Procure no JP

sexta-feira, 16 de maio de 2014

JP na sensacional visita do Princesa do Solimões à Vila Belmiro

Fala, pessoal!

Quinta-feira passada, como não poderia deixar de ser, os olhos dos amantes de jogos perdidos estavam apontados para a mesma direção: a Vila Belmiro. No histórico estádio, o Santos recebeu a visita do sensacional Princesa do Solimões, time que veio ao estado pela primeira vez em todos os tempos para a peleja de volta da segunda fase da Copa do Brasil.

Essa competição é apenas o segundo campeonato nacional disputado pela equipe fundada em 1972 e profissionalizada em 1987. A primeira foi a genial Série B do Brasileiro de 1989, campeonato histórico que contou com a participação de 96 times. Naquele torneio, o Princesa foi lanterna do Grupo A com sete pontos conquistados em dez jogos.

Nos anos seguintes, a equipe chegou ao vice-campeonato estadual em 1995 e 1997 e depois disso realizou campanhas mais modestas até o fim da primeira década do novo milênio. Em 2013 aconteceu a maior glória futebolística do time com a conquista do título amazonense e a classificação para a Copa.

Quando as chaves do certame foram definidas, o time amazonense foi sorteado para jogar contra o Brasiliense. Para surpresa de muitos, a equipe venceu a primeira partida por 3x1 e foi para o jogo de volta com uma boa vantagem. A derrota por 4x2 na capital do país classificou de forma inédita o Tubarão do Solimões para a segunda fase. Para nossa sorte, o adversário foi o alvinegro praiano.


Times perfilados no gramado da Vila antes do apito inicial. Foto: Fernando Martinez.

Torcemos muito, mas muito mesmo, para que o time paulista não eliminasse o alvirrubro no jogo disputado na Arena da Amazônia. O solitário gol de Branco no começo do segundo tempo nos deu a chance única de poder ver pela primeira vez a agremiação. Apesar de tudo, o Princesa já tinha aparecido nas páginas do JP em 2007, numa sensacional viagem do Orlando. Naquela jornada, ele enfrentou o combo avião + barco + lotação para ver meio jogo em Manacapuru.

A disputa pelas vagas na caravana da coragem que seguiu até o litoral foi acirrada. No fim, além do que vos escreve, Mílton, Rodrigo Colucci e Ricardo Espina foram agraciados com um lugarzinho no confortável táxi do seu Natal. A viagem foi tranquila e faltando uma hora para o apito inicial já estávamos na frente do Estádio Urbano Caldeira. Lá, o amigo caiçara Estevan Mazzuia também estava aguardando a chance de colocar o onze amazonense na Lista.


Ataque santista pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.


Agora a vez do Princesa se arriscar no campo ofensivo. Foto: Fernando Martinez.

A Vila recebeu um público de 3.781 pagantes para a partida, que foi bastante movimentada e bem animada. Melhor tecnicamente, não demorou para que o Santos abrisse 2x0 de vantagem com os gols de Gabriel aos 18 e Cicinho aos 25 minutos. Alguns sentiram cheiro de goleada, mas o Princesa não esmoreceu e mostrou muita vontade mesmo sabendo que a chance de vaga era praticamente impossível.


Bola aérea na área amazonense. Foto: Fernando Martinez.


Início de ataque do peixe. Foto: Fernando Martinez.

Michell acabou descontando aos 38 minutos, dando a chance para a "Princesa", torcedor-símbolo do time, fazer sua comemoração nas arquibancadas. O primeiro tempo acabou com o placar parcial de 2x1. No tempo final a peleja estava equilibrada até o vacilo do camisa 4 He-Man. Provavelmente dominado pelo espírito do Esqueleto, ele deu uma furada sensacional dentro da área e marcou um bizarro gol contra.


Confusão na área momentos antes do segundo gol do Princesa. Foto: Fernando Martinez.


Boa chance de gol para o time paulista. Foto: Fernando Martinez.

Três minutos depois Deurick marcou novamente para os amazonenses e nos momentos seguintes quase que o empate saiu. Mas aos 25 o camisa 11 Thiago Ribeiro botou ordem na casa e fez o quarto gol, definindo a vitória e a classificação santista.


Placar final da peleja em Santos. Foto: Fernando Martinez.

Fim de jogo: Santos 4-2 Princesa do Solimões. Na próxima fase o Peixe irá jogar contra o Londrina, time que eliminou o Grêmio Barueri. Para o time do norte, ficou o gostinho de ter enfrentado um dos grandes clubes do país mostrando um futebol competitivo. A equipe está disputando as finais do estadual e também irá jogar sua primeira Série D a partir do mês de julho. Para nós, a alegria foi mesmo ter visto ao vivo um time muito raro.


Quórum respeitável na Vila para Santos x Princesa. Foto: Amigo do Estevan que esqueci o nome.

Fizemos a viagem de volta sem percalços e mesmo chegando em casa depois das duas da matina, mais uma vez ficamos com aquele sentimento de "dever cumprido".

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário