Procure no JP

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Jogos Perdidos, 14 anos




E não é que chegamos aos 14 anos? Hoje tem um monte de blogs e sites que falam sobre futebol alternativo espalhados na grande rede, porém em 2004 a história era outra. Eram tempos em que as federações não tinham sites decentes, ninguém fala de jogo perdido e poucos realmente se interessavam pelo assunto. Se levarmos em conta a internet em si, 14 anos são uma eternidade.

Foi nesse árido cenário que, naquela segunda-feira, 1º de novembro de 2004, iniciamos os trabalhos do JP sem pensar no que nos tornaríamos. Com o tempo aprendemos direitinho a importância do trabalho feito e graças a isso ainda estamos aqui, independente de todas as dificuldades. Poucos podem se orgulhar de ter um histórico com tantas coberturas in loco como nós. Poucos tomaram tanta chuva, passaram tanto calor/frio e viveram um sem número de perrengues inimagináveis apenas para registrar uma partida de futebol. 

Ao contrário do que muitos pensam, conseguimos demonstrar na pele que o futebol é importante em todas as suas divisões, em todos os campos por todos os cantos. Já produzimos muito mais do que nos dias atuais, mas não vamos parar, pelo menos por enquanto. A responsabilidade é grande demais para que a gente desapareça. Apesar dos pesares, ainda não é hora de tirar o time de campo.

Vida longa ao Jogos Perdidos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário