Procure no JP

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Bernô goleia a Francana e está nas quartas da Segundona

Texto e fotos: Fernando Martinez


Subi a serra no último domingo com a missão de curtir de perto uma rodada dupla bastante especial, começando por um decisivo encontro da última rodada da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Direto do Baetão, o São Bernardo recebeu a Francana precisando fazer a lição de casa para se garantir nas quartas-de-final.

O Bernô começou essa fase fazendo sete pontos no primeiro turno, porém perdeu dois compromissos seguidos fora de casa (1x2 contra o VOCEM e 1x3 contra o Osvaldo Cruz) e chegou à última rodada ameaçado de eliminação. O onze do ABC jogava por um empate, enquanto a Francana, que disputa a quarta divisão pela primeira vez na sua história, jogava por uma vitória simples.


Esporte Clube São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP


Associação Atlética Francana - Franca/SP


Quarteto de arbitragem com o árbitro Daniel Bernardes Serrano, os assistentes Risser Jarussi Corrêa e Leonardo Tadeu Pedro e o quarto árbitro Danilo da Silva junto aos capitães dos clubes

Não foi fácil estar no tradicional e (quase) abandonado estádio às dez da matina, mas fui firme e forte na minha escolha e faltando meia hora pro apito inicial já estava dentro de campo. O dia nasceu com sol, só que pouco antes do jogo começar as nuvens carregadas chegaram em peso e me acompanharam por todo o domingo.

O bom público que foi ao estádio viu uma peleja com todos os ingredientes tensos de uma decisão. Nos primeiros 15 minutos só deu Veterana, e os atletas do Bernô não conseguiram passar do meio de campo. Aos quatro pintou uma jogada polêmica que pode ter mudado o rumo da história. Erick, camisa 11 local, deu uma cotovelada num jogador da Francana numa jogada pela lateral e levou apenas o amarelo quando merecia ser expulso.

Após sofrer pressão, na primeira chegada local ao campo de ataque saiu o gol. Denis cobrou falta pela esquerda e Tauã apareceu entre os zagueiros e fez o primeiro aos 15. No minuto seguinte o atleta visitante Radsley tomou cartão amarelo e aos 20, depois de reclamar demais com a arbitragem, ele tomou o segundo e deixou sua equipe com um a menos no gramado.

Mesmo com dez a Francana deixou tudo igual aos 30 minutos. Num lançamento meio sem querer, a pelota sobrou pro camisa 9 Erick na direita. Ele driblou um dos zagueiros e chutou cruzado, marcando seu quarto gol na Segundona. A Veterana continuou equilibrando as ações e aos 46 Tiziu quase virou o marcador em ótima cabeçada.


Bernô se recompondo no campo de defesa


Jogador da Francana tentando se desvencilhar da marcação


Bola levantada na área local


Lance do primeiro gol da manhã, marcado por Tauã aos 15 do tempo inicial

No intervalo chegou a chuva, e com ela a inspiração da agremiação visitante foi embora. A Francana simplesmente não voltou pro tempo final e o São Bernardo foi senhor absoluto da peleja. Aos sete minutos Lucas Gomes avançou pela direita e cruzou a pelota na área. Eric surgiu livre no segundo pau e recolocou o Bernô na frente.

A partida estava fácil e novamente Eric marcou aos 23. Denis cruzou da direita, o zagueiro Victor Mendes falhou e o camisa 7 fez o seu segundo gol na manhã e o terceiro do Cachorrão. Sem tempo da Francana respirar, aos 26 Allan fechou a fatura e marcou de cabeça o quarto do São Bernardo.

Com a Veterana entregue, os locais tiveram a chance de emplacar uma grande goleada, porém as oportunidades criadas foram desperdiçadas. Menos mal que ao final do tempo regulamentar elas nem fizeram falta e, na base da raça, o escrete do ABC conquistou a sonhada e esperada vaga entre os oito melhores clubes da competição. Apenas a segunda vez que isso acontece desde 2010.


Uma improvisada cabine de imprensa de uma rádio de Franca. Parabéns pelo profissionalismo!


Uma tímida chegada da Veterana dentro da área local no segundo tempo


Um dos vários momentos de confusão de um jogo tenso


Allan subindo sozinho e fechando a goleada do São Bernardo em cima da Francana

O São Bernardo 4-1 Francana fez com que o Bernô encerrasse sua participação na segunda fase como líder do Grupo 7 com dez pontos ganhos, à frente do Osvaldo Cruz no saldo de gols. Na próxima fase o alvinegro pega o Taquaritinga num confronto absolutamente genial e que, se tudo der certo, espero estar presente. O primeiro duelo será domingo no Taquarão.

Debaixo de chuva saí do Baetão e contei com uma muito bem vinda carona do seu Natal até a capital. A pedida foi bater aquela xepa esperta antes de acompanhar o segundo jogo do domingo. Mesmo debaixo de muita água, não desanimei e conferi mais uma vez em 2017 um tradicionalíssimo duelo paulistano.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário