Procure no JP

terça-feira, 14 de abril de 2015

Juventus derrota a Inter em outra manhã de festa na Javari

Fala, pessoal!

Depois de uma jornada sensacional no sábado, o domingo reservou uma genial rodada dupla capital-interior. De manhã fui mais uma vez ao Estádio Conde Rodolfo Crespi para uma apresentação do Juventus, o grande líder e maior destaque da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3. O adversário dessa vez foi a claudicante Inter de Limeira.

Antes de falar do jogo em si, vale ressaltar que ao ver o time limeirense, eu "completei a coleção" da A3 em 2015. Pela terceira temporada seguida vi pelo menos um jogo de cada um dos participantes da terceira divisão estadual. Além disso, o Leão da Paulista foi o time de número 37 a entrar para o Projeto 40. Para concluir a missão, agora só faltam três times da A2.


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


AA Internacional - Limeira/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem com o árbitro Carlos Roberto Júnior, os assistentes Eduardo de Souza Neto e Ricardo Ferreira da Cruz e o quarto árbitro Douglas Marcussi junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Outra vez a Rua Javari recebeu um belíssimo público. Três mil pagantes esgotaram os cannolis, camisas retrô e produtos na lanchonete e assistiram mais uma boa apresentação da equipe juventina, algo normal nessa A3. Vindo de uma derrota no grande clássico contra o Nacional, o Moleque Travesso não queria perder a invencibilidade de cinco partidas em casa.

Já a Inter, apontada como uma das forças da competição até algumas semanas atrás, patinou nas últimas três rodadas. A equipe perdeu duas vezes em casa e somou apenas um ponto em nove possíveis. A classificação praticamente certa passou a ficar ameaçada nessa verdadeira loucura que está sendo a primeira fase da Série A3. Mesmo sem a Super Xuxa, um resultado positivo fora de casa ajudaria demais na luta contra o baixo astral.

É, o plano da Internacional era fazer um jogo melhor, mas isso não chegou nem perto de acontecer. A equipe até conseguiu segurar o ataque grená no tempo inicial, nada além disso. Junto com os amigos Mílton, Ricardo Espina e o grande Maurício "Nassau", vi o Juventus levar bastante perigo para a meta defendida pelo goleiro Nunes.

O camisa 1 do Leão teve sucesso em frear as investidas ofensivas do time da casa. O ataque liderado pelo veterano Gil não teve aquele apetite voraz de outras jornadas durante os primeiros 45 minutos, mas mesmo assim foi responsável por alguns "UHHH" nas arquibancadas. Ao final do tempo inicial, o placar não-eletrônico marcava aquele sempre murcho 0x0.


Daniel Costa e uma das primeiras chances de gol do Juventus na partida. Foto: Fernando Martinez.


Outra oportunidade desperdiçada, agora pelo alto. Foto: Fernando Martinez.


Ataque perigoso pela direita e bola na rede... mas do lado de fora. Foto: Fernando Martinez.


Gil sendo desarmado no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

No tempo final o Juventus colocou a cabeça no lugar e jogou muito, mas muito melhor do que seu adversário. A Inter praticamente não passou do meio-campo e viu os locais atacarem impiedosamente em busca da 12ª vitória no certame. E, meu amigo, quando o Moleque está afim de jogo, está difícil para os adversários pararem a máquina grená.

Aos 17 minutos não teve como o alvinegro segurar a onda e o Juventus abriu o placar. A bola foi cruzada da direita e Adiel, com um toque de muita classe, tirou de leve do goleiro e marcou seu terceiro tento na competição. Se o ambiente já estava animado na cancha grená, depois do gol virou uma festa completa.

O camisa 9 Gil ampliou a vantagem aos 31 minutos e matou qualquer chance de reação da Internacional. Os poucos contra-ataques foram neutralizados pelos zagueiros locais e os atacantes ainda perderam três claras chances do terceiro. O triunfo poderia ter sido por um placar ainda mais elástico.


A zaga da Internacional se descabelou para parar o ataque grená no tempo final. Foto: Fernando Martinez.


Bola no fundo das redes no primeiro gol grená, marcado por Adiel. Foto: Fernando Martinez.


Gil saindo para comemorar o segundo do Juventus. Foto: Fernando Martinez.


Insaciável, o Juventus não parou de atacar por nenhum momento no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

No fim, o Juventus 2-0 Inter de Limeira confirmou o primeiro lugar grená na tábua de classificação ao término da primeira fase. O escrete paulistano terá a vantagem de jogar a partida decisiva da segunda fase em casa, algo sempre muito bem vindo. Fazendo sua melhor campanha estadual desde 2005, não há como negar que o time chega como "o" grande favorito para o título da A3.

A Internacional teria se complicado bastante com a nova derrota, mas a exclusão do Cotia após o julgamento no TJD na segunda acabou classificando o Leão mesmo sem ele jogar na rodada final. Se bem que ainda temos que esperar a confirmação oficial por parte da FPF, já que no site da entidade nada foi alterado.

Saí da Javari em meio à massa presente e fui fazer um almoço saudável ali perto. Sem bobear, comi rapidinho e segui até a Rodoviária do Tietê para iniciar a jornada para a segunda peleja do domingo.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário