Procure no JP

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Audax volta a jogar mal e é derrotado pela líder Caldense

Texto e fotos: Fernando Martinez


No último domingo fui até a cidade de Osasco para o segundo (e provavelmente penúltimo) compromisso do Audax como mandante na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Na abertura do returno, os osasquenses receberam a Caldense em busca da primeira vitória e do primeiro gol no certame.


Grêmio Esportivo Osasco Audax - Osasco/SP


Associação Atlética Caldense - Poços de Caldas/MG


O árbitro do Distrito Federal Christiano Gayo Nascimento junto com os assistentes Diogo Correia dos Santos e Evandro de Melo Lima e o quarto árbitro Salim Fende Chavez posando junto com os capitães dos times

O primeiro turno do Grupo A13 teve uma campanha peculiar dos paulistas. O GEO Audax conseguiu a proeza de empatar seus três compromissos por 0x0, respectivamente contra Boavista, Espírito Santo (esse com matéria aqui no Jogos Perdidos) e Caldense. Tudo bem, o time vice-campeão paulista não existe faz tempo, mas pelo menos um golzinho era questão de honra.

No primeiro tempo da peleja o futebol foi até que razoável e os dois times proporcionaram bons momentos. O Audax começou bem mas aos poucos começou a ser dominado pelo forte time mineiro. Aos 39 o gol saiu numa cabeçada precisa de Wágner. A bola bateu na trave e quicou milímetros depois da linha. O assistente número 1 foi certeiro e confirmou o tento sem pestanejar.

O 1x0 deixou a Veterana mais tranquila e aos 10 minutos do tempo final Tito acertou um chute sensacional de fora da área e ampliou o placar a favor do alviverde. Daí para frente os visitantes se preocuparam em segurar a boa vantagem e o Audax não foi capaz sequer de fazer o gol de honra.


Saída segura do arqueiro da Caldense no primeiro tempo


Chegada do Audax pela esquerda do seu ataque


Marcador da Veterana correndo atrás de atleta local


Chute de longe e favor dos donos da casa


Chegada do time osasquense pela direita

O placar final de Audax 0-2 Caldense praticamente classificou a equipe de Minas Gerais para a segunda fase da Série D. Embora ainda não tenha vencido e também esteja com um jejum de 360 minutos sem gols na competição, o alvirrubro ainda tem chances matemáticas de classificação. Só que para vencer as duas últimas pelejas, o pessoal vai ter que melhorar demais a pontaria.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário