Procure no JP

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Centro Olímpico se recupera e goleia a Tuna Luso no Pacaembu

Opa,

A segunda fase do Campeonato Brasileiro Feminino começou e com ela chegou a chance de vermos de pertinho confrontos sensacionais. Nossa primeira cobertura nessa nova etapa foi numa partida absolutamente imperdível entre Centro Olímpico e a genial Tuna Luso Brasileira, equipe paraense que era um sonho de consumo do que vos escreve desde sempre, no Estádio Paulo Machado de Carvalho.

Foi a primeira vez que alguma categoria da Águia Guerreira veio ao estado de São Paulo desde o ano 2000 e a primeira aparição na capital bandeirante desde 1984. Apesar de não ser o time masculino, campeão paraense dez vezes e duas vezes campeão nacional, o que vale mesmo é que a instituição em si esteve presente e isso já vale demais para nossa "coleção" de agremiações.


A Centro Olímpico (feminino) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Tuna Luso B (feminino) - Belém/PA. Foto: Fernando Martinez.

A Tuna conquistou a vaga após terminar a primeira fase na vice-liderança do Grupo 4 do certame (o líder foi o Tiradentes/PI), somando três vitórias em quatro jogos. O ADECO foi o primeiro colocado do Grupo 1 marcando a melhor campanha entre os 20 participantes 100% de aproveitamento. Só que na estreia da atual fase, as paulistanas perderam a invencibilidade para o São José. Já as paraenses venceram em casa o São Francisco/BA.


Capitãs das equipes e quarteto de arbitragem paulista para o jogo com a árbitra Katiucia da Mota Lima, as assistentes Renata Ruel de Brito e Maria Núbia Ferreira Leite e a quarta árbitra Regildênia de Holanda Moura. Foto: Fernando Martinez.

Pouco antes do jogo um temporal caiu nas redondezas do Pacaembu e, obviamente seguindo a Lei de Murphy, eu estava no meio da rua. Conforme o horário marcado para a peleja se aproximou, o sol voltou a brilhar no charmoso estádio e pude acompanhar a peleja me secando à beira do gramado sem maiores problemas. Querendo se reabilitar, o Centro Olímpico começou o jogo a 200 km/h e antes mesmo do primeiro minuto já abriu o marcador.


Início da jogada do primeiro gol do Centro Olímpico. Foto: Fernando Martinez.

Paty fez grande jogada pela esquerda e cruzou a bola para o meio da área. A camisa 10 Gabi apareceu livre entre as zagueiras e fez o primeiro das paulistanas. A Tuna, ainda zonza pela blitz local, demorou para ver a cor da bola. Até os 30 minutos somente o ADECO jogou. Em meio a vários gols perdidos, a camisa 17 Tipa fez o segundo tento aos 26.


Comemoração pelo gol de Gabi, o primeiro das donas da casa. Foto: Fernando Martinez.


Chute de longe da bela camisa 4 do ADECO Calan. Foto: Fernando Martinez.

Aos 31 aconteceu a primeira chance de gol paraense, que contou com a preciosa colaboração da goleira Thaís. Ela vacilou ao tentar dominar a bola na entrada da área e por pouco não foi surpreendida pela atacante da Águia. Esse lance acordou a Tuna, e aos 33 Cássia, camisa 9 da equipe, diminuiu. O gol animou as meninas do norte do país e dali até o final do primeiro tempo o que se viu foi o domínio visitante. Para sorte do Centro Olímpico, o primeiro tempo terminou ainda com o placar apontando 2x1.


Outra jogada da camisa 77 Paty pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo começou com o sol batendo forte no estádio. O astro-rei acabou iluminando também o futebol do time local. O Centro Olímpico colocou ordem na casa e não deu sopa pro azar. A equipe jogou muito bem e ocupou o setor defensivo paraense. Chegamos ao ponto de ver quase uma roda de "bobinho" dentro da área da Tuna, tamanha era a facilidade encontrada.


Boa intervenção da goleira Rosany em chute de longe do escrete paulistano. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola no ataque local. Foto: Fernando Martinez.

Nesse esquema, o ADECO anotou mais três vezes. Tamires, convocada de última hora para a disputa do amistoso da seleção nacional com os Estados Unidos no próximo dia 10, marcou aos 20 e aos 33 minutos. Gabi marcou o seu segundo gol e fechou a goleada de recuperação do time paulista aos 36.


Início da jogada do quarto gol do Centro Olímpico, marcado por Tamires. Foto: Fernando Martinez.


Placar final da sensacional peleja no Pacaembu. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Centro Olímpico 5-1 Tuna Luso. A vitória deixou a equipe paulistana na vice-liderança do Grupo 5 com três pontos ganhos, na frente das paraenses, que possuem a mesma pontuação, no saldo de gols. O São José é líder com seis e o São Francisco lanterna com nenhum ponto. Agora a competição agora terá uma pausa e voltará apenas no dia 13 de novembro. Com certeza ainda marcaremos presença em algumas partidas dessa fase.

Até a próxima!

Fernando

Um comentário:

  1. Muito obrigado pela forma carinhosa com que trataram minha Tuna,estaremos aí de volta na Copa SP de Juniores

    ResponderExcluir