Procure no JP

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Empate sem gols entre Juventus e Taubaté na Rua Javari

Opa,

Depois de um longo e tenebroso inverno, o JOGOS PERDIDOS se fez presente num jogo do Campeonato Paulista da Série A3 nesse final-de-semana. Afastado dos estádios desde meados de janeiro, voltei à campo para a peleja entre Juventus e Taubaté no Estádio Conde Rodolfo Crespi, na Rua Javari.

Devido ao insuportável calor que vem fazendo esse ano, por ter mergulhado de cabeça no complemento de grande parte das minhas pesquisas e por uma revisão de prioridades motivada por vários acontecimentos recentes dentro e fora do JP, me afastei dos campos de futebol por esse tempo. Mas não abandonarei o barco nunca, e uma hora tinha que voltar. Acabei escolhendo o jogo do Moleque Travesso pois achei que a partida prometia bastante.

Cheguei cedo na Javari e entrei nas dependências do estádio antes mesmo da abertura dos portões. Após a famosa conversa com as personalidades juventinas que estão sempre presentes por lá, consegui um favorzão e fiz as fotos oficiais e exclusivas das equipes:


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


EC Taubaté - Taubaté/SP. Foto: Fernando Martinez.

O Taubaté é o atual líder do Grupo 2 da Série A3 2011, e o Juventus vem fazendo bom papel, sempre se mantendo entre os quatro times que garantem vaga na Segunda Fase. A lógica dizia que isso poderia ser um fator importante para um jogo movimentado, com gols e muita emoção... mas no frigir dos ovos, nada disso aconteceu.


Jogada da partida entre Juventus e Taubaté com a torcida juventina ao fundo. Foto: Fernando Martinez.

Junto com o seu Natal e os amigos de longa data Maurício "Nassau" e Syller, vimos um jogo sofrível e que demorou dois dias para terminar. O Taubaté veio com o claro intuito de levar um pontinho para o Vale do Paraíba e se fechou na defesa. O Juventus passou o tempo todo tentando furar o bloqueio defensivo do adversário, mas a inspiração era nula.


Tentativa de cruzamento na área bloqueada pela zaga do Taubaté. Foto: Fernando Martinez.

O grande número de torcedores presentes (quase 1.400 pagantes, num público que supera as médias de Portuguesa, São Caetano, Santo André e Ituano, entre outros da Série A1) não estava curtindo muito a partida. Muitos ficaram bastante irritados com o que não estava acontecendo no gramado. O 0x0 ao final do tempo inicial foi muito reclamado por todos.


A marcação da zaga do Burro da Central foi implacável durante os 90 minutos. Foto: Fernando Martinez.


Mais uma chegada do Juventus no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Nesse intervalo encontrei vários amigos de dentro e fora da Javari, e posso garantir que sempre faz bem bater papo com o pessoal que conhecemos nessas andanças do JP pela história. Para o segundo tempo, fomos acompanhar o ataque grená.


Ataque pela direita dos donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

E o que parecia impossível aconteceu. A partida ficou ainda mais sem graça e sem emoções durante os 45 minutos do tempo final. Tirando um bom chute juventino de longe e que obrigou o goleiro do Burro da Central a fazer belíssima defesa pelo alto, nada mais aconteceu. O jogo serviu mesmo para colocar o papo em dia, e só.


Bola alçada dentro da área do Taubaté. Foto: Fernando Martinez.

E como profetizada desde o final do primeiro tempo, o jogo acabou mesmo em Juventus 0-0 Taubaté. O resultado deixou o Taubaté ainda na liderança e feliz pelo ponto conquistado, enquanto manteve os grenás na quarta colocação do seu grupo após seis rodadas.

O chato mesmo é que vi meu terceiro 0x0 em 2011 em apenas 10 jogos in loco. Em 2010 vi os mesmos três 0x0 em 145 partidas. Isso para não dizer que foi o segundo jogo sem gols em sequência. Pra ser assim, eu vou acabar ficando em casa mergulhado nas minhas pesquisas...

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário