Procure no JP

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Independente Campeão da Copa Energil C 2007

Olá,

Continuando a nossa missão de divulgar equipes e competições que pouco aparecem na grande mídia, no domingo pela manhã, mais uma vez botei o pé na estrada e segui em direção à progressista cidade de Limeira, para acompanhar "in loco" a mais uma decisão de outra competição organizada pela FPF. A pedida dessa vez foi ir até o Estádio Comendador Agostinho Prada, para conferir a partida de volta da fase final entre Independente F.C. x A.A. Flamengo decidindo a Copa FPF - Energil C.

Nessa viagem tive mais uma vez a agradável companhia do amigo do JP, Luciano Claudino, que me concedeu uma providencial carona de Campinas até Limeira e vice-versa. Ao chegarmos no estádio, ficamos surpresos com a presença do público, estimado em torno de 6.000 espectadores, numa final de competição que não teve muita divulgação. E como tem sido uma marca registrada do JOGOS PERDIDOS, inicio apresentando as equipes e o quarteto de arbitragem nas fotos abaixo:


Independente F.C. - Limeira/SP. O time posou com camisa branca, mas jogou com a listrada. Foto: Orlando Lacanna.


A.A. Flamengo - Guarulhos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Philippe Lombard, seus assistentes Manoel de Andrade Filho e Nelson Souza Gois que se despediu da arbitragem depois de 21 anos de carreira, além do quarto árbitro Edson Reis Pavani Júnior. Foto: Orlando Lacanna.


Troféus e medalhas ao Campeão e Vice-Campeão. Foto: Orlando Lacanna.

Como na partida de ida, o Galo da Vila Esteves havia vencido por 3 a 0 no campo do adversário, só perderia a conquista do título se ocorresse uma tragédia futebolística que seria uma derrota por no mínimo quatro gols de diferença. Diante dessa panorâmica, como já era esperado, o Flamengo foi logo para cima com o claro objetivo de tentar abrir a contagem rapidamente, porém não conseguiu seu intento, embora tenha criado algumas oportunidades.


Saída para o ataque do time guarulhense. Foto: Orlando Lacanna.

O Independente que jogava com o regulamento embaixo do braço, foi aos poucos apertando a defesa do Flamengo, criando pelo menos duas oportunidades que não foram aproveitadas, sendo que numa delas, a bola explodiu no travessão do goleiro Neto e, com isso, a primeira etapa terminou mesmo no 0 a 0.


Ataque pelo alto do time limeirense. Foto: Orlando Lacanna.


Petardo que explodiu no travessão da meta defendida pelo Flamengo. Foto: Orlando Lacanna.

Após o intervalo regado a sucos e salgadinhos, gentilmente oferecidos pela Diretoria do Independente, pude acompanhar um início de segundo tempo no qual o Flamengo foi para o tudo ou nada, já que tinha apenas quarenta e cinco minutos para tentar resolver a parada e logo aos 4 minutos conseguiu marcar seu primeiro gol por intermédio de André Bocão que aproveitou rebote do goleiro Fernando. Por alguns instantes, a esperança de reação brotou nos rostos dos atletas de Guarulhos, mas a alegria durou pouco, pois aos 8 minutos, o time alvinegro chegou ao empate num golaço de Gilmar Baiano que acertou um tirambaço de fora da área com a bola entrando no ângulo superior direito do goleiro visitante.


Bola estufando a rede do Flamengo no gol de empate. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo chegando ao empate, a torcida local demonstrava não estar satisfeita com a atuação de sua equipe, tanto que passou a cantar "vamos jogar Galooooooooo" e, mesmo assim o Flamengo ainda era mais perigoso, tendo criado outras duas chances que foram neutralizadas pelo bom goleiro Fernando. O Independente procurava esfriar o jogo, tocando mais a bola, mas mesmo assim conseguia dar suas estocadas contra a defesa do Flamengo.


Mais uma tentativa de ataque do Independente que não deu em nada. Foto: Orlando Lacanna.

Na medida em que o tempo ia passando, a torcida local foi se soltando e a festa começou com o grito "chupa Leão o Galo é Campeão". Só lembrado aos amigos internautas que Leão é a mascote da equipe rival da cidade que é a Internacional.

Final de jogo com o marcador indicando Independente 1 - 1 Flamengo que deu o título ao time limeirense e a esperança aos seus torcedores e dirigentes de que o Galo pode fazer boa campanha no Paulistão da Série A3 de 2.008 visando conseguir o tão sonhado acesso à Série A2 em 2.009. Os integrantes do Flamengo também ficaram muito satisfeitos com a campanha e principalmente pela formação da base do elenco que também irá disputar o acesso à Série A2 no ano que vem.

Depois do apito final do árbitro, a festa começou dentro do gramado, com os atletas demonstrando muita alegria pela conquista do troféu, cuja entrega juntamente com as medalhas começou logo a seguir com a presença de vários Diretores da FPF, inclusive do seu Presidente.


Entrega do troféu de Vice-Campeão ao capitão do Flamengo. Foto: Orlando Lacanna.


Time Vice-Campeão posando com o troféu de forma descontraída. Foto: Orlando Lacanna.


Entrega do troféu de Campeão ao capitão do Independente. Foto: Orlando Lacanna.


Jogadores do Independente na tradicional volta olímpica exibindo a taça de Campeão aos torcedores. Foto: Orlando Lacanna.

Após a solenidade de entrega das medalhas e troféus, iniciei meu retorno para São Paulo via Campinas, novamente com a sensação de dever cumprido, com o JOGOS PERDIDOS mais uma vez marcando presença.

Abraços,

Orlando

Um comentário:

  1. Estava neste jogo, foi maravilhoso ver o Galo ser Campeão

    ResponderExcluir