Procure no JP

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Impecáveis, Sereias da Vila goleiam a Portuguesa

Texto e fotos: Fernando Martinez


O final de semana futebolístico começou do mesmo jeito que o último terminou: com jogo do Campeonato Paulista Feminino no Estádio Paulo Machado de Carvalho. Pela quarta rodada da competição, um clássico entre Santos e Portuguesa pelo Grupo 2.

Esse confronto iniciou o sábado de aniversário do Peixe no velho Pacaembu. O onze da baixada completou 106 anos jogando ali de manhã e de noite na estreia no Brasileirão 2018. Já disse algumas vezes e repito, sempre é legal demais ir na velha cancha paulistana. Quando pinta a chance, faço questão de marcar presença.

As meninas alvinegras estavam sem vencer no torneio (1x1 contra o São José e revés por 4x3 contra o Corinthians) e queriam afastar a zica contando com o apoio da torcida. Do outro lado, o onze rubro-verde tinha feito três compromissos com um triunfo em cima do ADECO e duas derrotas contra Juventus e São José.


Santos Futebol Clube (Feminino) - Santos/SP


Associação Portuguesa de Desportos (Feminino) - São Paulo/SP


Alex Leite Palmira, Diogo Correia dos Santos, Givanildo Oliveira Felix e Thiago de Andrade Pereira, o quarteto de arbitragem da peleja junto com as duas capitãs

Contrariando a previsão do tempo fez calor na parte da manhã e por causa disso não aguentei o tempo todo dentro do campo. Na etapa inicial segurei a onda e vi uma partida boa, bem disputada e que teve o Santos bem melhor no gramado. Não que a Portuguesa tenha feito uma apresentação ruim, mas a equipe "local" foi cirúrgica nas finalizações.

Não demorou para que as santistas abrissem o placar. Decorridos nove minutos, Rosana cruzou e Dani Silva chutou firme, marcando o primeiro da manhã. Aos 16, Monique Peçanha acertou um chutaço no travessão. Aos 22, Chú fez o dela, porém o tento foi anulado por impedimento.

A Portuguesa até que tentava atacar e chegou duas vezes dentro da área adversária... só que nada aconteceu. O Santos continuava atacando bastante e aos 28 Rosana aproveitou rebote da goleira Fabi e marcou o segundo. Foi com esse triunfo parcial por 2x0 que os primeiros 45 minutos acabaram.


O Santos atacou durante os 90 minutos do duelo no Pacaembu


Dani Silva se esticando para fazer o passe


A camisa 3 santista comemorando o primeiro dos seus três gols da manhã



Dois bons ataques das Sereias da Vila nos minutos finais do tempo inicial

O segundo tempo começou com o que vos escreve já devidamente instalado na numerada do estádio, protegido do astro-rei, que sem ser convidado, resolveu aparecer na capital bandeirante. As comandadas de Emily Lima retornaram ao relvado ainda mais inspiradas e fizeram a goleira visitante Fabi trabalhar bastante.

Apesar de toda a pressão, o placar só foi alterado novamente somente aos 30 minutos num lance onde Dani Silva avançou pela esquerda e cruzou. Dani, zagueira lusitana, tentou cortar e marcou contra. A arbitragem deu uma forcinha e anotou o gol para a camisa 3.

A Portuguesa estava entregue e torcia pra partida terminar logo. A artilheira da manhã, Dani Silva, fez seu terceiro gol aos 39 minutos em novo rebote da defesa adversária. No lance seguinte Juliete foi derrubada dentro da área e o árbitro deu pênalti. Fabi defendeu a cobrança de Jaqueline e também o rebote, confirmando a boa atuação.


Pressão de atacante do Peixe em cima de defensora lusitana


Jaqueline bateu um pênalti aos 40 do segundo tempo e Fabi fez grande defesa


O Santos estreou novo uniforme (com detalhes em rosa) para suas meninas no clássico

Ainda deu tempo para a camisa 20 Patrícia fechar a goleada aos 46 minutos. No fim, o placar de Santos 5-0 Portuguesa decretou o primeiro triunfo das Sereias da Vila no Paulista Feminino com estilo. Pelos lados do Canindé, não parece por enquanto que o time tenha chances de disputar uma vaga na segunda fase, mas como ainda nem chegamos ao final do primeiro turno, muito pode acontecer.

Na saída da peleja encontrei o amigo Luiz Fôlego na Praça Charles Müller e dali seguimos até o encontro de colecionadores de camisas de futebol no Nacional. Foi papo rápido, já que tinha Juvenal na estreia do Paulista sub-20 na sessão vespertina.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário