Procure no JP

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Joseense continua sem vencer na Segundona

Olá,

Em outro final de semana repleto de cobertura por parte do JOGOS PERDIDOS, sendo que dessa vez envolvendo diversas competições oficiais, a mim coube novamente uma jornada tripla que começou no sábado pela manhã, quando mais uma vez peguei a Via Dutra e fui até a importante cidade de São José dos Campos, indo até o Estádio Martins Pereira para acompanhar a partida C.A. Joseense x S.C. Atibaia válida pela terceira rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Ao chegar no estádio, tive o prazer de rever várias pessoas ligadas aos dois times que acompanham o nosso trabalho e que disseram que estavam sentindo falta da presença do JP nos seus jogos. Depois dos cumprimentos habituais, fui para o gramado para fazer as fotos dos times e do quarteto de arbitragem que estão abaixo:


C.A. Joseense - São José dos Campos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


S.C. Atibaia - Atibaia/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Leonardo Rofino, seus assistentes Edson Rodrigues dos Santos e Silvio Aurélio de Lira, além do quarto árbitro Renato Pereira Messias Mota acompanhado pelos capitães das duas equipes. Foto: Orlando Lacanna.

A partida começou equilibrada com os times demonstrando a vontade de sempre que acaba, no geral, resultando em muita correria, mas com pouca criatividade, tanto é verdade que somente aos 28 minutos surgiu o primeiro lance com relativo perigo criado pelos visitantes numa cobrança de falta que acabou sendo defendida pelo goleiro da casa Adriano.


Disputa de bola no meio de campo. Foto: Orlando Lacanna.

O Joseense se esforçava, porém era nítida a dificuldade para articular alguma jogada mais trabalhada e que resultasse em perigo e, por conta disso, somente aos 32 minutos deu seu primeiro chute ao gol do Atibaia, também na cobrança de uma falta.


Uma das raras tentativas de ataque do Joseense. Foto: Orlando Lacanna.

Ao longo dessa etapa o Atibaia se mostrou um pouco mais ousado, tendo conseguido manter a posse de bola mais tempo em seu poder, porém com poucos lances de maior perigo.


Um dos raros momentos de perigo do ataque do Atibaia. Foto: Orlando Lacanna.

Resumindo o primeiro tempo, posso dizer que houve muita transpiração e pouca inspiração e, com isso o resultado não poderia ser outro a não ser o empate sem gols.


Pequena mas exigente torcida do Joseense e bola furada e presa no alambrado depois de ser chutada contra a arquibancada. Fotos: Orlando Lacanna.

A partida foi reiniciada e logo de cara deu para perceber que os times voltaram com o firme propósito de mudar a história do jogo e, partiram mais decididos ao campo de ataque e, dessa maneira a partida ganhou um pouco mais de emoção com alguns ataques dos dois lados.


Tentativa de armação de jogada do Joseense com forte marcação do Atibaia. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de muito esforço, o Joseense chegou ao seu gol, aos 32 minutos, marcado através de Rafael Paulista cobrando pênalti sofrido pelo atacante Neto.


Bola balançando a rede do Atibaia no gol do Joseense. Foto: Orlando Lacanna.

Logo em seguida ao gol inaugural, nasceu o melhor período da partida, pois o Atibaia queria o empate e o Joseense não só tentava manter a vantagem que lhe daria a primeira vitória na competição, como também procurava aumentá-la e, dessa forma o jogo ficou emocionante com boas jogadas de lado a lado.


Ataque perigoso do Atibaia pela esquerda. Foto: Orlando Lacanna.

Aos 40 minutos, o Atibaia chegou ao empate por intermédio de Thiago numa jogada que começou pelo meio e terminou num chute cruzado desferido de dentro da área pelo lado esquerdo. Depois do empate, o jogo pegou fogo de vez e cada equipe desperdiçou uma ótima oportunidade para pular na frente no placar. E quando tudo levava a crer que a partida terminaria empatada, aos 49 minutos o Falcão de Atibaia chegou ao seu segundo gol, marcado novamente por Thiago que aproveitou uma sobra de bola pelo lado esquerdo, após ligeiro desvio do goleiro do Joseense.

Final de jogo com o marcador apontando Joseense 1 - 2 Atibaia que manteve o time da casa na última colocação do Grupo 4 sem nenhum ponto e colocou o Atibaia na zona de classificação à próxima fase que ainda está longe, num jogo que na média ficou devendo, apesar dos esforços dos atletas das duas equipes. Apito final e início da correria para chegar logo em São Paulo para um pit stop em casa, pois à noite iria acompanhar outra partida, sendo que dessa vez valendo o acesso para a série A1 em 2.009, mas isso fica para depois. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário