Procure no JP

terça-feira, 22 de abril de 2008

Jabuca perde em casa na estréia da Segundona

Buenas!

Quase todo mundo aqui no JOGOS PERDIDOS fez sua estréia do Campeonato Paulista da Segunda Divisão e como não poderia deixar de ser, fui ver o meu querido Jabuca jogar. Desci para a baixada junto com o Orlando, mas nós tínhamos destinos diferentes, já que ele foi acompanhar a partida do São Vicente. Eu, é claro, fui acompanhar Jabaquara x Grêmio Osasco, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos, já que o Estádio Espanha não será utilizado este ano.

Além de ser abertura do campeonato, o jogo ainda tinha uma motivação especial, pois seria a primeira partida oficial da história do Grêmio Osasco, que enfrentaria logo de cara, a equipe mais tradicional do torneio, o grande Jabuca. Então, vamos com as fotos oficiais da partida.


Jabaquara Atlético Clube - Santos / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Grêmio Esportivo Osasco - Osasco / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem, formado pelo árbitro Alysson Fernandes Matias e pelos assistentes Maria Nubia Ferreira Leite e Rubem Guimarães Marcondes Cezar, junto com os capitães das equipes. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou num rítmo bem lento, as duas equipes se estudando, os jogadores se ambientando. Tudo totalmente aceitável, já que se tratava do início de uma competição. Porém, o jogo foi seguindo e o panorama da partida não mudava, o ritmo continuava lento, com um ligeiro domínio do Jabaquara.


Ataque do Jabaquara no primeiro tempo da partida. Foto: Emerson Ortunho.

Mesmo com esse domínio, o Jabaquara criou pouquíssimas chances de gol, só mesmo levando alguma vantagem na posse de bola. O único lance que animou a torcida só saiu no final da primeira etapa, quando o atacante Cobrinha, do Leão, acertou um meia-bicicleta, obrigando o goleiro do Grêmio a fazer uma boa defesa.


Tentativa de ataque do Grêmio Osasco no primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.

No intervalo eu tive a oportunidade de conversar com meus grandes amigos lá da baixada, o meu xará EmersonPepeMarcelo e o 'seu' Sérgio Silveira, além do figuraça Hilário. No segundo tempo, o jogo teve pelo menos uns quinze minutos de equilíbrio. Depois disso, o Grêmio Osasco começou a gostar do jogo e a dominar a partida chegando com perigo à meta do Leão.


Jabaquara tenta tocar a bola para buscar o resultado. Foto: Emerson Ortunho.

Esse perigo ficou sério quando a equipe de Osasco mandou uma bola na trave no meio da segunda etapa. Nesse momento, os próprios torcedores do Jabaquara já começavam a ver que o empate não seria um mal negócio.


Disputa de bola na partida Jabaquara x Grêmio Osasco. Foto: Emerson Ortunho.

Mas não foi esse o resultado da partida, a equipe visitante acabou marcando o primeiro gol oficial da sua história, aos 40 minutos, através de Hugo Vieira. O jogador aproveitou de cabeça um cruzamento vindo da esquerda e mandou a bola para as redes. Depois do gol o Jabaquara tentou partir para cima, o Osasco ainda acabou tendo um jogador expulso, mas o placar não foi alterado.


Grêmio Osasco marca em cima para evitar o empate do Jabuca. Foto: Emerson Ortunho.

Final de jogo: Jabaquara 0 x 1 Grêmio Osasco. A equipe do Jabaquara começou mal o torneio, os jogadores não entraram efetivamente na competição e levaram a partida como mais um dos treinos da etapa de preparação. Agora o técnico Aaron vai ter que acordar a equipe, e pensar em reforços, pois o elenco se mostrou muito inexperiente. O Grêmio Osasco dá as caras no futebol profissional pensando em acesso e montou um time para isso, mescla jogadores jovens com outros mais experientes. Como todo início de competição a equipe também não mostrou um futebol de ponta, mas se o técnico souber trabalhar bem, o Grêmio Osasco deve crescer na competição.

Depois regressei para Sampa para curtir o domingão.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário