frente.

O Braga se aventurou poucas vezes no ataque, porém a melhor chance de gol do tempo inicial foi deles. Aos 37 minutos Lucas Vinícius foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Bruno Oliveira foi para a cobrança, mas ele bateu mal e Vitor Omena fez fácil defesa. Foi com o marcador em branco que o primeiro tempo chegou ao seu final. Como não tinha nada, absolutamente nada de espaço disponível na parte coberta, tive que continuar me molhando no tempo final dentro de campo.


Jogador juventino mandando a bola pro lado esquerdo do ataque


Boa chance grená dentro da área do Bragantino


Detalhe da parte coberta da Rua Javari totalmente lotada para esse jogo das quartas-de-final


Vitor Omena salvou a pátria juventina aos 37 do primeiro tempo defendendo o pênalti de Bruno Oliveira

Os últimos 45 minutos foram mais equilibrados, transformando essa partida das quartas num daqueles verdadeiros jogos de xadrez. Os visitantes passaram a criar mais e o Juventus não deixou por menos, buscando o seu tento principalmente pelas laterais. Decorridos 18 minutos, saiu o esperado gol grená. Moicano invadiu a área pela esquerda e chutou. Lucas Vinícius salvou duas vezes em cima da linha só que, no rebote e com a pelota zanzando livre dentro da área, Cesinha surgiu para meter o pé e marcar.

Com 1x0 contra, o Braga se lançou em busca do empate e aí brilhou ainda mais o arqueiro Vitor Omena. Em pelo menos quatro lances o camisa 1 do Juventus impediu a igualdade. A melhor defesa saiu aos 44 minutos em ótima intervenção em cobrança de falta de Arthur. A torcida local já comemorava antes do apito final e, quando o árbitro apitou pela última vez, a Moóca viu mais uma grande festa nessa Copinha.


Investida do Juventus pela esquerda do ataque


Lateral do Massa Bruta tentando se livrar da marcação


Bola aérea dentro da área do time do interior


Troca de passes no campo de defesa do Braga

O placar final de Juventus 1-0 Bragantino recoloca o Moleque Travesso entre os quatro melhores da Copa São Paulo depois de onze anos. Em 2006, o clube foi eliminado pelo Comercial na semi-final. Agora o adversário será o favoritaço Corinthians. Será que o Juve consegue fazer a zebra correr? A outra e sensacional semi será disputada entre o hiper favorito Paulista e a enorme zebra Batatais.

Foi isso. Vamos ver o que o cronograma permitirá a respeito da fase decisiva da mais genial competição de base do país. Estaremos de olho.

Até a próxima!

© 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário