Procure no JP

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Primeira Camisa Campeão do sub-20 da 2ªdivisão 2008

Olá,

Num sábado com poucas opções futebolísticas, ainda assim foi possível descobrir um jogo de suma importância, pois envolvia a decisão do Campeonato Paulista de Futebol Sub 20 - Segunda Divisão. A partida em questão foi disputada entre as equipes do F.C. Primeira Camisa contra o Comercial E.C., oficialmente ainda da cidade de Registro, que foi realizada no Estádio ADC Parahyba, localizado na linda cidade de São José dos Campos.

Para chegar ao meu destino, inicialmente fui até a estação Itaquera do Metrô e lá encontrei o sempre prestativo Sr. Natal, que à bordo do "Possante 558", me levou ao Vale do Paraíba numa viagem super tranquila pelas Rodovias Ayrton Sena e Carvalho Pinto. Lá chegando, a primeira pessoa que veio falar com o JP, foi o Presidente do Comercial, o Sr. Roderlei José Pachani que ficou muito satisfeito com a nossa presença e adiantou que a sua equipe vai mudar oficialmente de sede em 2.009, deixando Registro e se instalando de vez em Monte Alto (385 Kms. da Capital), aonde já mandou suas partidas durante esse ano. Ele tem conhecimento da existência de uma taxa "salgada" (R$ 70.000,00) para efetivar essa transferência, mas aposta no bom senso da Diretoria da FPF para negociar tal valor.

Depois da conversa com o Presidente do Comercial, fui para o gramado para me preparar para fazer as fotos oficiais da partida, quando notei no uniforme do time visitante, um novo distintivo, de formato parecido com o anterior, porém sem a presença do tradicional "leãozinho" que foi substituído por um "dinossauro".


Novo distintivo do Comercial E.C. e o Sr. Natal com a mascote (Formiga do Vale) do Primeira Camisa. Fotos: Orlando Lacanna.

Além da troca do distintivo e da mascote, o Comercial introduziu a cor azul no seu uniforme, adicionando-a à vermelha e à branca e com isso, se transformou num time tricolor. Bem, agora vamos com as fotos dos times, do trio de arbitragem e dos troféus que estão abaixo:


F.C. Primeira Camisa - São José dos Campos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Comercial E.C. - Registro/SP. (mandando seus jogos em Monte Alto). Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem formado por Marcelo Rogério e seus assistentes Mário Nogueira da Cruz e Rogério Pablos Zanardo acompanhado pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.


Troféus destinados ao Campeão e ao Vice-Campeão. Foto: Orlando Lacanna.

Antes de começar a falar da partida, vale frisar que a cobertura dessa decisão é quarta vez seguida que o JP se faz presente na partida decisiva da Segundona - Sub 20, pois em 2.005 estivemos em Votarantim acompanhando Votoraty x Campinas, em 2.006 em Campinas cobrimos a final entre o Campinas contra o Lemense, em 2.007 estivemos na distante Guariba para conferir a decisão entre o Guariba e o Campinas e agora em 2.008 estivemos em São José dos Campos.

Como o Comercial havia ganho a primeira partida em Monte Alto por 2 a 1, bastava aos visitantes um simples empate para levantarem o título, enquanto que para os donos da casa, a vitória simples era essencial para ficarem com o troféu dourado. No geral, as partidas dessa categoria não têm bola perdida e as equipes sempre mostram muito empenho e, nessa decisão, essas características foram mantidas, pois os dois times saíram em busca do resultado com muito afinco. Até os primeiros vinte minutos, a tônica do jogo foi o equilíbrio das ações, muito embora o Primeira Camisa tenha levado um pouco mais de perigo à meta adversária, obrigando o goleiro Carlos a praticar duas boas defesas.


Ataque do Primeira Camisa pela direita no primeiro tempo. Foto: Orlando Lacanna.

As duas equipes sempre que a oportunidade aparecia, procuravam arrematar de meia distância, visando surpreender o goleiro adversário e, principalmente, pelas dificuldades que encontravam para penetrar nas defesas, tanto que boa parte das jogadas ofensivas, nascia de bola parada.


Cobrança de escanteio pelo Primeira Camisa levando perigo à defesa do Comercial. Foto: Orlando Lacanna.

Pela necessidade da vitória, o time da casa foi acelerando as jogadas ofensivas, tanto que conseguiu chegar ao seu gol aos 22 minutos, anotado pelo avante Wesley Portela, aproveitando cruzamento vindo da direita, numa jogada em que setor defensivo do Comercial deu mole.

Em desvantagem no placar, o time visitante saiu em busca da igualdade, tendo criado duas boas chances nos pés do avante Darjan, sendo que a primeira, aos 31 minutos, foi chutada para fora e a segunda, aos 42 minutos, obrigou o goleiro Wander Luiz a praticar um verdadeiro milagre ao defender uma cabeçada desferida da pequena área. Como resposta, o time da casa quase chegou ao seu segundo gol, aos 43 minutos, através de Wesley Portela, que livre de marcação no interior da grande área, mandou a bola por cima do travessão. Como as equipes não converteram as chances criadas no final da primeira etapa, a vantagem mínima a favor do Primeira Camisa foi levada para intervalo.


Defesa espetacular de Wander Luiz evitando o gol de empate do Comercial. Foto: Orlando Lacanna.

Após o descanso regulamentar, a segunda etapa começou com o Comercial dando mostras que iria para cima com o intuito de chegar à igualdade, tanto que aos 9 minutos, o avante Baiano desperdiçou boa chance, chutando para fora uma bola perigosa. Logo após, aos 12 minutos, outro lance de perigo a favor dos comercialinos, numa jogada iniciada pelo ala esquerdo e capitão, Gato Seco, que entrou em diagonal e virou a jogada na direita para Robinho que encheu o pé, porém Wander Luiz conseguiu defender.


Atacante do Comercial cercado por quatro defensores do Primeira Camisa no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

O Comercial não desistia e, aos 17 minutos, chegou muito perto do empate, quando o avante Baiano cabeceou uma uma bola que acabou se chocando contra o travessão da meta do Primeira Camisa, levando a sua torcida que compareceu em número razoável em dois ônibus, ao desespero. Depois de levar alguns sustos, o time anfitrião conseguiu dar uma equilibrada na partida, tendo conseguido manter esse equilíbrio até por volta dos trinta e cinco minutos, quando o Comercial, que já não tinha outra alternativa, partiu com tudo em busca do empate, porém o fez de maneira afobada, errando muitos passes e, com isso, acabou facilitando as coisas para o time do Primeira Camisa que jogava bem recuado e só tentava sair em rápidos contra-ataques.


Atacante do Comercial no chão e mais um ataque desperdiçado pelos visitantes. Foto: Orlando Lacanna.

Partida encerrada com o placar anotando Primeira Camisa 1 - 0 Comercial que deu o título ao time joseense, muito embora, se os visitantes tivessem conseguido o empate, o título também estaria em boas mãos, por conta da disputa ter sido muito equilibrada.

Tão logo o árbitro apitou pela última vez, uma grande festa começou no gramado pelo lado dos donos da casa, enquanto a tristeza tomava conta dos visitantes, com vários atletas não conseguindo conter as lágrimas. Ficam aqui registrados os cumprimento do JOGOS PERDIDOS aos jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores do Primeira Camisa pela merecida conquista do título, bem como para todo o pessoal do Comercial, que chegou ao Vice-Campeonato com muita luta e bravura.


Entrega do troféu de Vice-Campeão ao capitão Gato Seco do Comercial. Foto: Orlando Lacanna.


Comercial posando com o troféu conquistado. Foto; Orlando Lacanna.


Capitão do Primeira Camisa recebendo o troféu de Campeão. Foto; Orlando Lacanna.


Capitão do Primeira Camisa esboçando uma volta olímpica. Foto: Orlando Lacanna.


Sr. Natal, o capitão do Primeira Camisa e o troféu. Foto: Orlando Lacanna.


Time Campeão posando com o troféu conquistado. Foto: Orlando Lacanna.

Fim de jogo, fim de festa e pé na estrada em direção a São Paulo para um merecido descanso, pois no domingo já haveria nova jornada, mas essa história eu conto depois.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário