Procure no JP

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Jogaço na Javari com empate entre Juventus e Rio Preto

Fala, pessoal!

Nada como um dia após o outro... Depois de ver um dos piores jogos do Juventus dos últimos tempos contra a Santacruzense, a sexta rodada da fase inicial do Campeonato Paulista da Série A3 trouxe a melhor partida que vi até aqui em 2014. O duelo do Moleque Travesso contra o Rio Preto no Estádio Conde Rodolfo Crespi foi sensacional do começo ao fim.


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.

O quarto jogo sem vitória tirou Serginho do comando técnico do time. No seu lugar, a diretoria confirmou o óbvio e contratou Luís Carlos Ferreira, atual campeão da Segundona com a Matonense e que foi demitido do time de Matão após uma derrota justamente para o Juventus na rodada inicial. Ele chegou à Mooca com status de "salvador da pátria".


Rio Preto EC - São José do Rio Preto/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães dos times, árbitro Luiz Carlos Ramos Júnior e assistentes Cosme Tavares dos Santos e Liliane Aparecida Galindo. Foto: Fernando Martinez.

Um público pequeno - 402 pagantes - para os atuais padrões da Javari compareceu na quente tarde para esse jogo. Ninguém ali imaginava que veria um jogão, ainda mais levando em conta o começo ruim do time da casa. Esse péssimo início culminou com o gol de cabeça de Lucas aos 7 minutos, contando com falha coletiva da zaga local.


Escanteio para o Rio Preto no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Por sorte o empate saiu no lance seguinte na cobrança de falta de Renato. Talvez se o gol não tivesse acontecido nesse momento, a situação grená teria se complicado. Talvez... Durante o restante do tempo inicial, o jogo ficou concentrado no meio-campo e os donos da casa mostraram muita raça, postura bastante diferente do domingo anterior.


Bola no fundo das redes do Rio Preto no primeiro gol juventino. Foto: Fernando Martinez.

As equipes foram aos vestiários com o placar apontando 1x1, e provavelmente tomaram uma enorme injeção de inspiração, pois o tempo final foi ótimo. Logo no início, a zaga grená deu outra força ao ataque visitante e deixou o campo todo livre para o camisa 9 Jean Carlos invadir a área e tocar na saída do arqueiro após passe em profundidade. Rio Preto 2x1 aos 5 minutos.


Momento plástico dentro da área do Jacaré. Foto: Fernando Martinez.

Sem desanimar com a nova desvantagem, os grenás deram muito trabalho para o setor defensivo do Jacaré. Fernandinho acabou deixando tudo igual novamente aos 17 minutos. Com o 2x2, a ideia agora era conquistar a virada, e durante a maior parte do tempo o Juventus foi muito superior ao seu adversário.


Cruzamento que originou o segundo gol do Juventus. Foto: Fernando Martinez.


Atleta local se preparando para o chutaço de fora da área. Foto: Fernando Martinez.

Tamanha insistência deu resultado aos 43 minutos com o sofrido gol de Dudu Mineiro após uma grande confusão na pequena área do Rio Preto. Parecia que a vitória estava garantida, mas o Rio Preto teve uma falta polêmica marcada a seu favor aos 48 minutos. Muitos acharam - inclusive eu mesmo - que ela não aconteceu.


Disputa de bola na lateral. Foto: Fernando Martinez.


Início da jogada do terceiro gol local aos 43 do segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Na cobrança, a zaga falhou pela terceira vez e deixou Vinícius completamente livre no segundo pau. Ele cabeceou de forma certeira e empatou de novo a partida no apagar das luzes. Resultado final da melhor partida que vi in loco em 2014: Juventus 3-3 Rio Preto.

Se o triunfo não aconteceu pelo menos deixou uma esperança de dias melhores para a torcida grená. A equipe mostrou raça e bastante força de vontade diante um grande adversário e talvez esse seja o indício maior que dias melhores virão pelos lados da Mooca.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário