Procure no JP

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Sereias da Vila derrotam Saad pela Copa do Brasil Feminina

Olá,

Com o intuito de apresentarmos aos nossos amigos internautas, pelo menos um pouco do que rola na maioria das competições oficiais que não são muito divulgadas pela grande mídia, no domingo à tarde desci a Serra do Mar com destino à cidade de Santos, para acompanhar no Estádio Ulrico Mursa o jogo de ida entre o Santos F.C. contra o Saad E.C. válido pelo Grupo 28 das quartas-de-final da Copa do Brasil de Futebol Feminino.

Vale lembrar que o adversário do time praiano foi o Saad, por conta do julgamento realizado no STJD da CBF que puniu o Corinthians com a eliminação da competição por ter utilizado uma atleta sem condições de jogo, na primeira partida das oitavas-de-final contra o Saad. Pois é, até em competições de futebol feminino, a Justiça Desportiva tem que entrar em ação, alterando resultados obtidos dentro das quatro linhas, por conta de irregularidades praticadas pelos clubes.

Ao chegar no estádio, fiquei surpreso com o diminuto público presente, pois não tinha nem 50 pessoas para prestigiar as meninas que estão disputando uma competição de âmbito nacional. Eu já imaginava que o público seria pequeno, mas não esperava que chegasse a tanto, mesmo não havendo grande divulgação da competição. Após conseguir as escalações das duas equipes, fui para o gramado para fotografar as protagonistas do espetáculo, cujas fotos exclusivas apresento abaixo:


Santos F.C. (Feminino) - Santos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Saad E.C. (Feminino) - Águas de Lindóia/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem composto por Milton Etsuo Ballerini, suas assistentes Luciana da Silva Ramos e Maria Núbia Ferreira Leite, além da árbitra reserva Edilar Maria Ferreira. Foto: Orlando Lacanna.

A partida começou com o Santos procurando um pouco mais o ataque, porém suas duas atacantes se posicionavam muito distante uma das outra e, com isso, não chegavam a incomodar a defesa do Saad. Aos 12 minutos, ocorreu o primeiro lance mais interessante do primeiro tempo, quando a atacante santista Suzana deu uma meia bicicleta no interior da grande área, mas a bola saiu pela linha de fundo, assustando a goleira Maravilha.


Um dos poucos ataques do Santos no primeiro tempo. Foto: Orlando Lacanna.

Depois dos quinze minutos iniciais, o time visitante adiantou a marcação e empurrou o time da casa para o seu campo de defesa, mas mesmo assim, pouco criou em termos ofensivos, tanto é verdade que somente aos 29 minutos o time de Águas de Lindóia chegou um pouco mais perigosamente na área santista, numa jogada de Giovania pela direita, cuja conclusão não foi das melhores. Como as duas equipes pouco produziram em termos ofensivos, o empate com o placar em branco foi inevitável até o fim do primeiro tempo.


Goleira Kaká do Santos saindo para interromper ataque do Saad. Foto: Orlando Lacanna.


Disputa acirrada de bola junto à intermediária. Foto: Orlando Lacanna.

A expectativa era que no segundo tempo a partida pudesse melhorar e, de fato isso aconteceu, mais por iniciativa do Santos que voltou bem melhor para essa etapa. Logo aos 9 minutos, o time da Vila abriu o placar, num golaço de Dani, que realizou ótima jogada individual pela esquerda, culminando num chute cruzado que entrou no alto da meta do Saad.


Jogada perigosa de ataque do Santos no início do segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

Com a vantagem no placar, o Santos passou a jogar com mais tranqüilidade e conseguiu bloquear as poucas tentativas de ataque do Saad que me pareceu uma equipe um pouco tímida para quem estava perdendo e precisava reverter o resultado.


Falta a favor do Saad no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

Dos vinte aos trinta minutos a partida entrou num ritmo lento, talvez provocado pelo desgaste físico, tornado o jogo meio monótono, mas para a alegria da pequena torcida peixeira, a esperta Maurine marcou o segundo gol santista, aos 32 minutos, ao aproveitar uma largada de bola da goleira adversária. Não demorou muito e, aos 39 minutos, o Santos chegou ao terceiro gol, agora marcado por Ester após realização de ótima jogada individual.


Ataque santista pela direita na segunda etapa. Foto: Orlando Lacanna.

Perdendo por três gols, o Saad foi com tudo para tentar diminuir a diferença, para que sua missão na segunda partida a ser realizada em sua casa, no dia 03/12, não ficasse quase impossível e, por conta disso, esteve bem perto do seu primeiro gol, aos 40 minutos, nos pés de Magrão que por duas vezes perdeu a chance, sendo que na primeira tentativa a goleira Kaká praticou bela defesa e, na segunda, a zaga afastou.

Quando todos esperavam que o placar não fosse mais ser alterado, eis que, aos 47 minutos, o Saad chegou ao seu gol, marcado por Magrão em cobrança de penalidade máxima. Pênalti cobrado e partida encerrada, com o placar indicando Santos 3 - 1 Saad que deixa as "Sereias da Vila" em vantagem para chegarem à semifinal, muito embora aquele golzinho sofrido ao final da partida, poderá atrapalhar um pouco os planos santistas, pois ao time do Saad bastará uma vitória por dois a zero para chegar à próxima fase.

Fim de jogo e início da subida da Serra do Mar, em direção a São Paulo para passar o resto do domingo no lar, doce lar.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário